Você tem transtorno de ansiedade social? Faça o teste
Terapias Psicológicas 22/09/2016

Você tem transtorno de ansiedade social? Faça o teste

Miguel Lucas Publicado por Miguel Lucas

Existem muitos equívocos relativamente ao diagnóstico de ansiedade social. Por vezes confunde-se com timidez, com falta de habilidades sociais, com algum traço de personalidade, com introversão, com algumas fobias específicas, com transtorno do pânico. Vejamos um exemplo de um comentário que um leitor deixou em outro artigo publicado:

Sinto um enorme desconforto em locais com muita gente, saber que olham para mim, simplesmente falar nos olhos com uma pessoa (não consigo), falar em público nem que sejam apenas dois ou três amigos que conheço há muito tempo, já fico todo stressado e a voz trémula, apesar de tudo isso o meu maior problema é o fato da minha face, pressionada de tanto stress nessas situações de desconforto, começa a tremer, principalmente a zona da boca, e isso é bem visível. Eu não consigo estar simplesmente a olhar nos olhos de outra pessoa e ouvir o que ela tem a dizer, os meus lábios começam a tremer sempre, então tenho de colocar a mão no rosto para disfarçar. É horrível. Porque eu não tenho vergonha, nem nada disso, muito pelo contrário, eu até quero falar e tudo isso, porque sou uma pessoa muita sociável e sou o “palhaçinho do grupo” mas tenho este enorme problema que se agrava a cada dia. Desde os tempos da escolinha que eu nunca consegui apresentar trabalhos, porque sempre que tínhamos de ir para a frente da sala, o inferno começava. Porém agora está pior e quando tenho de tirar uma fotografia num sitio qualquer como um bar ou assim onde estão mais pessoas, é horrível, eu nem consigo sorrir porque os lábios tremem.”

Apesar desta descrição, o fato de uma pessoa ter medo de falar em público e ficar ruborizado na presença de outros, não tem necessariamente de considerar-se ansiedade social. No entanto, também não podemos numa primeira impressão dizer que é apenas timidez. Aquilo que mais define um transtorno de ansiedade social, para além de um conjunto de sintomas que estão associados, é a magnitude do desconforto, e o quanto afeta ou limita a vida da pessoa.

Apresento um teste de autoavaliação para ver se você tem transtorno de ansiedade social. Talvez possa imprimir e marcar todos os itens que se aplicam a você. (Esta autoavaliação não é um substituto para uma avaliação com um profissional de saúde mental.)

Questionário de transtorno de ansiedade social

Você sente desconforto e sintomas físicos incómodos em várias das situações:

  • Falar ao telefone
  • Ser apresentado para os outros
  • Ir abrir a porta
  • Interagir com os funcionários em um banco ou supermercado
  • Ir a consultórios médicos
  • Ir à igreja
  • Fazer compras em uma loja
  • Conduzir (por medo de que os outros motoristas estão pensando de você)
  • Usar banheiros públicos (não devido ao medo de germes)
  • Comer na frente de outras pessoas
  • Escrever ou assinar o nome na frente dos outros
  • Participar de eventos sociais
  • Sair para um encontro íntimo
  • Falar num pequeno grupo
  • Agir assertivamente
  • Expressar a sua opinião
  • Falar sobre si mesmo para os outros
  • Discursar num grande grupo
  • Situações de desempenho

ansiedade social

Você envolve-se em alguns destes comportamentos parciais de esquiva?

  • Uso de álcool ou drogas antes de entrar em uma situação social temida.
  • Se eu tiver numa situação social, fico o menor período de tempo possível.
  • Em situações sociais, tento assegurar que fico perto de uma pessoa “segura”.
  • Eu frequentemente tento distrair-me, sonhando acordado ou pensando em outras coisas.
  • Em conversa com outras pessoas evito contato com os olhos.

Quando está muito ansioso experimenta alguns dos seguintes sintomas físicos: 

  • Rubor
  • Agitação
  • Sudorese (transpiração)
  • Suores quentes ou frios
  • Desconforto no estômago
  • Tensão muscular
  • Batidas aceleradas do coração
  • Falta de ar
  • Aperto no peito
  • Sentimentos de fraqueza
  • Tontura / vertigem
  • Nó na garganta ou boca seca
  • Sentimentos de irrealidade

Você diz a si mesmo algumas das seguintes afirmações, seja antes, durante ou depois de uma situação social:

  • Eu sou um perdedor.
  • Sinto-me desajustado
  • Todo mundo pode saber o quão nervoso eu sou.
  • Eu não tenho nada de interessante para dizer.
  • Eu sou tão feio.
  • Sou sem graça.
  • Eu tenho que sair daqui antes de me envergonhar mais.
  • Minha voz está trémula.
  • Eu pareço estúpido
  • As pessoas devem pensar que estou louco.
  • Todo mundo acha que eu sou muito calado.
  • Se eu explodir e perder o controle, é o fim do mundo.

Outras questões-chave para perguntar sobre as suas reações em situações sociais temidas:

  • Será que evitar estas situações interfere com a minha rotina normal?
  • Será que o medo e evitamento interfere com o meu funcionamento académico ou profissional?
  • Será que o medo e evitamento interfere com as minhas atividades sociais e relacionamentos?
  • Será que ter ansiedade social causa-me dor intensa e sofrimento?

Agora reveja as suas respostas. Quanto mais itens você tiver marcado, mais provável é que você possa estar a sofrer de um transtorno de ansiedade social.

De acordo com o novo DSM-V (o atual Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais), a ser diagnosticado com transtorno de ansiedade social, o seu medo ou a ansiedade devem estar fora de proporção, no que se refere à frequência e / ou duração, com a situação real e os seus sintomas devem ser persistentes, com duração de seis meses ou mais.

Para ser diagnosticado com transtorno de ansiedade social, você também deve sofrer de aflição ou prejuízo significativo, que interfere com a sua rotina normal em ambientes sociais, no trabalho ou na escola, ou durante outras atividades cotidianas.

Se você acha que pode ter transtorno de ansiedade social, um bom primeiro passo é conversar com o seu médico ou consultar um profissional de saúde mental. Leve as respostas a este questionário para ajudar a orientar a sua discussão.

Ninguém deveria ter de limitar a própria vida por causa do medo irracional. Agora, mais do que nunca, há maneiras de minimizar os efeitos nocivos da ansiedade social. Você deu um primeiro passo importante através do preenchimento deste questionário de autoavaliação.

Terapia online para tratamento da ansiedade

Se até ao momento você não conseguiu melhorar do seu problema de ansiedade, pondere procurar ajuda profissional. Aqui mesmo no site você pode agendar uma consulta online. Para saber como agendar uma consulta de psicologia online comigo, clique no link em baixo:

Quero saber como agendar uma consulta para tratamento da ansiedade

Abraço,

Miguel Lucas

Novo usuário?
Comece aqui
Receba Grátis os Vídeos “Fórmula da Positividade”
Receba Grátis os Vídeos “Fórmula da Positividade”

Dê a si mesmo a oportunidade de florescer e ser bem sucedido!

Comentários
Avatar for Miguel Lucas
Valdina Queiroz

Identifiquei-me com a fobia social completamente, mas somente agora percebo que eu disfarçava o desconforto, fingindo estar confortável em todas estas situações. Obrigada pelas perguntas.

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Valdina,

Se perceber que algumas as questões que respondeu, limitam a sua vida, causando grande incómodo e mal-estar, importa que procura uma forma de resolver o problema.

Aguentar o incómodo de forma desconfortável e com prejuízo não é uma forma de solucionar o problema. Existem formas eficazes de tratar este tipo de transtorno. Procure ajuda profissional.

Abraço,

Avatar for Miguel Lucas
Paloma

Oi, eu sou a Paloma e acabei de criar um blog, e o primeiro assunto abordado foi auto aceitação e como se amar do jeito que voce é. Escreverei uma série somente de auto aceitação com várias histórias e temas diferentes,. também postagens de tomas variados. caso tenha interesse da uma passadinha la no blog. http://gosteianotei.blogspot.com.br/

Avatar for Miguel Lucas
aldamery Maria Kalinovski

Eu me identifiquei com várias perguntas-Acho que tenho ansiedade de transtorno social.
Não me sinto bem em ter que falar a um público que não conheço.
Não me sinto bem em participar de festas e normalmente ,eu saio cedo.
Não me sinto bem em comer perto de outras pessoas.
Na hora de pegar a comida eu fico nervosa e costumo tremer.
………………………………
Obrigada , as perguntas foram essenciais para que eu tivesse certeza.

Avatar for Miguel Lucas
Paloma

Oi, eu sou a Paloma e acabei de criar um blog, e o primeiro assunto abordado foi auto aceitação e como se amar do jeito que voce é. Escreverei uma série somente de auto aceitação com várias histórias e temas diferentes,. também postagens de temas variados. caso tenha interesse da uma passadinha la no blog. http://gosteianotei.blogspot.com.br/

Avatar for Miguel Lucas
Clarissa Corrêa

Olá,
tenho uma coachee com pânico de falar em público… foi mto esclarecedor seu artigo Miguel Lucas 🙂

Grata!!
Clarissa Corrêa
http://www.universoeneagrama.com

Avatar for Miguel Lucas
Paloma

Oi, eu sou a Paloma e acabei de criar um blog, e o primeiro assunto abordado foi auto aceitação e como se amar do jeito que voce é. Escreverei uma série somente de auto aceitação com várias histórias e temas diferentes,. também postagens de temas variados. caso tenha interesse da uma passadinha la no blog. se possivel tambem deixe seu comentario para que eu possa sempre melhorar, deixe tambem sugestão de temas. http://gosteianotei.blogspot.com.br/

Avatar for Miguel Lucas
Gessica

Boa noite, é muito esclarecedor o seu artigo, me identifiquei bastante, por que a pouco tempo atrás não tinha nenhum problema para falar em público até sofrer com os sintomas descritos acima ao me dispor a dar um aviso aos funcionários da empresa em qual trabalho…fiquei tremula, meu coração ficou acelerado, tive tontura e fiquei sem ar, depois deste dia não consegui mais falar em público com medo de perder o controle, me marcou tanto este evento que passei um tempo sem conseguir ficar sentada em uma reunião (com medo que me fosse passada a palavra), até responder a chamada na faculdade se tornou um tormento( ficava muito ansiosa, esperando o meu nome pra responder…presente!)) e eu que sempre sentei na frente para assistir as aulas comecei a me esconder no meio da sala…mais eu consegui voltar a sentar na frente, todavia não consigo mais tirar dúvidas com o professor na frente da turma ou ir ao quadro pra demonstrar o meu conhecimento…e falar em público virou um tormento, estou me esquivando de todos os treinamentos que seriam de minha responsabilidade, este trauma está atrapalhando a minha vida profissional….Já pensei em entrar num grupo de teatro, fazer uma visita a um psicólogo, fazer um curso de palestrante…mais não coloquei em prática nenhuma delas.

Avatar for Miguel Lucas
Paloma

Oi, eu sou a Paloma e acabei de criar um blog, e o primeiro assunto abordado foi auto aceitação e como se amar do jeito que voce é. Escreverei uma série somente de auto aceitação com várias histórias e temas diferentes,. também postagens de temas variados. caso tenha interesse da uma passadinha la no blog. se possivel tambem deixe seu comentario para que eu possa sempre melhorar, deixe tambem sugestão de temas. http://gosteianotei.blogspot.com.br/

Avatar for Miguel Lucas
Ana Beatriz

Eu sou muito nova e faço tratamento de fobia social com o psiquiatra, no tratamento eu tomo diariamente o remedio exodus, e notei que com esse remédio eu fiquei mais calma. Doutor eu queria saber como esse remedio funciona no meu corpo e se é necessário além do tratamento com psiquiatra fazer o tratamento com o psicologo.

Avatar for Miguel Lucas
Vladimir Mendes Pereira

Festas felizes para si Dr. o assunto em epigrafe , é a maior doença que eu tenho, sinto medo de participar em qualquer actividadrs publica, pior de tudo sou politologo falar ao publico nao afasta muito da minha profissao , apesar que nao estou a exerce-la de momento mas muitas das vezes faço algo igual. acho que estou perdido com o curso que esclhi,nao sei dizer se é tragedia ou teatro , quando tento falar ao publico, mas pra mim é uma vergonha que sofro cada vez que tento fazer isso. Sou da Guine- Bissau, no meu pais nao ha profissionais nessa area que possam me ajudar a nao comprometer o meu futuro. Voce nao é criador do ser humano mas tenho visto nos ultimos tempo a ler seus conselhos e recomendaçoes, sinto que é um bom conhecedor da obra do Ser Supremo.

Avatar for Miguel Lucas
andré carlos

Boas. é assim… eu sou um jovem normal, com uns pais fantásticos, uma irmãs igualmente fantásticas, uma avó muito atenciosa etc.. Não me posso queixar de absolutamente nada acerca desse aspecto. Tive uma infância excelente, fui sempre um rapaz alegre, divertido, sempre na palhaçada, gozava com toda a gente( na brincadeira)… sentia-me um rei vá XD Vou a festivais, ouço musica alternativa, gosto da vida. Uns dos meus grandes problemas sempre foi o eu podia… eu podia ser um bom jogador de futebol, podia ter "engatado" muitas miúdas, podia ter tirado boas notas… O que é facto é que a minha vida foi fluindo dentro daquilo que eu imaginei. Mesmo tirando notas baixas e tendo estudado pouco entrei no curso que queria( desporto) e estou numa boa cidade, ou seja melhor era impossível. o grande problema é que aqui á um ano acabei cm uma rapariga e parece que tudo foi pelo cano. Nao andava nada bem, cheio de pensamentos negativos, e decidi ir a um psicólogo. ele ajudou-me bastante. Ajudou-me a ultrapassar alguns dos meus problemas como uma pequena depressao e ansiedade. A partir daí deixei de ter motivação para fazer coisas úteis da vida, como por exemplo estudar tirar o curso arranjar um emprego…entrando segundo o meu psicólogo numa preguiçite aguda. Só estou bem a jogar no pc a ver tv… quando chega altura de desafios importantes, como exames,testes, apresentações ou jogos de futebol a sério tento arranjar forma de faltar pois fico muito ansioso na noite que antecede esses deveres, nao conseguindo mesmo dormir. Outro aspecto, sinto que quando estou em cima da-me vontade de fazer tudo, mas de repente caio e fico nesta apatia. e penso porra e se eu ficar assim sem vontade para sempre? é esse o meu maior medo. tudo o que eu queria era que me dessem um choque que apagasse estes pensamentos negativos e que voltasse a ser a pessoa que era. Parece que só quero ficar em casa com a família onde me sinto protegido , no entanto quando vou para Coimbra(cidade onde "estudo") por vezes quando estou sozinho tenho medo de começar a flipar da cabeça e nao ter ninguém a que me proteja. Também penso muitas vezes que se fosse dantes eu vinha para Coimbra para curtir milhoes e de momento nem me da vontade de sair de casa. Por vezes tenho dificuldades em adormecer, outras vezes ,quando tenho a cabeça limpa, adormeço logo. Mas o que é facto é que à um ano que não faço nada da vida e parece que nada me importa. Parece que estou mesmo "LOst in Life".Sinto que passei de cavalo para burro XD

Avatar for Miguel Lucas
sandro

O meu mundo é o quero tranquilidade , nao vale a pena perder tempo noutras coisas mas às vezes sinto falta
Problema é nao ter sitio e companhia que faça ter interesse , se tivesse era bem vindo
Jà o futebol isso nao consigo deixar de resto é praticamente como o que dizes mas sempre fui assim , problema é que amigos que tinha tao longe e mudaram como eu , jà nao existe interesse em sair ou às vezes quero ir mas nao apetece , no fim pouco saio sem ser pra trabalhar e futebol

Avatar for Miguel Lucas
Thainá

Bom Dia! Bem eu não sei exatamente se me encaixo no quadro de ansiedade social,tenho amigos,poucos,mais ainda amigos,falo pelos cotovelos com gente próxima,mais temo muito situações sociais,e isso tudo devido a tremedeira e o desconforto que me surge em lugares específicos tenho pavor de ir a praças de alimentação,segurar coisas em restaurantes, e quando vou apresentar seminários tremo muito. O que mais me incomoda é o sentimento de fragilidade que me surge, como se eu não fosse capaz de fazer determinada coisa.Diante desse pensamento eu deixei de fazer muitas coisas nos meus anos escolares, tenho 16 anos e não saio muito de casa,por medo de enfrentar essas situações,só de pensar que eu vou tremer ou passar mal quando estiver em um lugar, ou até mesmo que eu vá e depois fique me culpando pelo o que eu não fiz me deixa muito frustada. Estou em um momento de puro desespero, esse ano eu termino o ensino médio e ano que vem tenho que arranjar um emprego e começar a faculdade e só de pensar na situação me deixa numa vontade constante de chorar! De que pra mim não tem um futuro de que nunca vou conseguir alcançar nada que eu quero!

Avatar for Miguel Lucas
Cristina

Eu acho que me encaixo o TAS, pois sempre(desde que me entendo por gente) fico nervosa em situações sociais, sempre esconde isso, pois morria de vergonha desta minha fragilidade, passei pelo colegio e pela faculdade empurrando e suportando o sofrimento que vcs sabem muito bem como é, ainda me lembro das auldas de laboratorio, era uma gozacao sem fim, da minha tremedeira, nem aproveitava nada da aula, só querendo ir embora. Ja fui ao psicologo, estou mais consciente de mim, mas ainda nao me controlo bem em situações sociais, fico nervosa em em entrevistas de emprego, tanto é que até hoje não consegui um emprego dessa forma, tenho medo de sempre ser assim, queria só uma chance do mundo para mostrar que sou capaz, só preciso iniciar, e depois deslancho.

Avatar for Miguel Lucas
lucineia

Eu sempre fui tímida, do tipo a nerd e estranha da sala. Mas, quando mudei de lugar, e sabia que ninguém ia saber nada de mim, eu tentei ser algo que eu nunca fui>>> A legal… me esforçava para fazer piadinhas e ser legal… Só que com o tempo eu cansei e dei várias mancadas… nervosismo exagerado, mas todo mundo via… só que eu não sou assim e eles me veem assim… e agora… o que fazer?

Avatar for Miguel Lucas
Alice

Me sinto diferente estranha desde criança. Quando pequena sempre fugia das festinhas das amigas e ficava isolada na escola. Hoje, adulta, comecei a questionar se meu problema seria somente timidez. Me forço a interagir, a disfarçar, a fingir, mas sempre sinto um desconforto muito grande dentro de mim e sempre que possível fujo de situações sociais. As pessoas me definem como tímida, já ouvi até me chamarem de "bicho do mato" e por odiar isso, me esforço muito para ser diferente. Isso tem me atrapalhado muito, não consegui terminar nenhuma faculdade ou curso que iniciei, não consigo ir para frente profissionalmente, não consigo me relacionar, namorar e a cada dia que passa, quero me esconder mais. lendo os sintomas e os depoimentos, tenho quase certeza de que tenho muito mais do que timidez. Me sinto diferente, desajustada, um "patinho feio".
Obrigada pelo questionário, identifiquei muitos sinais e me senti menos sozinha. Não sabia que tantas pessoas se sentiam do mesmo jeito.

Avatar for Miguel Lucas
Evelyn

É . . . Agora eu tenho a certeza de que sofro desse problema.
Me identifiquei com praticamente todos esses "sintomas’ . Não sei mais o que fazer , sou uma perdedora.
Tenho 18 anos de idade ,não construí absolutamente nada até hoje .Não tenho amigos, nenhum amigo mesmo – nunca namorei , e até a minha própria família me odeia , só tenho á Deus e a minha mãe ,os únicos que me amam incondicionalmente. Eu penso : " Qual o meu problema ? Porque me transformei no próprio fracasso ?". Não aguento mais, eu me odeio , odeio minha timidez ! NÃO QUERO SER ASSIM, como vai ser o meu futuro ? Não quero morrer sozinha ,meu Deus . .. não quero ! Me ajude , não aguento mais ser uma perdedora, não suporto mais . As coisas não mudam, a cada ano que passa fico pior,porque ,devido ao aumento da idade ás frustrações só aumentam. Meus professores sempre me mandaram procurar um psicólogo,eles também me acham uma "fracassada" ,mas nunca tive coragem . Mas . . .sério mesmo , estou quase desistindo de mim .

Avatar for Miguel Lucas
bum de fora

Esta postagem leiga pode parecer um pouco polêmica e recomendo algumas pessoas com intolerância a este tipo de assunto a não lê-lo além da pergunta inicial abaixo:

estes remédios inibidores de recaptação de serotonina causam perda severa de líbido?

suponho ter ansiedade social e confesso que a líbido só me faz sofrer, pois como não consigo interagir normalmente com pessoas, não vejo esperança de algum dia conquistar o coração de uma do sexo oposto (confesso que outros motivos além da minha ansiedade podem me levar a isto).

Entrando rapidamente no campo da necessidade física, para ir direto ao assunto, tenho que "apagar meu fogo" oras mudando de pensamentos forçadamente, ou recorrendo a garotas de programa ou pornografia.

Por excessos, perdi a líbido que eu tinha e passei a "murchar" nas relações com mulheres mais frias, que realizam fantasias sexuais por dinheiro, e passei um longo período sem vontade para nada.

Aquela necessidade por sexo e novidades me fazia procurar as coisas, buscar habilidades novas para tentar conseguir o que minha mente exigia, e senti as perdas por não possuir mais esta sensação de necessidade.

meu receio é tomar este tipo de remédios, eles me deixarem tão bem comigo mesmo durante seu efeito que eu me torne um acomodado, entre numa ilusão de paraíso e só acorde quando estiver caindo no despenhadeiro que me levará ao suicídio.

tenho medo que eles causem o mesmo efeito que o excesso de pornografia nos sensores que captam dopamina (não sei que coloquei isto corretamente)

Avatar for Miguel Lucas
Paloma

Oi, eu sou a Paloma e acabei de criar um blog, e o primeiro assunto abordado foi auto aceitação e como se amar do jeito que voce é. Escreverei uma série somente de auto aceitação com várias histórias e temas diferentes,. também postagens de temas variados. caso tenha interesse da uma passadinha la no blog. se possivel tambem deixe seu comentario para que eu possa sempre melhorar, deixe tambem sugestão de temas. http://gosteianotei.blogspot.com.br/

Avatar for Miguel Lucas
Raissa

Me identifiquei em todos esses casos, tenho 15 anos sempre fui assim anormal. Não aguento mais, não tenho amigos, não tenho nada, meus pais não me ajudam sempre que falo dos meus problemas eles dizem que é frescura minha. Enfim a cada dia me sinto pior…

Avatar for Miguel Lucas
Paloma

Oi, eu sou a Paloma e acabei de criar um blog, e o primeiro assunto abordado foi auto aceitação e como se amar do jeito que voce é. Escreverei uma série somente de auto aceitação com várias histórias e temas diferentes,. também postagens de temas variados. caso tenha interesse da uma passadinha la no blog. se possivel tambem deixe seu comentario para que eu possa sempre melhorar, deixe tambem sugestão de temas. http://gosteianotei.blogspot.com.br/

Avatar for Miguel Lucas
Thalia

Olá.Tenho 17 anos e há uns 3 anos não saio de casa a não ser para ir a escola ou a consultórios médicos o que me entristece muito, pois sempre gostei de estudar e tenho vontade de fazer vários cursos e quero continuar a estudar fazer uma faculdade mas o medo de que as pessoas possam rir ou reparar em mim me impedem!!

Avatar for Miguel Lucas
Kat

eu nao tenho certeza se eu tenho ansiedade social mas eu estou tao cansada de me sentir assim como me sinto. Acho que tenho medo das pessoas. Me sinto tao descomfortavel na escola (apesar que tem dias onde eu sinto menos descomforto). Eu nunca falo nada porque acredito que nao tenho nada importante a dizer, e quando alguem conversa com migo nao sei o que responder. Eu penso demais. Nao tenho amigos o que me deixa sentir ainda mais descofortavel. Entao na hora do recreio, tento ficar num lugar com menos pessoas porque nao sei como me comportar. Eu tenho vergonha de comer em frente dos outros. Pior ainda, quando eu me sinto tao discomvortavel, que nem olho pra cima, tento nao fazer contato visual. Tive um tempo que, quando pessoas estavam rindo, achava que estava debochando de mim, mas eu tento dizer a mim mesmo ‘nao estao rindo de voce’ porque se nao, comecaria ter um ataque. Ou quando o professor me chama a responder uma pergunta, meu coracao comeca a bater tao forte, que parece que esta na minha garganta, comeco a suar muito forte e quase tonta. Eu nao quero me sentir mais assim. Descomfortavel na minha propria pele. Eu sei que isso nao e mais normal e acredito que preciso de ajuda, so que parece que ninguem repare.

Avatar for Miguel Lucas
Carlos

Bom tenho 22 anos e desde dos tempos da escola não conseguia apresentar seminários na escola, entrei em trés faculdade e desistir por não suportar perguntas da professora e apresentar seminários, tenho medo do que as pessoas vão pensar de mim, não vou em lanchonete muito movimentada, não faço caminhada em locais públicos, tenho espasmos musculares todos dias, não trabalho.
vou começar a faculdade de novo agora em Julho e vou terminar sofrendo ou não, vou encarar essa patologia de cara, vou encarar tudo que não faço, vou ir em locais públicos, vou voltar com meu facebook e postar o que me der na telha, vou encarar os seminários ficando vermelho ou não, a partir de hoje vou começar a fazer tudo que me tire da zona de conforto até se tornar confortável…
a vida é unica pra se preocupar com o que os outros pensam… amém

Avatar for Miguel Lucas
Rodrigo 8

Passo pela mesma situação, desisti de duas faculdades, estou na terceira e não aceito mais derrotas vou fazer o possível e impossível para enfrentar esse quadro. Sou timido e acredito que tenho ansiedade social, não tenho amigos. Na faculdade só converso com uns dois colegas de sala. Esse ano se vai , e espero começar a mudar a partir de hoje!

Avatar for Miguel Lucas
Karoliny

Eu me identifiquei com muitos pontos desse transtorno. Mas acho que eu evoluí muito desde meus 15 anos. O que, definitivamente, ajudou a minha socialização foi meu namorado (agora meu esposo). Eu tinha vergonha de olhar as pessoas me olhando, morria de medo de falar com desconhecidos e até mesmo com alguns conhecidos, era muito insegura. Uma coisa que eu sei que é um resquício dessa etapa da minha vida é o ciúmes. Eu não suporto ver meus amigos conversando com outras pessoas, não suporto ninguém chegando perto do meu marido, dos meus pais ou das minhas irmãs. Eu tenho instinto super protetor com minha família e amigos. Eu nunca consegui deixar que eles resolvessem seus problemas sozinhos. Tipo, quando meus pais brigavam, eu sempre ia acalmar a situação, porque me sentia na obrigação de fazer aquilo.
Outra coisa que me ajudou muito foram os trabalhos de apresentação no colégio, porque eles me obrigavam a falar, a opinar, a relacionar com a turma… Hoje eu percebo quantas coisas eu podia ter feito e que não fiz por medo.
Há dois anos atrás eu fui à uma psicóloga, e ela me deixou muito confortada, e me ajudou também a encontrar um pouco de mim. Não fiz muitas sessões, mas as poucas que fiz foram aliviadoras.

Hoje, eu estou fazendo Psicologia, porque sei que essa profissão é mais do que necessária na construção de uma pessoa. Além de poder tentar me entender e conseguir superar meus traumas.

Avatar for Miguel Lucas
fabiana silva

Eu sinto todos esses sintomas fico isolada e horrível. n sei q especialista procurar mas gostei desses esclarecimentos foram ótimos obg .

Avatar for Miguel Lucas
thyago alves

Olá,meu nome é thyago e me identifiquei com TODOS os tópicos acima sem tirar nenhum ja tenho isso a 4 anos parei tudo na minha vida estudo trabalho tenho 20 anos gostaria de saber se tem algum medicamento eficaz contra esse inferno.. obg!!

Avatar for Miguel Lucas
Cláudia

Doutor, seria fobia social o medo que tenho tido para dirigir sozinha? Comprei um carro e não consigo sair com ele. Sinto taquicardia, corpo trêmulo, boca seca. Será que isso pode ser em decorrência de um medo de as pessoas me julgarem por eu cometer algum possível erro no trânsito? Estou triste, pois não consigo realizar um sonho.

Avatar for Miguel Lucas
Vitória

Olá, tenho 19 anos e acho que tenho transtorno de ansiedade social, pois já faz algum tempo que não consigo mais me relacionar com nenhum garoto. Nunca consegui comer na frente deles, e quando tentava sentia muita nausea e ja cheguei até a vomitar na frente de um. Antes desses encontros sentia muita dor de estomago, e esses sintomas estão se agravando cada vez mais. Tento tomar dramim e imosec antes para evitar. Não sei mais o que fazer, nao sei se procuro um psicologo ou um psiquiatra…. Deixem comentarios se já passaram ou passam por algo parecido. Obrigada.

Avatar for Miguel Lucas
david

Eu nao sei bem o que diser mas indentificome bastante com estes dois topicos…
nao sei como deixar de me sentir assim…
em um dia normal fazer uma coisa normal como ir ao ginasio, me deixa bastante ancioso e comeco a me sentir meio cansado e a minha respiracao fica rapida e ate o meu estomago comeca a dar voltas… e ha certas vezes que eu comeco a sentir picadas no corpo…

Quando está muito ansioso experimenta alguns dos seguintes sintomas físicos:

Rubor
Agitação
Sudorese (transpiração)
Suores quentes ou frios
Desconforto no estômago
Tensão muscular
Batidas aceleradas do coração
Falta de ar
Aperto no peito
Sentimentos de fraqueza
Tontura / vertigem
Nó na garganta ou boca seca
Sentimentos de irrealidade
Você diz a si mesmo algumas das seguintes afirmações, seja antes, durante ou depois de uma situação social:

Eu sou um perdedor.
Sinto-me desajustado
Todo mundo pode saber o quão nervoso eu sou.
Eu não tenho nada de interessante para dizer.
Eu sou tão feio.
Sou sem graça.
Eu tenho que sair daqui antes de me envergonhar mais.
Minha voz está trémula.
Eu pareço estúpido
As pessoas devem pensar que estou louco.
Todo mundo acha que eu sou muito calado.
Se eu explodir e perder o controle, é o fim do mundo.

Avatar for Miguel Lucas
beatriz

Eu tive um constrangimento na hora do almoço daí nunca mais
fiquei normal.Sinto vergonia de esperar uma pizza ou de olhar alguem comer,ou conversar olhando nos olhos, tbm na hr do lanche do almoço da janta em
publico.Ñ saio com outras pessoas ñ vou só num restaurante. O meu problema se deu
Após esse constrangimento, em q eu era babá e almoçava na mesa
com todos mas nesse dia fui almoçar por ultimo e os pais deicharam as crianças derramarem meu almoço bagunçaram meu prato.Eu comecei a chorar ñ consegui conter as lagrimas daí por diante tudo na minha vida mudou. Hoje ñ consigo fazer coisas como antes,sentar na mesa com outras pessoas ou ficar com alguem durante seu almoço..eu saio logo quando vem o lanche comecei a ter vergonia de assinar meu nome mas isso de assinar nome eu controlei e parou.

Avatar for Miguel Lucas
beatriz

O que eu tenho?o q eu faço? Me responda por favor eu era normall!! Comecei rejeitar algumas pessoas,mudo meu humor e ñ consigo desfarçar esse problema me trouxe outros variosss. Me tornei timida e depressiva,isolada,ñ consigo firmar uma amizade pq ñ saio ñ visito e ainda mais se for com mais pessoas.Sinto vergonia de alguem me olhar comendo mas ñ tenho vergonia de falar em publico com uma multidão. O meu maior problema é comer em frente ou junto com pessoas.Pedir pra passar o prato ou o suco na mesa, é uma tortura ir almoçar lanchar ou apenas visitar alguem q ñ seja familia,algumas vezes até familiares. Estou indo na pisicologa mas sem resposta

Avatar for Miguel Lucas
K

Passei a infância e adolescência pensando que era somente timidez. Só conseguia ficar confortável e agir espontaneamente na presença da minha vó. Passei todos os santos dias do colegial preocupada com o olhar dos outros sobre mim; sabia que me encaravam e faziam graça quando eu passava. Todos os dias. Todos os dias.
Aos 20 anos, é extremamente reconfortante ver que não sou a única. Continuo com a mesma esperança de quando comecei o colegial: sei que posso mudar. Farei amigos, estabelecerei amizades e passarei a ser útil a alguém.

Avatar for Miguel Lucas
pedro

bom, por acaso achei um post no 9gag sobre isso, de certa forma me identifiquei, sempre tive receio de que as pessoas riam de mim, a maioria de meus amigos acabo os afastando por evitar interações sociais, fico sempre em casa, e detesto atender telefones, me sinto desconfortável falando com garotas, e ja estou com quase 22 anos. Mas gracas a isso pude contemplar melhor pelo o que estou passando, fico feliz de saber que não sou o único, e agora sei vou procurar ajuda, bem pelo menos espero, pois normalmente esse transtorno me atrapalha ate nisso.

Avatar for Miguel Lucas
Thamires Carvalho

Eu me indentifico com a maioria das perguntas, eu estou no 7 ano do fundamental , e tipo eu tenho poblema em pensar no que eu vou fazer de profissão quais cursos, faculdade eu tenho poblema em mi ver indo a um banco, um mercado pelo fato do medo de errar, pelo medo de ser criticado. E eu tenho poblema pra ter algum ficante ou namorando porque eu fico pensando no futuro eu fico pensando em não saber oq fazer em errar em sei lah eu me sinto super desconfortável, e pra minimizar a situação eu me escondo atrás das pessoas se eu for em um supermercado eu tenho que ir com alguém é inventar uma desculpa para aquela pessoa vazee aquilo que eu me encomodo em fazer, e eu não seu se é associado mais muitas vezes de noite meu coração acelera e eu fico com falta de ar com vontade de chorar!!! Isso tá acabando com a minha vida que na verdade só tá começando e eu preciso começar o tratamento logo porque si não eu não sei oque vai ser de mim!!

Avatar for Miguel Lucas
Gabrielle

Olá! Desde os tempos de escola eu tinha pavor de fazer certas coisas,como por exemplo:primeiros dias de aula,ficar sozinha na escola quando algum amigo faltava,quando tinha que apresentar trabalhos na frente da sala eu fazia de tudo pra me livrar e quando isso não era possível toda vez que eu ia falar na frente das pessoas eu tinha ataques de risos sem motivo algum (eu ria tanto que chegava a tremer e não conseguia falar) era um pavor enorme,e quando eu não ria a vontade que eu tinha era de chorar,eu tinha a impressão de que as pessoas estavam rindo de mim! Mas chegou um ponto que essa timidez começou a atrapalhar a minha vida,eu não gosto de sair de casa pq me acho super feia,não consigo puxar papo com as pessoas pq acho que não tenho nada de bom a dizer e parece que estou incomodando a pessoa,esses dias resolvi que queria começar a frequentar a academia,só que chegando lá vi que tinha muita gente e a única coisa que eu queria era sumir daquele lugar,já queria começar a chorar,o coração começou a acelerar também,não consegui ficar nem 30 minutos na academia pq estava com vergonha,parecia que todo mundo tava me olhando e rindo de mim,aí eu vim embora pra casa! Isso pode ser transtorno de ansiedade social?

Avatar for Miguel Lucas
Aline

Gente……Acho que sempre sofri com isso na vida……Na escola era sozinha….Não conversava com ninguem….Tinha algumas amigas mas poucas mas elas tinham outros amigos mas eu nao….Só conversava com elas nem falava com ninguem da minha sala por pura vergonha. Conforme fui crescendo comecei a fazer exercicios fisicos e isto foi diminuindo…..Depois de um tempo já tinha ate terminado a escola trabalhava fiquei desempregada e voltou tudo pior…….comecei a sentir medo excessivo as pesssoas….nao gosto quando olhem pra mim…..ja deixei de sair e recusar pedidos varias vezes por causa disso…….As pessoas dizem q sou bonita e eu me acho algumas vezes….Mas em outros me sinto horrivel….Vergonha de sair na rua………Ja deixei de fazer varias coisas por isso…..Tenho pouco amigos sempre quando alguem me chama pra sair recuso…….Hoje em dia vejo q isto está sendo um problema…..Ja perdi oportunidades de emprego pois no periodo de teste nao consgui me adaptar ás pessoas….ficava sozinha isolada com medo até de falar…….e deixei de ir nos dias seguintes por medo de acontecer o mesmo…….Sinto olhares das pessoas como se estivessem incomodadas com minha presença e isso que me deixa pior……A reação das pessoas…….Choro demais por causa disso e desconto sempre comendo muito…….Será que alguem se sente assim ou sabe como sair dessa? Pois nao aguento mais viver nisto…..

Avatar for Miguel Lucas
Sara

Triste quando vc se identifica com absolutamente TODOS os citados…^^"
Vida de merda…

Avatar for Miguel Lucas
joz

complicado ter todos esse problmeas nao aguento mais uma bosta..

Avatar for Miguel Lucas
Valéria

Olá, praticamente tenho boa parte do que foi citado acima. Não consigo arrumar um emprego porque tenho medo de falar ao telefone. Não consigo nem ligar pedindo um Gás. Não sei o que faço. Não tenho dinheiro pra pagar um psicólogo (a), muito menos pra fazer um curso de teatro. Minha vida tá uma bosta. Eu me escondo das pessoas, tenho medo de abrir a porta e ir aos lugares, mas esse medo é considerado menos do que o pavor que tenho ao falar ao telefone. Esse meu trauma acredito que ele esteja relacionado a minha gagueira que tive quando criança, eu não falava nada, as vezes pra eu falar alguma coisa eu tinha que dar murros na minha cara pra ver se saia algo. Hoje eu não tenho mais gagueira. Não tenho nenhum amigo e ainda faço faculdade online. Eu só preciso de ajuda.

Avatar for Miguel Lucas
Julia

Tenho certeza que tenho TRANSTORNO DE ANSIEDADE SOCIAL tenho 18 anos e não saio de casa para nada nem para ir a escola tenho medo de sair na rua de conversa com as pessoas passo mal quando persebo que tem alguém me olhando não tenho muito amigos na verdade so uma que acabei me afastando dela pelo meu problema sempre fui considerada a esquisita por não falar com ninguém falavam que eu era uma parede viva ja fui a psiquiatras ja tomei remédios e nada adiantou ja pensei ate em suicídio não sei mais como viver assim não aguento mais estou escrevendo esse comentário para as pessoas que sofrem o mesmo do que eu para que elas nunca desistam de si mesmo e de ser feliz para que lutem contra essa doença horrível assim como eu faço a cada dia da minha vida por que a vida e única e ela merece ser vivida!

Avatar for Miguel Lucas
Assiria

Me vi em muitas destas questoes apontadas aqui por vcs, ultimamente reparei que ando pior que antes, porque pelo menos eu gostava de sair ( dependendo do lugar claro) não gosto de me expor, mas agora, não tenho vontade de sair de casa ou melhor da cama, me sinto horroroza, acho que não sei nada, que não sei conversar, quando conheço uma pessoa na hora sou super falante e tals, mas não consigo manter a amizade, quando vou a alguma festa que encontro determinadas pessoas me sinto desconfortável e procuro fugir delas, até em redes sociais tenho dificuldade de me expor, não estou mais aguentando conviver assim, me socorre!!!

Avatar for Miguel Lucas
juliana

Triste ver que todos os comentários me descrever. ..tô me sentindo tiste um fracasso ninguém gosta de me só tenho minha mãe não tenho amigos no tenho ninguém

Avatar for Miguel Lucas
Sthefany

Eu tenho medo de ficar perto de qualquer pessoa, não gosto de falar com ninguém.

Avatar for Miguel Lucas
Victor

Quase todos os itens bateram comigo. Tá atrapalhando na faculdade, em tudo. Acho que vou perder o emprego por isso. Não consigo relacionar direito com os outros lá, sou estranho para eles. Costumo fumar muito por qualquer coisa. Comecei a usar adesivos pela segunda vez para ajudar a parar, e não vai ser fácil nos próximos 2 meses. Da última vez que usei, fiquei muito pra baixo (como sempre) mas acabei passando muito mal, tremi muito e a pressão subiu demais,fique pensando em coisas ruins… Voltei a fumar. Não sei se é a abstinência ou ansiedade… Sei lá. Acho que vou procurar um profissional msm.

Avatar for Miguel Lucas
Edelson

Sinto tudo isso , não tenho amigos ando sozinho nem com meus familiares eu consigo me relacionar direito, sou caladao me sinto um idiota é uma tortura não sei se é fobia social ou porque tenho a personalidade de calado mesmo , mais tenho a maioria desses sintomas é orivel me sinto isolado não tenho nem vontades de uma estudar por causa disso , quando estou em grupo de pessoas começo a ficar nervoso transpiro, me sinto ameaçado sei la acoado ………

Avatar for Miguel Lucas
Weslley

Gostaria que vc me ajudasse, anto muito pra baixo. Atualmente ando trabalhando em um shopping ate ae tudo bem. Porem trabalho no estoque, e sinto-me uma ansiedade exagerada em interagir com os clientes, muitas das vezes minha mão começa a tremer, quando faço a conferencia da mercadoria pra mostrar pro cliente tenho que tirar tudo da caixa, so q na hora de colocar me atrapalho todo e percebo q fico do nada muito ansioso, minhas maos sempre sao geladas,,,,Oque eu tenho Afinal ? Isso e Ansiedade social ou DTH ?
por favor, me responda. Muito obrigado !

Avatar for Miguel Lucas
Marenilda araujo doa santos

Tbm me identifiquei bastante com algumas coisas citada ai,porem ta sendo muito difícil conviver com isso,as vezes me sinto a pior pessoa do mundo, incapaz de fazer algo que tanto desejo,tipo …uma faculdade! Meu maior sonho ,mas tenho certeza que nao consigo falar em público.Sera que não existe algum meio pra que eu possa fazer uma faculdade sem ter que apresentar trabalhos

Avatar for Miguel Lucas
Carla

Marenilda eu tbem sou assim e larguei a faculdade por que não queria apresentar trabalhos. Agora estou fazendo faculdade a distancia e esta dando certo.

Avatar for Miguel Lucas
AJZ

Olá, é possível ter ansiedade social sendo uma pessoa segura e com boa auto-estima?

Avatar for Miguel Lucas
FPV

Me identifico com todos os sintomas apresentados. A partir do momento que comecei a ter estes sintomas, minha vida parou! tinha vários planos. Um deles era formar em direito. Infelizmente, acho que vou ficar só no sonho.

Avatar for Miguel Lucas
Alexandre ROSSO

Caraca, eu achava que eu era assim pq era pra ser, já fui em várias psicólogas e psiquiatra, ams nunca resolvi então desisti, sempre sofri bastante, marquei quase todas as opções, obrigado por abrir meus olhos.

Avatar for Miguel Lucas
Thainá

tenho 19 anos e tenho quase certeza que tenho transtorno de ansiedade social dps de ler o questionario, não consigo sair na rua sozinha smp tenho que chamar um amigo pra ir comigo nos lugares que eu vou porque se não eu não consigo ir, até ir ao mercado as vezes é uma tortura, não consigo ir parece que as pessoas estão me analisando e pensando coisas de mim parece q não estou agindo normal e elas estão me observando, raramente consigo sair sozinha mas quando consigo vou pelas ruas que menos tem pessoas e evito contato visual quando estou falando com alguem, comecei a ter isso já faz 1 ano e meio e começou do nada e agora minha vida parece um inferno, porque não consigo nem ir a escola nem sair na rua sozinha, tudo parece uma tortura

Avatar for Miguel Lucas
Filipe

Prezado Miguel;
Fui diagnosticado com depressão e já faço tratamento há 3 anos; Me encontro um pouco melhor. Recentemente, perdi o trabalho que tinha e confesso que passei 3 dias dentro de casa pertubado, falando sozinho ininterruptamente, claro que dentro de um espaço reservado, como meu quarto, no entanto, com minha mãe e irmã sabendo que eu estava tão descontralado que não parava de imaginar situações sobre como eu deveria agir, como deveria responder e em consequencia lá se íam os dias inteiros e horas à perder de vista num ritmo acelerado. Confessei a minha mãe que sentia um desconforto muito grande dentro de mim, a ponto de sentir dor de cabeça. Não conseguia me concentrar, perdi a consciência quase, como se fosse um adolescente, impulsivo, sem preocupação com o dia a dia. Além disso sentia uma depressão forte e por vezes me jogava na cama, querendo só ficar nela, mas sempre me forçando, me estimulando à me levantar. Agora estou um pouco melhor, pelo menos para atividades afim. A preocupação sobre como eu trabalharia desta maneira era incessante. Sem contar que fico muito irritado, qualquer coisa me pertuba, muito embora até consiga andar na rua. Realemente andei tendo muitos medos. Medo de ser esquizofrênico e às vezes busco doenças para me classificar excessivamente. Sem contar o apetite sexual, parecendo me até que a masturbação me deixa mais louco e descontrolado, mais longe do auto controle. Confesso ter medo de estar num estágio maníaco, de ser Bipolar.
Desculpe o desabafo;
Obrigado pela atenção;
Um desesperado;

Avatar for Miguel Lucas
ISABEL

CONCERTEZA, A MAIORIA DOS SINTOMAS , EU SINTO. TENHO MEDO DE FALAR EM PUBLICO , É O QUE MAIS ME INCOMODA. E TAMBEM FICO DESCONTROLADA EM ENTREVISTA DE EMPREGO MINHA VOZ SE ALTERA, NAO CONSIGO FALAR NADA QUE QUERIA , DAR UM BRANCO, CORAÇAO DISPARA , SINTO ME A PIOR PESSOA DO MUNDO

Avatar for Miguel Lucas
Cíntia

Sei que o artigo não é novo. Mas não poderia deixar de comentar. Tenho todos os sintomas citados no teste. Não tenho vida social ,mesmo me esforçando para ter .As pessoas não estão preparadas para o diferente. Sempre tem um que fala; Você é tão calada ,muitos me acham metida ,não tenho amigos ,já tentei sair para encontros íntimos, mas quando me encontro ,não sei o que dizer ,não tenho assunto ,a pessoa se esforça para conversar, e as vezes me pede pra falar, eu não sei o que dizer ,eu não tenho vida social normal ,o que posso dizer a ela? eu não vivo as coisas ,fico trancada em casa, e quando a pessoa envolve um amigo ,chama pra perto pra conversar ,me sinto a pior de todas ,eles conversam ,e eu só olho ,fico louca pra ir embora ,e sair da situação ,tenho muito medo de falar ,e quando tento ,falo baixo demais ,aí a pessoa não ouve e tenho que repetir ,quando pede pra falar de mim ,chega doer ,é uma situação terrível .a pessoa te acha ante social ,esquisita ,e acabo perdendo a amizade ,seja qual for o tipo de relação ,e ficando sozinha novamente, volto pra casa arrasada ,sensação de fracasso ,uma tristeza profunda, e ainda tenho Distimia ,penso em morte quase que todos os dias ,sofro mais de 20 anos com esta fobia .Tenho 35 anos ,faço tratamento a quase 2 anos, com psiquiatra e não percebo resultado ,para mim é algo que não tem cura, uma das piores fobias ,impede que se viva, te isola de tudo ,eu já tive moto ,hoje tenho carro ,pensei que o medo era de pilotar moto ,mas o medo continua, se pego o carro uma vez por mês ,é muito, e quando faço isso ,ou muito cedo ,ou muita tarde da noite ,pra ninguém da rua me ver. Como queria ser normal ,ter amigos ,conversar ,sinto inveja de quem conversa ,sabe manter um assunto ,e sempre ter assunto ,não ser inconveniente como várias que se tem. Mas enfim ,vou sobrevivendo ,com criticas ,julgamentos ,sem amigos pra conversar ,a não ser os virtuais ,com pessoas virtuais ,me saio muito bem ,saio como queria ser na realidade, mas quando há um encontro ,depois de vários convites ,eles veem que não sou nada daquilo ,aí perco o contato de vez, porque pessoas como eu ,não são aceitas ,não tem lugar no mundo ,só ocupamos o lugar dos estranhos ,ante social .esquisitos, calados demais ,tímidos demais ,e isso só faz que nos escondamos mais em um casulo. E assim se sobrevive ,até quando …até quando suportar.

Avatar for Miguel Lucas
Rogelio

Oi, bom dia
eu realmente não sei definitavamente esclarecer ou até mesmo arriscar oque eu tenho, meu maior problema é sair de casa, acredito que seja ansiedade, sempre quando pedem pra eu ir em algum lugar ou marcam um lugar ou me convidam eu já fico com vontade de fazer necessidades físicas, isso é horrível e mesmo quando parece que não sentirei mais vontade é só eu sair de casa novamente que novamente da, vontade de ir no bamheiro, ficaria muito felizz se o senhor doutor poudesse me ajudar.

Avatar for Miguel Lucas
Alex

Eu não sei mais o que fazer da vida . Acho que tenho fobia social ou tdda . Não consigo olhar as pessoas nos olhos sem pensar o que elas estão pensando de mim . E ai fico nervoso e não Sei o que falar , fico com dificuldade de engolir a saliva . Falar ao telefone ou com pessoas do sexo masculino é pior ainda . Ontem conversando com minha prima que amo muito , ela dizendo que ia se casar , eu fiquei super alegre , e ao mesmo tempo sentia que estava sendo falso com ela , só que não estava . Ela falou que o namorado dela já me conhecia de tanto ela falar se mim p ele , e eu falei de um jeito que parecia que eu estava rindo , ai pronto , ela percebeu e acho que ficou com raiva . Só que eu não sei pq eu fiz isso , na vdd , eu só queria mostrar que a amava muito , e que estava emocionado com aquela situação , talvez tenha sido forçado demais , não sei .. . Acho que eu estou ficando louco . Preciso muito de ajuda . Minha vida é muito complicada . A algum tempo não consigo ter relacionamento social com ninguém e recorre a pornografia tbm , e isso complica mais ainda . Não sei mais o que fazer … Minha vida é um sofrimentos , se tivesse pelo menos coragem de terminar com isso , mas nem isso tenho .

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *