Os 10 sabotadores do seu sucesso!
Motivação 22/09/2016

Os 10 sabotadores do seu sucesso!

Miguel Lucas Publicado por Miguel Lucas


O que são esses sabotadores? Bem, são pequenos vícios que você não se apercebe que faz, mas que destroem carreiras, relacionamentos, negócios, a felicidade, o bem-estar, impedem no fundo que seja bem sucedido naquilo a que se propõe. Pretendo esclarecê-lo acerca das características existentes nessas pessoas e suas atitudes sabotadoras. Se você se identificar com alguma dessas atitudes, não desespere, é sempre tempo de mudar.

Fazem as coisas por fazer

São pessoas que estão recorrentemente preocupadas, agitadas e atarefadas, o que fazem é sempre de extrema importância. Elas são como aquele jogador de futebol que corre sem objetivo pelo campo, sem pensar que, se tivesse uma noção clara do que fazer, poderia esforçar-se menos e obter melhores resultados.

Não terminam o que fazem

São pessoas que não completam o curso de inglês ou de música, o relatório que precisam preparar, a petição que tinha um prazo determinado, o projeto financeiro que deveriam entregar até ao final da semana, etc. Também pertencem a esse grupo os executivos que implementam com grande pompa e circunstância novos programas na empresa e não dão continuidade a eles. Iniciam tantas atividades ao mesmo tempo, todas com a mesma prioridade, que não têm fôlego para completar nenhuma delas.

Estão sempre começando algo

Como não completam os objetivos a que se propuseram, essas pessoas apegam-se à ilusão de que algo novo salvará as suas vidas: um novo projeto, um novo trabalho, um novo amor, um novo terapeuta, um novo estilo administrativo etc. Depois de algum tempo, a motivação desaparece como por artes mágicas e elas têm que esquematizar uma nova promessa de salvação para suas vidas.

Não planejam

Começam tudo por impulso, porque ficam fascinados à primeira vista, sem analisar as consequências. Quando surgem as dificuldades, correm em busca de soluções mágicas, o que só traz novos problemas.

Quando planejam não realizam esses objetivos

Estão constantemente a ter novas ideias, o que leva à modificação de todo o planejamento, desvalorizando o que havia sido combinado anteriormente. O seu método preferido é iniciar algo sempre que uma crise se instala. Ajudam a criá- las ao deixar de preveni-las; assim, sentem que têm algum controlo sobre a sua vida, ficando esperançados que ainda podem resolver a situação ou partir para outra.

Citação: “Algumas pessoas tem uma certa habilidade em escolher precisamente aquilo que é pior para elas.” J.K. Rowling

Não têm noção de ritmo

Tendem a dedicar-se muito no inicio, com muita energia, e por vezes um pouco fora da realidade, mas aos poucos vão desanimando para mais tarde desistirem. São como aquelas pessoas que, ao começar um curso de piano, estudam 6 horas por dia, fazem aulas extras e compram todos os discos. Mas aos poucos vão perdendo o ímpeto até que, após alguns meses, chegam ao ponto de esquecer que têm um piano.

Procuram sempre soluções fantásticas

O sucesso é construído de hábitos que devem ser implementados diariamente, pouco a pouco e com a noção das capacidade que se tem. Por exemplo, em vez de se consciencializarem de que um corpo bonito e saudável é resultado de uma dieta adequada, acompanhada de exercícios físicos, essas pessoas acreditam sempre que existe algum tipo de regime fantástico que permite comer o que quiser e quanto quiser. Frequentemente, apresentam as soluções no último instante, quando não há mais tempo para implantá-las ou quando a sua implementação já não faz sentido.

Apresento algumas soluções para este tipo de problema no artigo: Um pequeno passo pode mudar a sua vida. Em vez de procurar mudanças radicais, que são ambiciosos, de difícil implementação e muitas vezes de insucesso, é mais benéfico estas pessoas darem pequenos passos de forma a sentirem-se confortáveis.

Vivem no “quase”

Quase me formei, quase me casei, quase tive filhos. O “quase” mantém a ilusão de sucesso dessas pessoas, pelo fato de terem chegado perto do topo da montanha. Na verdade, elas procuram não se comprometer. Usam muito a palavra “talvez” e a expressão “pode ser”. Correm sempre “atrás” do futuro: gostaria, faria, levaria. Note que a percepção interior e o comprometimento de alguém que diz “vou a sua casa hoje às 9 horas” é muito diferente de uma pessoa que diz simplesmente “talvez eu apareça em sua casa”.

Não ligam aos detalhes diferenciadores

O assistente vai à reunião de decisão sem o relatório. O Carpinteiro vai à casa do cliente tirar as medidas para a construção da mobília e não leva o instrumento de medida. Sai com a pessoa que pretende conquistar , sem cuidar da sua imagem e sem tomar banho. São os detalhes que fazem a diferença entre uma vitória e uma derrota.

Não mantêm os compromissos

Como mudam de ideia com frequência, qualquer contratempo é motivo suficiente para não cumprir os acordos previamente estabelecidos. Como alguém que combina ir a um aniversário de um amigo e se comprometeu com a namorada a comprar a prenda, mas descobre que está sem dinheiro e decide não gastar mais. Ele muda de ideia e não avisa a namorada. Simplesmente não compra a prenda e deixa a namorada ir à festa de aniversário do amigo,  esta fica esperando e ele não aparece. Estabelece-se um padrão sabotador de si mesmo, perde-se a responsabilidade e a credibilidade.

O que estas pessoas devem mudar?

Talvez neste momento você esteja consciente de que têm alguns desses hábitos que sabotam o seu sucesso (na verdade, todos nós em algumas áreas da nossa vida cometemos alguns destes comportamentos inadequados). A consciencialização é o primeiro passo para a mudança. A partir de agora observe esse hábito cada vez que ele surgir, analise as consequências negativas para a sua vida e comece a desenvolver novos hábitos.


Por exemplo, se você está criando uma maneira saudável de se alimentar, não vá a um rodízio de carnes. Sempre que o empregado de mesa passar oferecendo alguma coisa você vai ser obrigado a tomar uma decisão difícil e que o coloca no caminho do insucesso, com a agravante de lhe tirar o prazer de estar no restaurante. Ou então decide sucumbir à tentação da comida em excesso, tendo prazer imediato, mas culpabilizando-se o resto do dia. Reforça assim a noção que tem de si mesmo, como alguém que não cumpre o que promete. Simplifique a sua vida. O sucesso virá de forma natural.

Citação: “O homem que não sabe dominar os seus instintos, é sempre escravo daqueles que se propõem satisfazê-los.” Gustave Le Bon

Os campeões criam um sistema de realizações que facilita a obtenção dos seus objectivos. Eles têm hábitos funcionais que evitam desgaste desnecessário de energia. Por exemplo: fumar é frequentemente um desgaste na vida das pessoas. Instalando-se a dúvida:

  • Será que eu devia parar de fumar?
  • Não devia ter fumado logo pela manhã.
  • Por que fumei tanto hoje?
  • Amanhã vou parar.
  • Vou só fumar um cigarro porque estou triste…

Um milhão de perguntas e frases vão drenando a sua energia, deixando a sua mente cansada, retirando capacidade para tomar decisões alinhadas com o seu desejo.

Mas com tanta pressão, como vou conseguir fazer tudo de forma assertiva?

Você precisa deixar de lado as crises existenciais desnecessárias. Estas só justificam o mecanismo de defesa que criou, você defende-se arranjando justificações que “julga” serem lógicas para o facto de se sentir mal consigo mesmo. A nossa mente, esforça-se sempre por ser coerente, por contar uma história que tenha sentido. Se você se sente mal, tem de existir uma justificação, se não a procurar de forma estratégica, procurando factos reais e baseados em acontecimentos concretos, você fica à deriva, deixando os seus receios construírem inconscientemente uma história que o proteja (que na realidade o prejudica). Está apenas a proteger o seu ego. Está a criar uma ilusão de capacidade abandonado o barco antes que este se afunde, para não encarar a dura realidade que a responsabilidade é sua.

Citação: “Há uma espécie de conforto na auto-condenação. Quando nos condenamos, pensamos que ninguém mais tem o direito de o fazer.” Oscar Wilde

Como resolver?

Deve esforçar-se para perceber que tipo de conflitos internos possui, e prejudicam a obtenção dos resultados pretendidos. Foque-se nas acções que lhe permitem atingir a meta. Não se trata de estabelecer um sistema rígido, em que completar o que começou seja uma obrigação, sem permissão para crise ou sem flexibilidade para mudanças, mas sim de aprender a decidir e a realizar o que é importante na vida, sem adiar nem procurar justificações antecipadas.

Quebre o padrão de percepção de incapacidade e comece a  levar-se a sério. Acredite em si, leve as coisas até ao fim, mesmo que julgue ir fracassar. Aceite a possibilidade de fracassar/falhar, mas assuma esse risco. A aceitação dessa possibilidade, permite-lhe ganhar experiência e testar as suas capacidades e limites. Para aprofundar este assunto leia: O fracasso é uma opção, mas o medo não.

Quando uma pessoa não alcança um objetivo, não foi apenas uma meta que deixou de ser cumprida. Houve também um esforço para cumprir aquilo que planejou, que traçou para si, permitiu estabelecer uma relação consigo mesmo, apoiou-se na sua auto-imagem, reforçou caminhos e testou outros, uns que se verificaram satisfatórios, outros nem por isso.

Se não testar a sua confiança, se não andar de braço dado com a crença que tem em si, essa desconfiança e desacreditação vai minando, aos poucos, os seus desejos e sonhos. As metas que estabelece a partir daí serão cada vez menores, sem desafios, levando à desmotivação e à sabotagem de si mesmo.

ASSUMA-SE COMO É! PARTICIPE!

Olhe-se de frente, aceite-se com as suas virtude e defeitos, faça uma auto-análise e perceba o que necessita melhorar. O que é que se propõe a mudar, sem desculpas, sem “mas”, sem “se isto…”, “se aquilo?”

Quais são os sabotadores dos seus objectivos? Que hábitos tem que gostaria de mudar? Partilhe connosco a sua experiência.

Abraço,

Miguel Lucas

Novo usuário?
Comece aqui
Baixe Grátis o e-book “Seja Um Vencedor”
Baixe Grátis o e-book “Seja Um Vencedor”

Preencha os seus dados abaixo e receba esse e outros materiais por e-mail.

Comentários
Avatar for Miguel Lucas
Ricardo Silva

Olá Miguel Lucas.

Ao ler o artigo pude comparar-me com o modelo de pessoa apresentado em cima. Não em tudo o que se disse mas nalguns pontos.

Recentemente tenho criado vários projectos que me “roubam” muito tempo. Quando se começa uma pessoa trabalha imenso de forma a obter o sucesso. O problema é que depois aparecem os problemas e nós quase que abandonamos.

Este post fez-me pensar sobre isso. Não é falta de vontade mas é preocupações maiores.

Costumo tirar o fim de semana para descansar de todos os meus negócios online. Aproveito-o para estar mais chegada à família, estudar para a faculdade etc.

Este fim de semana tenho que mudar isso. Preciso de uma hora pelo menos para pensar em todos os projectos que tenho e acima de tudo organizar o meu tempo. Tenho que definir tempo para cada um deles e trabalhar neles somente nesse tempo.

Este post fez-me pensar muito mesmo.

Obrigado Miguel.

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Ricardo Obrigado pelo comentário.
Fico contente por ter gostado do artigo e acima de tudo que tenha conseguido reconhecer alguns sabotadores dos seus projectos.
Aproveite o facto de ter tomado consciência daquilo que estava a impedir o seu progresso, e tal como disse, um agendamento por prioridades e áreas é bom bom começo para levar as coisas em frente.

Força e bom trabalho

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
Paloma Muniz

Bom, o artigo abriu os meus olhos para muitas atitudes que estão me levando ao fracasso. As leituras recomendadas também estão sendo importantes para minha mudança de atitude. O meu maior sabotador atualmente com certeza é a falta de confiança em mim mesma. Tenho certeza de que já estou começando a mudar essa visão. Tenho certeza de que Deus usa seus artigos para ajudar muitas pessoas.
Obrigada e um abraço

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Paloma, obrigado pelo comentário.
Sinto-me muito recompensado quando os artigos cumprem o seu objetivo (ajudar quem mais precisa). Fico igualmente contente com o fato de ter iniciado um processo de mudança de atitude no sentido de trabalhar na sua confiança. A confiança é algo que faz parte da base de construção de nós mesmos, as nossas atitudes fundamentam-se no grau de confiança que temos em nós e nas nossa capacidades. Por este motivo é importante dedicarmos grande parte da nossa atenção à construção sólida da nossa confiança.

Força e motivação para você.

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
Itamar

Não consigo me focar, não consigo ter resultados, não consigo planejar, fico só executando e sem um rumo, fico somente no esforço. Estou desenvolvendo um trabalho com um coach, ele é otimo, me deu varias diretrizes, mas nao estou conseguindo…não sei mais o que fazer. Estou com algumas problemas de ordem financeira, parece que por este motivo fiquei congelado…me de uma dica, um passo-a-passo…obrigado, abs

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Itamar, obrigado pelo comentário.
Percebo que está à deriva. Fica mais complicado dar-lhe algumas dicas, visto que já tem a ajuda de um profissional.

Faço no entanto algumas recomendações: Em momentos difíceis todos procuramos soluções imediatas e milagrosas, infelizmente as coisas nem sempre se resolvem de forma imediata (vejo que está em agonia financeira) o que faz com que desespere ainda mais. Tente dentro do possível nesta primeira fase aceitar a situação em que está, de mal-estar, depois centre-se em duas ou três estratégias, trabalhe nelas, seja persistente. Não queira fazer tudo ao mesmo tempo e muito menos andar a saltar constantemente de estratégia (pois assim instala um sentimento de fracasso de tanto tentar e nada conseguir). Não queria fazer grandes coisas, comece com pequenos passos, e vá acelerando o ritmo pouco a pouco. Compromenta-se com as coisas que acha serem boas para si, e leve-as até ao fim.

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
Waldiney S. Soares

Miguel Lucas, adorei o site. Parabéns. Esse artigo é sensacional.
Abraços,
Waldiney, Rio de Janeiro – Brasil

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Waldiney, obrigado pelo comentário.

Fico contente por gostar do site, espero que o possa ajudar, sempre que necessitar.

Bom carnaval,

Abraço para voçê e para o Rio de Janeiro

Avatar for Miguel Lucas
AURELIO

Olá amigo.

Chamo de amigo pessoas ajudam a mim e a outras pessoas.
Parabéns pelo site, tem uma linguagem de fácil entendimento, clara e objetiva.
Sou um auto-sabotador!
Mas me tornarei um anti-sabotador ,aliás já o sou!
Um degrau cada dia com cuidado para não escorregar…
Vou escolher a primeira escada hoje.
Obrigado e continue ajudando pessoas, afinal é a alegria dessas te fortaleçe.
Abrax a vc e todos ex-sabotadores de plantão!!

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Aurelio, obrigado pelo comentário.

Fico lisonjeado por me tratar como amigo. Fico também contente por estar a conseguir perceber onde se sabotava e a conseguir alterar esse padrão. Sem dúvida um passo muito importante na ajuda de si próprio.

Força, persistência e votos de bom sucesso.

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
Patrícia Freitas

Olá Miguel,

Começei a me sabotar depois de ter fracassado em meu casamento, todas as áreas de minha vida tambem fracassaram e perdi a confiança em mim mesma, tenho essa noção mas não sei o que fazer para mudar o padrão de pensamento, poderia me ajudar, o que devo fazer?

Avatar for Miguel Lucas
Carlos Luanga

Olá MIguel Lucas,
Nossa, como o seu artigo veio a calhar com o meu atual momento de vida. Me identifiquei com alguns itens do sabotador. Sou bacharel em Direito e luto há mais de 12 anos para passar em um concurso e nunca passo. Já começei a estudar em vários momentos e nunca termino o meu projeto de estudo. Escolhia uma determinada carreira, começava a estudar loucamente, as vezes 6 a 8 horas por dia e logo depois, um ou 2 meses depois, desistia. Isso foi várias vezes. Esse modo de viver se arrastou por esses 12 anos, sempre com picos de estudo e congelamento mais duradouros. No início deste ano, resolvi escolher uma carreira (Juiz Federal). Entrei em um cursinho pela manhã, trabalho a tarde e estudava a noite. Entrei em um ritmo alucinado a ponto de deixar meu relacionamento de lado, de negligenciar meu trabalho, meus amigos, minha vida pessoal. Fiquei um mês e meio nesse ritmo alucinante, estudando ininterruptamente todos os 7 dias da semana. Começei a ficar a estressado e isso estava me prejudicando, tanto na minha vida pessoal quanto no meu trabalho. Hoje, 2 meses depois, desisti do cursinho com a auto-justificativa de que “quem trabalha é melhor estudar sozinho” porque nao da pra conciliar cursinho, trabalho e estudo. Hoje, estou tentando readquirir forças e disciplina para estudar sozinho. Tenho alguns pensamentos negativos, tais como, não sou capaz de passar em concurso com um nível tal alto. Espero que consiga vencer essa barreira e voltar a estudar. De qualquer forma, o seu artigo me ajudou a identificar algumas coisas que estavam me prejudicando. Espero ter forças para continuar.
Abraços meu querido,
Carlos de Cuiabá-MT-Brasil

Avatar for Miguel Lucas
Lucas Jardim Hamude

Excelente! Gostei mesmo. Muito pertinente esse post, e até indentifiquei algumas dessas caracteristicas em mim! Obrigado mesmo!

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Lucas, obrigado pelo comentário.

Espero que o artigo o possa ajudar e que o sucesso possa ser algo que consiga construir!

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
Elis Caleone

Este artigo mostrou-me a importância de acreditar primeiramente em nosso potencial. E que devemos realmente que se empenhar naquilo que estamos fazendo para ser bem sucedido.
Já agi por impulso só para agradar, já iniciei coisas que sabia que eu não terminaria, só porque era “a onda do momento”, Já fiz coisas só por fazer, por isto não terminei, não havia paixão naquilo que realizava e tão pouco determinação. Então começava algo novo, para vencer a frustração de algo que não concretizou-se. E perguntava-me: onde foi que eu errei? Talvez procurando uma solução milagrosa para o fracasso de algo que eu não me empenhei em fazê-lo, rsrs. Por este motivo, eu quase… cheguei lá.kkkk! Faltou-me planejamento, força de vontade, conscientizar-me que para ter sucesso, é necessário fazer a diferença e perseguir o objetivo, pois como dizia Augusto Branco: Bom mesmo é ir à luta com determinação, abraçar a vida com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, porque o mundo pertence a quem se atreve e a vida é “muito” para ser insignificante.
Parabéns pelo excelente conteúdo. Amei o seu site…

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Elis, obrigado pelo comentário.

Sem dúvida que acreditar e ser persistente na procura e trabalho daquilo que se quer é importante para obtermos bons resultado.

Acho quer descreveu na perfeição as razões que o impediram de alcançar aquilo que deseja. Agora, como isso em mente construa uma nova forma de abordar velhas questões e caminhe face ao seu objetivo. Insista e persista, acredite em si e nas suas capacidades. se se deparar com dificuldades, isso faz parte da vida, enfrente e tente arranjar soluções.

Força e persistência.

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
Pedro

Olá,

Acabei de ler o artigo, e impressionante o quanto eu me identifico com varios pontos.
Tenho 38 anos, e sempre fui uma pessoa que quiz muito e nunca tive nada…
Tudo o que comecei nunca acabei, arranjei sempre um porquê para não acabar o que comecei, fosse “este curso afinal não me serve” ou algo dentro deste gênero, e pouco tempo depois começava outra coisa, que acabaria por ter o mesmo fim que o curso anterior.

E isto tipo de padrão tem sido uma constante na minha vida, nos ultimos anos tenho sofrido mais existencialmente ao ver todos os meus amigos e familiares crescerem como individuos, e eu exactamente na mesma paragem que estava há 10 anos atrás.

Resumindo, o seu artigo de certa maneira fez clic dentro de mim, e acredito que neste momento tenho uma base para comecar a mudar.
Alías o simples facto de comentar o seu artigo é uma prova para mim,porque o primeiro pensamento que tive foi ” o que te vale comentar??).

Mais uma vez parabens pelo seu artigo.

Avatar for Miguel Lucas
Camila

Miguel, vc faz consultas via skype? Preciso de ajuda. Ultimamente tenho sido mais pessimista que o normal. E todo dia para mim é “mais um dia” no fim do dia é “q bom, menos um dia”.
Sou pessimista ao extremo, nada vejo pelo lado bom. Mas tenho milhoes de amigos, todos acham q eu sou super feliz e alto astral e no entanto, eu nunca tive paz interior, nao tenho fé em nada e me utilizo de varios sabotadores.
Inclusive, eu nao acredito em analise… (com todo respeito)
Mas preciso de ajuda e não sei mais o que fazer.
Obrigada

Avatar for Miguel Lucas
Leandro

Não sei o que acontece , mas na maioria das vezes me falta motivação em todos aspectos da vida , tenho 26 anos e me sinto como tivesse 40 ! Sinto como tivesse com a vida tudo embaralhada , minha auto estima super baixa a anos , na vida profissional , mesmo sendo um otimo funcionário pelo que diz e empresa , não consigo ser reconhecido pelo lucro que dou na empresa , é complicado !

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Leandro, obrigado pelo comentário

Por vezes passamos por momentos de confusão na nossa vida. Deixo-lhe um Link de um artigo que lhe pode ser útil:

http://www.escolapsicologia.com/a-consciencializacao-e-o-primeiro-passo-para-a-mudanca/

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
Ana paula

Olá Miguel,

Passei no vestibular de uma universidade pública, sempre sonhei em entrar lá inclusive várias vezes me inscrevi, enfim passei,porém, estou vivendo um dilema terrivel, estou morrendo de medo de expor meus pensamentos ao ponto de não querer mais escrever,tenho medo de ser criticada pela minha forma de escrever e pelos erros gramaticais, Miguel me ajude esto arrazada, abandonando materias para depois refazer, com vergonha de falar nos seminários. A vida esta dificil pois, sempre quis estar lá, me enquadro em todas as formas de auto sabotagem que você mencionou acima.

Tenho 35 anos, e estou com muito medo de fracassar.

Me ajude! poderia recomendar algum livro, desde já agradeço.

Avatar for Miguel Lucas
Charles Cleivin

Incrivel, passei muito tempo da minha vida me questionando e chegando em conclusões para melhorar. Só agora consegui achar um post que realmente descreve as coisas que tenho percebido.
Obrigado e continue com esse exelente trabalho!
Gostaria de saber quanto voce cobra para a preparação de atletas!

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Charles, obrigado pelo comentário.

Fico contente que tenha achado os nossos artigos úteis para si 🙂

Pode informar-se melhor acerca dos serviços disponibilizados (desportivos e outros) no link: http://www.escolapsicologia.com/sessoes-online/
Para outros esclarecimentos pode ainda enviar email para: geral@escolapsicologia.com

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
Jaqueline Martins

Seu artigo é muito bom! Com certeza muitos de nos, ja tivemos ou ainda temos algumas atitudes, senao todas, mas seu artigo serve de reflexao para revermos nossas atitudes e tentarmos ajustar o que falta.

Avatar for Miguel Lucas
laura Silva

Olá
o meu nome é Laura e acabei de terminar uma relação. ou seja, terminou por si so porque ele é de longe e teve que ir para a terra dele. Ele vive junto com a namorada e descrobri isso pouco antes de ir embora. Fez-me bem enquanto estivemos juntos mas agora sinto a falta dele, tivemos juntos dois meses apesar de nos conhecermos ha 6.
sinto-me confusa, pessimista e nao consigo tirar partido das coisas boas, e foram so coisas boas. ele ajudou-me bastante. mas penso sempre porque nao encontro a pessoa certa porque nao consigo deixar de me sentir culpada ……nao consigo mudar

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Laura, obrigado pelo comentário

A vida é feita de consequência das nossas escolhas e dos nossos atos. Nem sempre o que escolhemos nos conduz a bons resultados. Se as coisas não correram como desejava há que encarar a realidade e propor-se a novos objetivos de acordo com o que deseja viver.

Coragem

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
Rafael

Olá,meu nome é Rafael e tenho 19 anos e lendo seus artigos encontrei uma ótima maneira de refletir sobre os meus hábitos,alguns aspectos de um “sabotador” talvez não tenham sido comentados,mas no meu caso é o que realmente me encomoda a anos,é a preocupação demasiada com aparência que chega a ser algo doentio,já tentei de várias formas mudar,mas sinceramente até hoje não encontrei a maneira correta para corrigir esse problema.Sou um questionador,um critico por natureza,normalmente minhas criticas quando se referem aos outros são positivas,porém,quando se referem a mim são totalmente destrutivas,durante algum tempo frequentei um psicologo e confesso que inicialmente parecia ser a solução,porém,não exitiu a mudança de pensamento,por alguns instante creio que mudei a maneira de pensar,mas alguns segundos depois me esqueço e o meu eu sabotador resurge com uma força na qual eu não consigo lutar.Em diversas vezes pensei em suicidio em algumas vezes cheguei a tentar,não vejo um valor real na vida,não concluo nada que começo,sempre vejo meus pensamentos como maldosos,e não suporto nunca estar de bem comigo,sempre me criticar,todos os dias,o dia todo e isso de certa forma me desgasta de uma forma imensurável,sinceramente,aos poucos minhas esperanças diminuem e eu me vejo em um corredor cada vez mas estreito,sem curvas e com um fim próximo.De certa forma acabei tirando o foco do seu post e desabafando,me perdoe se foi de alguma forma um encomodo e agradeço pelo espaço,pois esse desabafo foi algo necessário e de certa forma tranquilizante.Obrigado.

Avatar for Miguel Lucas
César Ramos

Olá,

Em primeiro lugar, meus parabéns pelas sábias palavras…
Tenho pesquisado bastante sobre pensamentos positivos, mas sempre discuto com alguém que diz “Você escolhe o que sentir!”.
O mais interessante é que eu sei que é possível, pois meu pai é um ótimo exemplo.
Vamos citar minha situação atual: possuo uma loja de calçados, que comprei há um ano e, por falta de experiência, “brinquei” com meu dinheiro, e comprei demais. Hoje, estou super endividado e tentando, com todas minhas forças que sobraram, pensar positivamente.
Sei que há milhões de pessoas (literalmente) endividadas, mas confesso que está difícil não ter um ataque. O que fiz? Certo ou errado, tenho pensado assim “Vou dar prioridade total aos meus alugueis (casa e loja) e os bancos e fornecedores que esperem. Afinal, como pagar, se não tenho? Pela primeira vez na vida, sinto-me um criminoso. Parece brincadeira, mas quando leio algo do tipo “ser preso, por isso, você não vai”, sinto um certo alívio.
Mas, juro, adoraria encontrar este “botão do positivismo”. Sério. Como alguém super endividado, vendo contas chegando quase todos os dias, consegue ser positivo e ficar animado, sendo que minha cidade está super parada, comercialmente falando?
Perdão pelo meu blá, blá, blá, mas apreciarei bastante se você puder me presentear com algumas palavras.
Muito obrigado.

Avatar for Miguel Lucas
Adriana

Excelente artigo, muito aprofundado, parabéns.

Avatar for Miguel Lucas
Rosa

Boa tarde Miguel
Muito obrigada pelo pequena formação a distancia. de facto me identifikei e de facto kero muito melhorar e me capacitar.

Avatar for Miguel Lucas
branca

Olá ,

Voce pode me ajudar?
Adorei seu site e estou praticamente com todos esses itens, devido a uma carga de estress, pressao para passar em concursos. Estou congelada, as palavras saem pela metade, fico aerea. Só pensando . Nao consigo me firmar em nenhum trabalho. meu prazo máx. é de 2 anos e isso me causa grande frustração. Coloquei um bloqueio em tudo mas isso só está me prejudicando. Está tudo acontecendo rápido demais e as vezes acho q estou ficando para tras.

estou um pouco aliviada pois achava que só acontecia comigo.

Posso fazer uma consulta on line

gde abraço,
adorei seu site.

Tem como me atender?

Avatar for Miguel Lucas
eliane alves

Boa Noite, Miguel!
Tudo Bem?
Gostei da frase: Aceite a possibilidade de fracassar/falhar, mas assuma esse risco. O medo de fracassar tem por anos sabotado os meus sonhos e objetivos. Neste momento desejo de todo coração e entendimento mudar essa realidade.
Obrigada!
Eliane

Avatar for Miguel Lucas
Nomesocorrobacrys

É difícil não me enquadrar em um ou mais de um das situações citadas. Na verdade sou aquela apressadinha q está sempre ocupada, q se empolga com várias situações sem estipular uma meta e no percurso se desanima deixando " para amanhã ". É claro q não me dei ao privilegio de buscar entendimento para as situaçoes diária e com certeza, me atropelei vida a fora. Como vc diz, há sempre uma posibilidade, e agora to empenhada em deixar de fumar, cuidar de mim com mas carinho e tentar ser feliz com o q tenho. Nem todo temos coerência de raciocínio ou mesmo, um mecanismo natural, de sentir a simplicidade amorosa q é a vida. Tenho dito a eu mesma, desacelera e vai ser feliz. Creio q posso lutar contra a insegurança ou a desculpa tola de que não mereço sorrir para vida e receber um sorriso de volta. Obrigada por me fazer refletir sobre tantas coisas. Obrigada a eu mesma pela decisão de melhorar, de viver em liberdade d alma.

Avatar for Miguel Lucas
Wesley Alves

Olá!
Me identifiquei muito com o que você escreveu daquela que a pessoa começa no pique e depois desanima e para no meio do caminho. Eu sou assim, sempre começo tudo com muita força de vontade, tenho na maioria das vezes pensamentos positivos e mesmo assim sempre deixo de lado. Acontece isso com frequência, sempre em busca de novos objetivos novas metas de algo para começar novamente e que possa dar certo. Eu não entendo! Sempre é a mesma coisa, começo com o folego total no pensamento de que vou conseguir e sempre desanimo ficando muito desmotivado , chego até ficar meio chateado comigo mesmo, as vezes pelo fato de achar que não consigo nada e que não sou capaz. Sinceramente queria muito uma solução para este problema que vem me atrapalho nos objetivos que tenho trassado.
Eu gostei muito do seu artigo, se você poder me mandar um e-mail sobre este assunto eu ficaria muito agradecido. Obrigado!

Avatar for Miguel Lucas
MARIA JOSE

OLA, BOA NOITE…..SABE UMA AMIGA NO FACE ME INDICOU SUAS SÁBIAS PALAVRAS…………..ME PEGO EM LA´GRIMAS …………POIS DESCOBRIR QUE MUITOS DESSES SABOTADORES ESTAÕ ME ROUBANDO MUITO TEMPO…. OU SEJA SUGANDO MINHAS ENERGIAS…………….COMO PODE .VER FAÇO UM POUCO DE TUDO.MAS CADA COISA NO SEU TEMPO……………..E AS AS VEZES NINGUEM ME COMPREENDE…………..VEJA NAO ME VEJO PRESA. EM UM TIPO DE PROJETO….SEMPRO PROCURO FAZER CADA UM…..COMO CHEGAM ATÉ MIM………..COMO FAZER BOLO DECORADO, TRABALHAR COMO CABELELEIRA,OU MONTAR ARRANJOS …………ARTESANATOS QUE VEM PRATICANDO HA 2ANOS……………………………E MUITAS OUTRA COISAS QUEFAÇO………..POR ISSO AMIGA PERDIU SOCORRO POR MINKKKKKKKKKKKKKKKKK.MAS……CONTO COM SUAS DICAS VC E´UMA BENÇAÕ…………………

Avatar for Miguel Lucas
Mabel arrue

Na verdade todos nos vamos nos identificar com estes artigos,pois isso faz parte do ser humano em algum ponto da vida,todos nos sempre em algum momento vamos desistir e recomecar isso se chama vida,porem tem gnt que faz isso com muita frequencia,e fica "enrolado" em si mesmo e nao consegue desenvolver nada.
Eu mesma ja vivi muito algumas dessas experiencias,e achei o artigo muito bom,pois mesmo sabendo que ja vivi algumas dessas publicacoes,elas agora me ajudam muito ainda..
Isso é um livro que vc esta vendendo é?
Gostei muito da materia,parabens!!!!

Avatar for Miguel Lucas
joão maria

Olá pessoal, tudo bem?
Por favor, tem 50 anos e passei a vida tentando as coisas e fracassando, não sei mais o que fazer.
Já tentei várias profissões e não me identifico com nem uma.
Sou muito, muito, muito pessimista.
Estou tentando agora uma empresa minha, abri uma marcenaria com amigo, mais muitas vezes já pensei em desistir.

Me ajudem.

Avatar for Miguel Lucas
joão maria

Me enquadro em todas as opções desta página.
Onde consigo ajuda?
Um psicólogo?

Avatar for Miguel Lucas
Cris

Olá Miguel, acho que desisti de mim a muito tempo,tenho medo de tentar e não conseguir por isso desisto antes de tentar.ja desisti de muitas coisas importantes na minha vida.

Avatar for Miguel Lucas
Ana

Ler esses artigo hoje foi muito bom, pois estava precisando muito de todas essas informações para refletir um pouco sobre minha vida. Obrigada por partilhar como todos nós a sua sabedoria sobre a vida.
Que Deus continue te iluminando!

Avatar for Miguel Lucas
Michele

Boa noite, me encaixo bem nessa questão de medo. medo de arriscar pra saber se irá dar certo, medo do as pessoas pensam de mim, medo de fracassar…enfim. muitos medos que ao lê esse artigo percebo que tenho tentado me esconder com desculpas de que está tudo bem ou ficará. gostaria de um conselho. obrigada.

Avatar for Miguel Lucas
GEZIMEIRE ALONÇO

esta matéria foi de grande importancia para minha pessoa, pois muitos pontos sabotadores existem nas minhas atitudes. com esforço irei aplicar no meu dia a dia obrigado.

Avatar for Miguel Lucas
karynne

Boa noite!
Achei interessante como tenho me sabotado sem nem ao menos perceber.
Agora entendi as várias tentativas e desistências, sempre revoltada e irritada.
já começo ver uma luz ,e buscarei ajuda para alcançar minhas metas.
Me ajudou muito.
Abraços
Karynne

Avatar for Miguel Lucas
Angela

Boa tarde, Miguel!
Estava em uma de minhas crises existências, me deparei com seu artigo, esses sabotadores me acompanham ha muito tempo. Coloco desculpa após um certo tempo em que início uma nova etapa da minha vida profissional, principalmente na questão humana. Hoje em alguns caso consigo me sair sem atritos maiores, consigo que permaneça a amizade acima de tudo. É muito chato conviver com isto; sobre o medo de enfrentar determinadas situações, de encarar de frente, ter coragem. Valeu as dicas, vou continuar a buscar essa melhoria, me conhecendo um pouco melhor.

um abraço,
Angela

Avatar for Miguel Lucas
lcsvctr

Esses são sintomas comuns? porque eu me identifiquei com praticamente todos os exemplos, estou começando a me preocupar até.

Avatar for Miguel Lucas
Priscila

Muito bom esse post me identifiquei muito,já perdi muitas oportunidades por conta dessas características ,vou colocar essas dicas em praticas.Muito obrigada

Avatar for Miguel Lucas
Luciana Pantaleão

Olá Miguel. Ao ver o artigo acima, deparei-me com algumas situações e perfis que me identifiquei, não todos, alguns apenas, principalmente onde fala de auto sabotadores.
Há tempos venho tentando criar forças para enfrentar alguns desafios, pois tenho uma imensa vontade de montar um negócio e não consigo fazê-lo por medo do desconhecido, por medo do fracasso, por medos de tantas outras coisas. Seu artigo ajudou-me bastante, pois enquanto vejo pessoas ao meu redor que nutrem sentimentos de fé no futuro, eu fico a pensar em coisas que poderiam me detonar e assim vou vivendo, com uma enorme vontade de vencer, mas sem forças para lutar contra meus "medos". Enquanto sou extremamente corajosa para outras tentativas, sou bem covarde para assumir essa responsabilidade, isso realmente me maltrata. Sei que sou uma pessoa talentosa, além de acreditar nisso, meus amigos e familiares comentam e tentam me encorajar para concretizar meus planos. Sei que meu caso não é complicado e sei que posso me ajudar, aliás, já estou consciente de que não posso continuar assim, por isso estou em busca de ajuda porque também penso que não é tão simples assumir uma postura que vai contra o que alimentei minha vida toda, mas sei que vou conseguir, estou com boas expectativas de melhora. A melhor coisa que me aconteceu nos últimos dias, foi ter conhecido esse site. Obrigada.

Avatar for Miguel Lucas
luisFer

São blogs igual ao seu que salvam nosso dia.

Hoje cai nesta autosabotagem mais profundamente, a ponto de me perder no como eu posso reagir contra tudo isso, mas ao ver que isso é um problema que se estende a todas as pessoas, alivia um peso de que é comum e remediável se a gente nos permitir nos ajudar, e o melhor, ter pessoas como você com esta disposição de explorar estes problemas de uma forma a motivarmos a lidar e buscar a sollução.

Fico muito agradecido, nem imagina como faz as pessoas ganharem uma nova oportunidade na vida.

Abraços

Avatar for Miguel Lucas
daphine

Olá, adorei o artigo!
Sou extremamente ansiosa, sempre pensando no futuro. Não consigo ficar parada e acabo fazendo muito dos itens acima, como:
começar e não terminar
sempre começar coisas novas e acabar fazendo as coisas por fazer.
Isso gera situações que não tem resultados positivos e isso me deixa insegura e com medo.
Queria uma palavra de ajuda,

Obg

Avatar for Miguel Lucas
ALVARO MORAES

Bom dia Lucas,

Reconheço os rumos da minha vida descrita em seus textos. Acho que tenho um pouco ou muito de tudo isso.
Seguirei suas dicas pra fazer diferente a partir de então.
Obrigado pelas dicas e parabéns pela iniciativa de ajudar as pessoas de forma singular.

Avatar for Miguel Lucas
marcia

em, seu site me ajudou muito a crescer mentalmente, imprimi varios de seus conselhos e sabedorias para ler quando tiver crises, desesperos e querer morrer. Ultimamente eu sou somente e minha única sabotadora, sou adolescente, tenho 16 anos, e tudo pra mim é mais inseguro pela minha idade, mas não tenho essas futilidades e preconceitos de um adolescente, sinto que pulei ja pro adulto, só d3 saber que terei milhões de responsabilidades, terei que enfrentar todos meus problemas ja me desespera e me faz querer desistir de viver, não me conformo em querer viver. Ha tive fobia socil na infância, sindrome do pânico e até agorafobia, agora me encontro com um pouco de ttudo e com depressão. Ta dificil de sair dessa, não sei muito o que fazer, mas to levando……

Avatar for Miguel Lucas
Andre

ola, gostei muito de ler o seu artigo e encaixo me neste perfil, o grande sabotador da minha felicidade e que não me deixa focar no que realmente desejo, é a minha hiipocondria, penso sempre que tenho alguma doença grave e não me deixa viver uma vida descansada e tranquila.

Cumprimentos

Avatar for Miguel Lucas
Roseleia Morre

Ola, ler tudo que voce escreveu, me fez reconhecer que tenho que dar o primeiro passo para mudar a minha vida…Venho me sabotando a muitos anos!!’
Obrigado por voce existir..Valeu a ajuda!

Avatar for Miguel Lucas
nicilvia

boa noite , tenho 39 e fui procurar ajuda de como parar de me autossabotar.Tenho dificuldades em ter contato com sentimentos ,desenvolvi barreiras de defesa e hoje preciso de trabalhar
e descobrir como me permitir a sentir as coisas boas .Essa postagem me ajudou bastante e sempre leio .se puder me dar alguma dicas de coisas simples que eu possa fazer para descobrir o que gosto e sair dessa armadura que coloquei .Grata

Avatar for Miguel Lucas
nicilvia

Tenho 39 anos .casei aos 17 com o homem que tinha esquizofrenia apos 3 anos me separei e casei com meu atual marido tive 4 filhos e perdi uma ao nascer , meu atual marido t e mais velho do que eu 17 anos tem marcapasso e teve depressao apos o marca passo. Fui pequizar sobre como deixar de ser mecanica ,de como destruir essa armadura que vesti em mim e essas informações me ajudarão bastante . Preciso aprender a ter contato com meus sentimentos ,mas tenho muita dificuldades parece que fui congelada . Se puder me dar umas dicas do dia a dia de como aprender a a trabalhar
Obrigada

Avatar for Miguel Lucas
Vanessa

Boa tarde Miguel!

Li a sua matéria e me vi em quase todos os tópicos, somente o que fala sobre a falta de compromisso é que eu não me encontrei, pois quando me comprometo se não cumprir até adoeço, agora no restante dos tópicos, esta pessoa sou eu. Estou com 42 anos de idade e até hoje não entendo o porque sou assim. Não gostaria de ser assim porém já tentei mudar várias vezes, me trato com psicólogo e psiquiatra para tentar me entender mas até disso já estou desistindo na verdade. Mesmo assim obrigado por desenvolver matérias como estas para ajudar a nos conhecer melhor. Não consigo nem mesmo arrumar minha casa de tanta desorganização. Não sei o que fazer quando vejo a sujeira e a bagunça, fico sem ação. No tópico da dieta então, minha nossa, não consigo nem mesmo emagrecer. Mais uma vez obrigada por se importar conosco, leitores que somos.

Grata;

Vanessa

Avatar for Miguel Lucas
Gabriel

Oi.
Eu estou com um problema que não consigo enfrentar, não me deixa ir para frente. Não saio de casa, não saio para comprar o que preciso, não consigo sair para arrumar trabalho. Não consigo sair para pagar algo. Tenho 15 anos e ainda sou muito dependente de meu pai e minha mãe, eu queria melhorar mas não consigo. Eu não sou capaz de pagar o meu curso. É como se eu tivesse medo de sair de casa, eu não consigo enfrentar o medo que eu tenho de ir em busca da independência. Eu tenho meu dinheiro mas não consigo sair pra gastá-lo. Eu penso que não sei o que fazer lá fora e então não saio e tenho que depender de alguém pra isso. Isso me frustra, tantas coisas que eu poderia fazer mas estou sendo incapaz de fazer. Alguma dica? Eu preciso de ajuda.

Avatar for Miguel Lucas
Talita Miranda

Olá Miguel Lucas

Sou, Talita tenho 26 anos e ao ler seu artigo, me identifiquei muito. Pois desde que me conheço por gente maiorias das vezes não consigo concluir aquilo que começo.
Gostaria de saber aonde está a raiz deste problema?

Atenciosamente
Talita Miranda

Avatar for Miguel Lucas
CLEO

Boa tarde Miguel..estava a procura de algo que anime minha alta estima e me dê coragem para enfrentar as pessoas, achei seu site..li..li..logicamente que me enquadro em tudo, mas minha dificuldade são as mudanças..quando tento me defender de alguém as palavras não vem e eu tremo muito por tentar mostrar a verdade, mas no entanto percebo que as pessoas não gostam de ouvir a verdade, e isso me angustia, pois passam a não gostar de mim. Enfim não consigo ter confiança em mim mesma. Fui a uma psicóloga, já fiz duas sessões, e meu medo de enfrentar as pessoas continua…Oque faço??? me ajude a aumentar minha autoestima.

Avatar for Miguel Lucas
Meiriam

Quero melhorar esse meu lado de começar algo e não concluir.Espero que a minha confiança volte a ser com era antes.Eu quero mudar esse lado ruim que eu tenho na minha vida.
Obrigada!

Avatar for Miguel Lucas
Daniela

Olá Miguel! Você escreveu diretamente p/ mim.
Já tentei vários negócios e sempre fracasso mas não por culpa de alguém. Eu mesmo me saboto totalmente, ao mesmo tempo que eu tenho a ideia entro em euforia desenvolvo o projeto e quase no final eu começo a ver o lado ruim e logo o lado bom desaparece e eu desisto de tudo. No fim gasto dinheiro energia e continuo no mesmo lugar. é como secar gelo, é como se tivesse o fantasma do meu lado que quando me ver com toda garra fica no meu ouvido olha isso não vai dar certo, olha você não vai conseguir esquece isso. é assim a 34 anos. talvez por ter crescido junto de pessoas pessimista que nunca viam o lado bom das coisas. Mas enfim Adorei

Avatar for Miguel Lucas
Raquel

Olá! Parabéns pelo texto! Me serve como motivação!
O meu caso é o seguinte: Quando tenho prazos pré-estabelecidos, consigo lidar bem com as situações. Formei-me, fiz mestrado e doutorado e agora estou estudando para concursos para o magistério superior. Aí é que está a minha dificuldade. Como estudo sozinha e tenho que administrar o meu tempo com o programa dos concursos, faço planejamentos e não cumpro, começo a estudar com empolgação um assunto, mas rapidamente eu abandono e faço outra atividade menos importante.
E ao final do dia vem a frustração de não ter aproveitado aquele dia eficazmente.
Preciso mudar…

Avatar for Miguel Lucas
Kizy

Eu simplesmente me encaixo com todas as afirmações acima.
Esse post me ajudou muito a me compreender, pois estou muito perdida. Tenho sonhos, desejos, mas eu realmente me saboto Inconsciente. Me empenho, fico triste por não concluir, e me sinto pior ainda.

Estou fazendo terapia a alguns meses, e graças a ela, eu estou me curando interiormente. Na terapia descobri que tenho uma tremenda baixa estima encubada, que inclusive me levou a uma depressão, mas estou me sentindo muito melhor com o tempo. E agora vejo que a auto sabotagem está também interligada nisso tudo… em toda essa confusão mental e sentimental.

Muito obrigada! Realmente me ajudou muito. Me mostrou um "norte" por onde posso começar a me recuperar emocionalmente.

Avatar for Miguel Lucas
Luci Mary

Estou ha anos vivendo em conflito, tento mudar meu jeito de ser, mas vejo as oporturnidades pra exercitar esse desejo, escorrerem pelos dedos.
Sinto-me excluida, nada dar certo, choro muito
mas confesso que ao ler este artigo e comentarios, sinto-me menos angustiada

Avatar for Miguel Lucas
Viviane

Olá, Miguel!!
Eu vivo todas essas sabotagens que você citou, há vários anos vem acontecendo comigo.
Após superar um acidente de 2006 até 2009 retomei minha carreira profissional e depois de uma demissão, por motivo de doença, não consegui ser a mesma.
Hoje com 27 anos e não obtive nada até agora, só tive prejuízos e decepções, me cobro o tempo todo.
Tudo que começo não termino, ou seja, abandono desde cursos, empregos, tratamentos, enfim…tudo. Já não sei o que fazer. Gostaria de saber se você pode me orientar!

Avatar for Miguel Lucas
cibele faria

Bom dia.

Preciso urgente de seus conselhos, tenho 32 anos e me vi em toda situação e nunca imaginei que sou a minha propria inimiga,vc é um enviado de Deus eu creio.
É a primeira vez que me exponho,os humilhados serão exaltado.

Avatar for Miguel Lucas
Lívia Souza

Bom dia Miguel

É inacreditável saber que eu sempre fui assim e só agora pude perceber esse grande problema…
Vivo sabotando minha vida em todos os aspectos, e isso me deprime muito pq são sonhos, atitudes que eu nunca consegui realizar, é como se houvesse uma barreira, é como se meu subconsciente tivesse sempre falando. " Desista, deixe isso para depois" ou "Você não vai consegui"
Sempre vim estabelecendo metas e não consigo da continuidade, de inicio tenho tanta empolgação, ansiedade de que as meus planos dê certo, logo depois de uns dias eu desisto perco totalmente a motivação, creio também que essa atitude minha vem de coisas q aconteceram no passado ou na infância… minha família nunca viu as coisas de um lado positivo, sempre q eu planejava algo pra mim, escutava e ainda escuto…" É impossível, não vai consegui me mostrando todos os motivos pra q eu não continue…Tenho 29 anos, me casei a 4 anos meu marido e eu moramos em cidades diferentes, só nos vemos em fim de semana, até hoje n consegui sair da casa dos meus pais, o que eu mais desejo hoje é viver uma vida juntos eu ele e minha filha, mas nunca consegui , pois sempre escuto q será difícil pra mim e pra minha filha em outra cidade q não conhecemos ninguém…e logo depois de alguns comentários eu me sinto tão fraca, tão fracassada, preciso muito reverter essa situação de anos, que me impedem de evoluir de crescer em todos os sentido…me ajude Dr. Miguel.

Avatar for Miguel Lucas
anonimo

Quem vive doente muitas vezes sabe como sair do fundo do poço. O problema é que a pessoa não tem forças para sair de lá. Falar como resolver o problema dos outros é muito fácil, difícil é viver na pele.

Avatar for Miguel Lucas
Kellen

Infelizmente eu me encaixo em todos os pontos acima citados, tenho 30 anos e desde a infância venho me sabotando, eu simplesmente não tenho vontade de fazer nada tudo o que começo eu não termino, todo o esforço e credibilidade que conquistei eu perdi e foi tudo culpa minha porque me sabotei de todas as formas que consegui, mais não quero mais viver assim, eu acredito que todos podemos mudar só que toda vez que começo algo simplesmente não concluo. Miguel se existe uma forma de você me ajudar eu desde já agradeço. OBRIGADA!

Avatar for Miguel Lucas
Gonçalo

Noite,
Bem, vou me expressar de uma forma que tenho noção ser absoluta e completamente impossivel de acontecer "ao vivo", dado o bloqueio e vergonha que sinto, mas dado o fato de já sentir que ha muito se tornou insuportável viver assim, acho que é o momento de me "abrir", porque por muita luta e leitura que fiz, sinto que continuo parado no mesmo sitio, onde sinto apatia de tudo e todos, não existe algo que me interesse a fundo e me deixe "eufórico", e onde sinto que a felicidade é algo muito fugaz, passageiro e sinto que mesmo ilusoria.
Vou resumir um pouco a minha vida e forma de pensar e agir.
Dos 4 aos10anos, andava muito só e era muito rebelde, penso que por querer atenção dos meus pais, que trabalhavam muito e não podiam dar muita atenção.
A partir dessa idade, quando mudei para uma escola maior, tudo mudou, tornei me muito mais fechado e menos expressivo, porque a minha rebeldia me trouxe alguns dissabores no relacionamento com os outros, o que me fez também fugir novamente e aos 13anos querer mudar de escola, como que uma fuga da dor e isolamento por que passava, mas ainda assim os problemas continuaram, porque a tentativa de chamar a atenção renasceu de novo, e agora com o misto de ser desaprovada a minha fraca aparência. Quando fui para o 10*ano, e mudei novamente de escola, tudo se mantivera, sentira que não conseguia abrir me quando em grupo, era dependente da aprovação dos outros, inferioriza me sobre os outros, o que fazia com que fosse vitima de gozo por parte dos meus colegas, visto que também tinha medo de me revoltar, e assim se mantivera a minha vidavate ao final do secundário.
Tive a minha primeira namorada com 21anos (ela com 16), onde senti que algo mudára, porque me senti aprovado por alguém, e com isso me dediquei e esforcei ao maximo para manter essa pessoa ao meu lado. Agora após 6anos de namoro, ela me deixou num dia, e no outro a seguir se meteu com outro parceiro. Durante o meu relacionamento, sei que fui rebaixado muitas vezes, e que a maioria das pessoas dariam logo um fora, mas o medo de perder a única pessoa de que gostava, e o medo de ficar sozinho, sempre me fizeram ignorar tais situações (muitas vezes meus pais e familiares, me avisaram que ela não era mulher para mim, que eu merecia uma pessoa melhor). Depois disso tomei anti depressivos durante 3dias, e logo os larguei, porque sentia que não me estavam a fazer nada relativamente ao problema em si, e só me deixavam atordoado.
Sou uma pessoa que não consegue falar em grupo, porque acho que as minhas ideias não são validas.
Sou uma pessoa que não consegue abraçar um amigo, porque sente vergonha do ato. Não consigo entrar em brincadeiras.
No trabalho, quando me "atacam", fico com "medo" e me fecho por completo.
Sou uma pessoa que tem muita dificuldade em gostar e valorizar alguem, para ter um relacionamento, porque também sinto que não existe algo que me interesse de fato. Não tenho vontade de conhecer pessoas novas, porque não me interesso por elas e sinto que não tem nada de interessante para me dar.
Sou alguém que tem vergonha de falar com pessoas que tem habilitações académicas superiores.
Sou alguém que apenas queria ter uma pessoa que ama se e me ama se, e que rejeita por completos flirts e relacionamentos de 1 só noite.
Sinceramente com 27anos, sinto que estou num buraco de onde não consigo sair de maneira nenhuma.

Avatar for Miguel Lucas
Juju

Boa Tarde..
Você é fantástico,esta me ajudando muito…
Pretendo ter mais confiança em mim,me amar mais,não LIGAR PRA OPINIÃO dos outros…ser mais eu,me amar,focar no meu trabalho,ser menos afobada e poder ser mais calma..estou lendo bastante..espero que eu melhore!!!! Muito obrigada,fique com Deus e você merece ser muito feliz!

Avatar for Miguel Lucas
Williams Amorim

Muito bom o artigo!!!
O grande problema da gente, é q muitas vezes queremos mudar, no entanto ñ temos coragem de pagar o preço pela mudança, como renunciar velhos hábitos, se esforçar mais, ou até msm correr o risco de fracassar. O medo é um dos piores inibidores nesse percurso. O nosso maior inimigo somos nós mesmos, e pra se vencer a si mesmo ñ há melhor coisa do q ter domínio sobre a própria mente.

Avatar for Miguel Lucas
ANDREIA

BOA TARDE!! MUITO IMPORTANTE PRA MIM LER SEU ARTIGO, ME SINTO ASSIM, COMO VOCÊ DESCREVEU.
JÁ OBSERVEI E AGORA TENHO CERTEZA DISSO, PRECISO URGENTE DE ME FOCAR ESQUECER AS TANTAS PREOCUPAÇOES QUE EU MESMO INVENTO PRA MIM.
OBRIGADA

Avatar for Miguel Lucas
katia Guimarães

Tenho 56 anos e pela primeira vez me vi desnuda lendo o seu artigo, me encaixei em vários sabotadores descritos. Começo e não termino, tento e parece em vão as tentativas, e principalmente o fato de estar sempre criando novas frentes sem terminar o começado. Achei que isto fazia parte da minha personalidade criativa e estou vendo que são desculpas que dou p não assumir o controle da minha vida e deixar por conta dos outros ou do acaso o meu dia a dia. foi de grande valia e a partir de hoje vou tentar colocar em prática o que tenho lido. Parabéns!

Avatar for Miguel Lucas
Elaine

gostei de seus artigos. mas poderiamos conversar por email??

Avatar for Miguel Lucas
Monique

Olá gostei muito do artigo, sempre fui uma pessoa cheia de expectativa, fazia muitos cursos, nunca faltava a um compromisso por mais dificuldades q tinha estava sempre lutando contra tdo e realizando as tarefas com sucesso, hoje estou passando pela pior fase da minha vida, não consigo ter foco em nada que faço, todo dia acordoe digo pra mim mesmo é hoje tomo cafe, me arrumo e saio a luta, porem no final do dia nao consigo concluir nada, cada dia que passa fico mais triste pq esse problema já esta me acompanhando a um ano, estou tendo problemas financeiros e mesmo assim não consigo ter foco, quero saber se vc pode me ajudar indicando algum profissional que poderia me ajudar a organizar minha vida, preciso de uma pessoa que tenha tido experiencia com alguém como eu, acho que assim ela saberia lidar…obrigada

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Monique,

Provavelmente você não sabe, mas aqui mesmo através do site você pode ter acesso a terapia. Eu dou consultas de psicologia através do Skype. É um serviço pago. Deixo o link: http://www.escolapsicologia.com/sessoes-online/

Avatar for Miguel Lucas
Paulo

De verdade todos esses tópicos tem a ver com o que estou passando agora não consigo ter resultados vivo sempre necessitando buscar alternativas sem ter nenhum exito é um verdadeiro inferno,ainda mais moro sozinho não tenho com quem conversa ou ter ajuda de alguém estou tentando obter meus objetivos e não consigo estou vivendo uma vida de fracassado mesmo e preciso de muita ajuda por tudo que é mais sagrado

Avatar for Miguel Lucas
Gouveia

Eu sempre soube o momento certo de fazer algo, mas nunca consegui dar o primeiro passo, talvez pelo fato de estar aprisionado por minhas emoções ou por acabar sempre sendo consumido pelas expectativas que os outros me prometem. Quero ajudar a todos que necessitam, tenho um código de conduta que me faz ser prejudicado em muitas das vezes para sentir que o próximo obteve êxito e eu fui o causador desta. Trabalho há 10 anos com 1 casal de empresários que têm 1 indústria e 4 comércios, somos como uma família onde tenho carta branca para fazer de tudo, tenho liberdade, tenho as chaves de suas residências e dirijo seus carros, são pessoas que têm tudo e ao mesmo tempo não têm nada, pois, suas famílias são grandes e não são unidos, sem amor, e acabei percebendo que passam a maior parte do tempo ao meu lado e, no entanto, por isso não consigo me desligar de pessoas tão próximas, mas aí me perguntam por quê sou um fantasma?! Porque apesar de toda esta proximidade e responsabilidades que carrego com todos os seus negócios, ainda assim, quando argumento a possibilidade de me tornar um sócio nas empresas, acontecem apenas promessas jogadas ao vento e para me desmotivar a não continuar persistindo com a ideia eles dizem que "qualquer pessoa" faria o que eu faço pelas empresas, o que não é verdade, sou tudo o que eles têm hoje, mas sei também que se eu sair da empresa para o meu próprio bem eu estarei comprometendo nossa amizade e também sei que ela não será a mesma, o que poderá causar no fechamento das mesmas. Hoje resido num espaço que me concederam e pago por este com meu trabalho nas empresas, estou a 4 meses para realizar meu casamento e dependo desta "ajuda", não que seja a única alternativa, mas talvez seja a mais inteligente no momento. Acredito que tenho 2 caminhos para decidir, onde um deles é ter uma última conversa a respeito do meu futuro sólido na empresa para que eu possa dar continuidade no planejamento da minha vida já que tenho plena convicção que mereço mais do que esta ajuda pelo que já fiz pelas empresas, e o outro caminho é dar razão a todas as pessoas e sair da empresa mesmo sabendo que todos sofrerão consequências na minha saída e tentar trilhar meu próprio caminho sabendo também que perderei a chance de ficar no espaço que me foi concedido para ajudar a levantar um dinheiro para construir minha própria casa. Este é meu teto desabando, onde pode-se perceber que há um conflito muito perceptível no fato de querer um caminho para o meu sucesso e ao mesmo tempo fazer com que as pessoas ao qual me referi o aceitem, mesmo que isso custe à eles o meu abandono. Viver 10 anos planejando sua vida com pessoas que acreditam no seu potencial e te consumindo com expectativas é fantástico, mas ao perceber que hoje tudo isso nunca teve valor algum é simplesmente uma decepção. Apenas desejo um salário digno para viver confortável, mas o que é digno diante daqueles que não sabem reconhecê-lo?!

Avatar for Miguel Lucas
Guilherme

Esse texto me descreveu, e desarmou minhas defesas. Trata-se, de assumir a própria responsabilidade, pelo corpo, ou pelo sopro da vida.
Processos graves de auto sabotagem
Vou estudar esse texto, muito obrigado ao autor!
Abraços

Avatar for Miguel Lucas
MAmora

Gostei muito do seu texto, já li vários seus antes de chegar neste e costumo salvar os textos para reler offline. Eu gostaria de saber se há algum material sobre lidar com problemas extrínsecos que nos tiram do controle das situações pessoais e profissionais que seriam muito mais simples. Esse problema joga minha autoestima lá embaixo e então tropeço nas próprias pernas. Existem outros motivos internos, mas este é um fator de peso que não estou conseguindo carregar nem me livrar, porque envolve outra pessoa. Se tiver este material, ou algo a dizer que me acenda uma luzinha, agradeço imensamente.

Avatar for Miguel Lucas
Zarina

Ola, o seu artigo descreveu-me, em detalhe.
Eu sou a tipica comeca muito bem, com muita disposicao e vontade e … desisto pela metade. Fujo a 7 pes do que fazia, e fico sempre com a consciencia pesada. Passo a vida a arranjar desculpas para mim mesma.
Ja li diversos artigos, falei com psicologos mas sinto que perdi a forca de vontade, nada me encanta ao ponto de querer ir ate ao fim.
Obrigado pelo artigo, muito bom.

Avatar for Miguel Lucas
VENETA DA DOROTEIA

gOSTEI MUITO DO ARTIGO E DESCOBRIR OS MEUS SABOTADORES EM MI MESMO SOU AQUELA PESSOA QUE NUNCA CONCLUI FICO NO QUASE . DOI MUITO E AGORA DESCOBRI QUE SOU SABOTADOR DE MIM MESMA . OBRIGADA POR MAIS QUE NAO SEI DE ONDE COMECAR E COMO COMECAR A MI RESOLVER .

Avatar for Miguel Lucas
Vanessa

Boa noite,

Tenho de admitir que me revi em praticamente todos os pontos e senti-me super mal. É que não entendo o que tem surgido na minha vida. Sempre fui ambiciosa e determinada, sempre disse vou tirar este curso, vou fazer isto. Quero ser arquiteta, portanto vou fazê-lo, mas no final do curso ti e alguns contratempos e nunca fiz a dissertação que tinha de fazer, as coisas depois correram mal, não arranjava trabalho, não tinha PC na altura, não conseguia nem sequer estágio. Passado uns meses consegui um estágio, mas péssimo, não aprendi nada e só perdi tempo ali enfiada e acabei por não concluir a dissertação mais uma vez, nesse ano. Ano seguinte impôs metas e comecei a conseguir, arranjei um part time, comprei o PC, comprei o que necessitava. Depois disto a última coisa era começar a dissertação, mas começava a pesquisa e nada conseguia fazer. Sempre pensei na dissertação como um bicho de sete cabeças, que nunca iria conseguir fazer, sempre tive "medo" de não conseguir escrever… fosse o que fosse. Comecei a ficar mais deprimida, entretanto no final do ano acabou -se o trabalho, entrei no novo ano sem trabalho, sem tese, sem nada. Tentei ir à luta, mas na minha área estava difícil e nada consegui, tudo o que conseguia era fora e depois por motivo de saúde terminava sempre por ter de abandonar o que conseguia. Enfim, resumindo senão escrevo um livro, lol a contar tudo. Passou 4anos e ando nisto. Este ano arranjei trabalho em Janeiro, pensei vou conseguir fazer as 2 coisas ao mesmo tempo, mas não consegui, cada vez que chegava do trabalho não conseguia pegar nas coisa da dissertação. Entretanto apareceu uma oportunidade mais dentro da minha área, sim porque a que estava era contabilidade, nada a haver, eu sei. Fui chamada para iniciar como administrativa praticamente mas como ajudante/assistente dos arquitetos e engenheiros. Comecei em part time, porque estava a manter o trabalho no escritório ainda, tudo bem de início, mas comecei a sentir que era muita pressão. Então despedi-me a semana passada do escritório de contabilidade, mas para ajudar à festa fiquei doente 5 feira, 6 feira ainda fui trabalhar, mas já não podia mesmo ir mais visto ter papeira e agora a médica quer que fique em casa 12 dias, o que dá até final do mês, mas não posso estar tanto tempo em casa. Estou no outro lado à 3 semanas e as coisas não têm sido fáceis, porque ainda me estou a adaptar à personalidade e método de trabalho do novo patrão. Enfim conclusão fiquei doente novamente no início de um novo ciclo bom da minha vida, quando penso que está tudo a melhorar, acaba por piorar… mais uma vez doente no início de um novo ciclo e com receio de lá chegar e me dizerem que não podem esperar e que querem uma pessoa com disponibilidade imediata… Não sei, que se passa na minha vida… se poder aconselhar do que deverei fazer, de falar com alguém, o que fala???! Obrigada.

Avatar for Miguel Lucas
Rachel F Panato

Boa noite a todos/as !

Me chamo Rachel, tenho 24 anos solteira, atualmente retomei ao Curso de pedagogia o qual havia trancado em 2012 e em 2013 iniciei a Graduação em Letras: Português e Inglês e Respectivas Literaturas, tinha grande interesse pela Língua Inglesa, mas acabei desistindo, cursei 2 anos, fiz o baile de formatura e não me formei. Sou muito indecisa e medrosa, minha vida tá um saco, não consigo emprego, troquei de curso na esperança de arranjar estágio no qual não tive sucesso. Mas quero ser alguém na vida, custe o que custar. E o pior nisso tudo é a pressão familiar, to a ponto de enlouquecer.

Avatar for Miguel Lucas
veridiana

Oi , eu adorei muito o texto acima e me ajudou em sentimentos que eu estava e que só percebi depois de ler , eu sou formada fiz pós graduação e depois disso me perdi dentro de mim mesma sem saber para onde ir , me desculpando em várias vezes me tornando vitima de mim mesma , eu estou me sentindo muito mais forte e olhando para dentro de mim e vendo os antigos planos e objetivos que foram sabotados por tantos fantasmas emocionais e que o meu maior sabotador o chefe de todos , o medo , me fez sair do foco ,procurando outras áreas para me esconder sendo que eu posso encarar ele de frente me melhorando cada vez mais ! Com o medo , veio outro sabotador , a insegurança e assim sucessivamente , ausência de metas, acumulo de funções e atividade , desmotivação e por fim crise existencial, Nossa! quanta coisa enxerguei com o seu texto! Muito obrigada e que deus o abençoe , eu desconhecia tudo que estava dentro de mim e agora parece que tenho refletor na minha frente e eu estou vendo e por fim controlando todos os meus sabotadores . agora preciso escrever e rever a minha historia e começar a mudar algumas posturas .

Avatar for Miguel Lucas
FERNANDA

OLA GOSTE PRECISO DE AJUDA! ; ME INDENTIFIQUEI
COM QUASE TODOS OS SABOTADORES ….

Avatar for Miguel Lucas
Elisa

Perfeito esse texto. Eu verifiquei vários sabotadores do meu sucesso mais o melhor de tudo foram as frases de motivação que ajudam a sair dessa inércia.
E muito difícil deixar o medo mais a vida nos espera. Ja sabemos o que temos que fazer agora é só fazer…

Avatar for Miguel Lucas
Sara

Boa tarde! Adorei o post. Me fez refletir em muitas posturas que me levam ao fracasso. Eu tenho alguns projetos que não são fáceis. Tratam-se de metas muito desafiadoras e por ser tão dificil… Acabo não acreditando em meu potencial… Outro ponto que acho que é um tiro em meu pé, é que normalmente eu foco demais no início, gastando todas minhas energias. Daí, me canso fácil… Abandonando o projeto rapidamente. Tento seguir dietas e não consigo. Até o 5º dia, consigo levar tudo certinho. Basta um aniversário para que eu entenda que preciso do triplo de comida, doces, e muito mais muito exagero.
E penso: Segunda-feira, começo a dieta.
Isso já virou um ciclo vicioso.

Avatar for Miguel Lucas
Joao

Você me deu um belo tapa na cara com esse artigo. Infelismente pelo menos 3 desses itens explica o meu problema em ter sucesso na vida, mas tem uma coisa que é ráro e que só acontece com alguns indivíduos, a dislexia. Eu descobri tarde demais que tinha isso. Não considero uma doença, mas um fator negativo. Isso se agravava quando está associado a minha dificuldade de realizar coisas diversas no mesmo dia. Eu nunca fui bom no estudo e odiava frequentar aulas. Fazia isso por pena dos meus pais e hoje eu sei porque eu não conseguia aprender nada quando se tenta aprender de tudo o tempo todo. Hoje eu sei que eu deveria ter tido uma educação especializada e individualizada, no início. Nada fazia sentido nas aulas e hoje não me sinto tão mal porque descobri que quase a maioria dos grandes pensadores, artistas e inventores do passado sofriam do mesmo problema. Na verdade cada pessoa tem um tipo de cérebro e o sistema de educação é generalizado demais. Eu poderia ter sido um autodidata, mas só precisava de um pouco de incentivo no início, algo impossível de acontecer no época porque meus pais não sabiam como fazer isso e só me deixavam mais desinteressados pelo conhecimento. A minha dificuldade de terminar o que comecei, ou seja, aprender algo a ponto de finalizar, se devia pelo fato de não ter concentração em várias coisas. 50 minutos de Historia, 50 minutos depois de Geometria e depois 2 horários de lingua portuguesa. Como eu poderia gravar o que eu estava pra ver se ainda não tinha assimilado o que tinha visto antes? Eu era assim e esse era o meu problema. Eu acho que estudava 3x mais que os Nerds pra tirar 60% e no ano seguinte eu não me lembrava de mais nada. Esse é o sistema de ensino brasileiro e da maioria dos paises em desenvolvimento. Claro que ninguém consegue estudar 5 horários seguidos de uma coisa só, mas alguns países como Suíça já encontraram uma forma de contornar isso e acho que é lá que tem o melhor método de estudo do mundo.

Avatar for Miguel Lucas
Joao

Gente sobre minha postagem anterior, desculpa, engoli o "não" que vem antes de "Ter sucesso". Isso já é parte da dislexia e do meu problema de vista. Foi mal.

Avatar for Miguel Lucas
Joao

Sei de mais 3 excelentes sabotador de sucesso: Puberdade, Testosterona, Ansiedade. Quem ai que tem mais de 30 ou é maduro o suficiente pra entender o que eu to falando? Essa combinação faz qualquer pessoa, principalmente os homens a tomar a decisão errada ou ser precipitado. Quando se é mais velho isso tudo vai perdendo a força e sobra mais tempo pro cérebro trabalhar direito. Se o homem de 16 a 22 anos pensasse direito, você acha que ele iria se alistar ou aceitaria ir pra guerra?

Avatar for Miguel Lucas
Veronica

Olá Miguel! Boa tarde!

Li o seu artigo falando sobre os 10 sabotadores do Sucesso, me identifiquei muito e por incrível que pareça só agora pude perceber o quanto sou negativa e pessimista…preciso mudar isso e tomar atitudes na minha vida pessoal e profissional….Tudo que começo eu nunca termino, comecei uma Faculdade e ai tranquei e por ai vai….
uso muito na minha fala essas palavrinhas ‘talvez","vou pensar", gostaria, faria, "QUERO" e não tenho motivação nenhuma
DEPOIS DE LER SEU ARTIGO…..FIQUEI MUITO ALIVIADA E ME AJUDOU MUITO.
Grande abraço .

Avatar for Miguel Lucas
Marise

Bom dia Miguel!

Muito obrigada pela bela atitude de oferecer um pouco do seu conhecimento para todos!
Encontrei preciosidades em suas palavras em um momento em que estou passando pelo processo de auto valorização.
Acredito que o dificultador desse processo seja se perdoar e amar a si próprio para depois tomar um novo rumo pautado no que você nos ensinou.
Gratidão!
Lhe desejo sucesso!

Avatar for Miguel Lucas
Ádima Pereira

Boa noite Miguel !
Amei suas palavras ! Estava procurando por mim com a famosa pergunta : _ Quem sou eu ? – e depois de tanto ler assuntos a respeito, descobri um ponto chave : minha vida é uma sucessão de – gosto, mas nem tanto. – e o pior , dentro de uma porcentagem de vivência para cada área , sentimental, financeira , religiosa, profissional , 70 % delas são de insatisfação . Tudo bem dentro dos itens sabotadores que me descrevem exatamente nesta pesquisa que me fiz enxergar , engolir o orgulho de admitir , mas me libertar e abrir meus horizontes para uma nova maneira de agir.
Muuuuuuiiitttoo obrigado ! Que Deus amplie ainda mais seus conhecimentos para ajudar pessoas que precisam de esclarecimentos com simplissidade como foram colocados aqui.
Um abraço ** Ádima

Avatar for Miguel Lucas
Vívian

Miguel, Infelizmente eu tenho todas essas atitudes, sem exceção. Muito Obrigada, me ajudou de forma significativa. Já havia decidido parar mais um curso, por sua ajuda vou continuar. E sim, vou por tudo em ordem e acreditar mais no meu potencial.

Avatar for Miguel Lucas
Lucas

Gostei muito desse seu artigo, me fez pensar sobre minhas atitudes e finalmente tomar a decisão de mudar de vez. Vi que eu mesmo estou me sabotando!

Muito obrigado.

Avatar for Miguel Lucas
Jorge

Excelente! Bem detalhado,simples de entender! Parabéns!
Estou nesta luta de me descobrir,vencer meus medos e ser uma pessoa melhor!

Avatar for Miguel Lucas
Gabriel

Muito bom o Artigo. O que mais me chamou atenção foi a data da publicação e os comentários, tem comentários de 2011 e isso me faz refletir que eu estou no futuro! 03/02/2018

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *