O fracasso é uma opção, mas o medo não!
Desenvolvimento Pessoal 22/09/2016

O fracasso é uma opção, mas o medo não!

Miguel Lucas Publicado por Miguel Lucas

Esta foi a frase que James Cameron, utilizou no final da sua TED talk, e eu adorei. É simples, mas poderosa: “O fracasso é uma opção, mas o medo não”. Infelizmente, a grande maioria de nós faz exatamente o oposto: o fracasso ou a falha não são uma opção, mas o medo é. Não toleramos o falhanço/fracasso, mas toleramos o medo. Por vezes somos capazes de desprezar as pessoas que fracassam, mas deixamos que o medo interfira no nosso caminho para alcançar os nossos sonhos e desejos. Talvez também você com mais facilidade abrace o medo e rejeite o fracasso? Se assim for, tem agora a oportunidade de inverter a situação.

O fracasso como opção

Apresento em seguida algumas considerações porque deve aplicar este principio na sua vida:

Dê espaço para que o fracasso possa acontecer

Ninguém gosta ou quer falhar, mas fracassar é algo inevitável no caminho para o sucesso. Só não falha quem não se propõe a desafios. Só não falha quem não tem desejos nem expectativas. Uma das formas mais básicas e naturais de todos nós aprendermos é por tentativa e erro.

A capacidade que todos temos de aferir as nossas acções é enorme. Uma vida gasta cometendo erros não só é mais honrada, mas mais útil do que uma vida gasta não fazendo nada.

Então, se você nunca falhar, isso provavelmente significa que você não faz nada. O ato de falhar ou não conseguir fazer algo de forma eficaz, diz-nos que nos propusemos a fazer e/ou tentar algo, em vez de apenas ficar sentado na sua zona de conforto.

Aprenda com cada falha e insucesso

Partindo do principio que você leva em consideração a possibilidade de poder falhar em algumas acções e/ou decisões na sua vida, você não falha simplesmente. Você permite-se falhar de forma inteligente. Isto significa que cada falha deve ensinar-lhe algo. Nunca falha sem a possibilidade de ganhar alguma coisa com isso. Ao aprender sempre alguma coisa com cada falha que cometeu, vai-se melhorando sempre que se propõe a fazer melhor da próxima vez.

A abertura à experiência coloca-nos numa atitude de nos concentrar-mos no resultado. Não existe essa coisa de falhar ou errar, isso é uma ilusão. Aquilo que existe são resultados que decorrem das nossas acções, que por vezes não surtem naquilo que pretendemos.

Devemos tentar perceber o que fizemos para não chegarmos ao resultado desejado, e a partir desta observação e avaliação, organizar uma estratégia que nos permite tentar obter o resultado pretendido. Devemos fazer este processo tantas vezes quanto necessário até sermos bem sucedidos.

Dica: A persistência é uma virtude que decorre das falhas e erros que cometemos.

Falhe sem hesitação

O tempo é precioso, por isso caso falhe, é bom que falhe depressa. Porquê? Porque irá permitir que aprenda mais rápido e que melhore também mais rápido. Irá fazer com que se prepare para o grande momento. A chave importante neste processo, é que encurte o ciclo de feedback. Encontre uma forma de receber rapidamente feedback sobre o seu esforço para que possa fazer os ajustes necessários.

Aquilo que deverá fazer é colocar à prova a sua ideia no mundo real o mais cedo possível. Não espere até sentir que tudo está na perfeição. O querer ser antecipadamente perfeito em tudo o que faz, inibe o comportamento de criação, de risco, de tentativa e erro, de impulso e instinto. Ao invés, teste a sua ideia ou visão assim que tiver boa o suficiente, e lime as arestas a partir daí. Teste, redefina, teste, redefina, o sucesso é construído dessa forma.

Para saber informação mais pormenorizada acerca do perfeccionismo leia: Quando ser perfeccionista se torna um problema.

O medo não é uma opção

Uma grande parte da componente medo, é o medo de falhar, tal como já expliquei.

Apresento mais duas formas para aplicar este principio:

Assuma riscos

Muitas pessoas hesitam em aplicar-se em algo do qual não estão familiarizadas, porque têm medo do desconhecido. Mas o medo não é uma opção, esta é a razão pela qual todos nós por vezes deveremos correr alguns riscos. Explore novas ideias, experimente coisas novas. Se você for bem sucedido, a recompensa será enorme. Mesmo que não consiga, você ficará com mais experiência que anteriormente e eventualmente mais preparado para o próximo desafio.

Arrisque, falhe, mas não se movimente pelo medo. O medo é incapacitante, retira-nos esperança, tolda-nos a criatividade, paralisa-nos a curiosidade.

Faça coisas desconfortáveis

Fazer algumas coisas que não são favoráveis, dá-lhe mais oportunidades de crescimento. Quando você permitir a si mesmo sair da sua zona de conforto, você vai crescer muito. Isso não é fácil de aplicar (para mim, pelo menos), mas é algo que devemos nos esforçar para fazer de vez em quando. Abrace a falha e fracasso e abandone o medo.

Para aprofundar o assunto, leia: Como vencer o medo

Abraço,

Miguel Lucas

Novo usuário?
Comece aqui
Receba Grátis os Vídeos “Fórmula da Positividade”
Receba Grátis os Vídeos “Fórmula da Positividade”

Dê a si mesmo a oportunidade de florescer e ser bem sucedido!

Comentários
Avatar for Miguel Lucas
Carlos

Excelente postagem. Vai me render horas de pensamento no assunto.
Queria te perguntar sobre como propor este comportamento àqueles indivíduos adultos que foram criados e condicionados num ambiente de humilhação e desrespeito.

Tenho certeza que o onteúdo é o mesmo, mas acredito que há uma forma mais apropriada de comunicar a estes tipos de pessoa essa mensagem fundamental que você passou. Com o que sei, nem imagino.

Parabéns pelo excelente trabalho.

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Carlos obrigado pelo comentário e bem-vindo à Escola Psicologia.
Espero que a reflexão permita uma reestruturação válida e capacitadora. Força.

Relativamente à questão das pessoas que passam por humilhação e desrespeito, os condicionalismos podem ser de vária ordem. No entanto por vezes a auto-imagem que constroem de si mesmo pode estar deturpada, desajustada à verdadeira realidade de capacidade que possam ter. Medos, receios, auto-estima diminuída, ausência de confiança, sentimento de pouco valor enquanto pessoa, são tudo coisas que podem ter sido condicionadas pelo passado traumático. No entanto o fugir, evitar e experimentar nunca é solução. Essas pessoas necessitam tentar novas coisas ter novas experiências, colocarem-se à prova o seu valor, a sua confiança. Criam assim a possibilidade de confrontar os receios e existir uma boa hipótese de serem bem sucedidos.

Não existem formulas mágicas de resolver os problemas e sem informação torna-se por vezes ingrato dar palpites.

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
niko

eu por exemplo, tenho 28 anos e nunca andei de bicicleta, semana passada ensinei meu filho a andar!
mas eu mesmo não tive coragem de subir numa bicicleta, justamente por medo.

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Nico, obrigado pelo comentário e bem-vindo à Escola Psicologia.
Tal como o seu filho aprendeu a andar de bicicleta, também você tem essa capacidade e possibilidade, mas para isso tem de experimentar, e aceitar a ideia de pode dar umas quantas quedas (veja isso como algo que pode ser divertido).

Arrisque, experimente, tente até conseguir. Força.

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
dfsgfg

a vai ti fudê, eu já nasci fracassado, isso é karma porra, ja estou condenado a ser um lixo, um bosta, pro resto da minha vida!!!!!!!!!!!!

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Bem-vindo à Escola Psicologia. Apesar da linguagem não ser apropriada, não deixa de ser um comentário válido. Um sentimento é sempre revelador do que nos vai na alma. Não posso discordar de percepções pessoais que os leitores tenham acerca da sua vida, e muito menos das suas convicções. Aquilo que escrevo é baseado em estudos, em psicologia comportamental, em experiências de vida de pessoas bem sucedidas e claro em construções de hipóteses que considero válidas e construtivas para a vida das pessoas.
Acredito, que o medo não é uma opção de vida. Está igualmente provado que desde a infância todos aprendemos com a tentativa e erro, reforçando aquilo que é relevante para sermos bem sucedidos, desde sabermos atar os atacadores dos sapatos, até à aprendizagem de uma profissão.

Espero que a fracasso um dia se possa transformar em capacidade, e a capacidade em sucesso.

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
smaile

excelente artigo,obrigado por compartilhar conhecimento.

sucesso

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá smaile obrigado pelo comentário e bem-vindo à Escola Psicologia.
Fico contente por ter gostado do artigo. É nosso objetivo fornecer sempre artigos que possam ensinar, esclarecer e contribuir para o desenvolvimento dos leitores.

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
Nuno Fernandes

O Fracasso não é uma opção, é apenas uma possibilidade.

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Nuno Fernandes, obrigado pelo comentário.

Julgo entender a razão porque diz que o fracasso é uma possibilidade e não uma opção. Na verdade, em temos absolutos e conceptuais o fracasso é uma possibilidade, mas aquilo que quis transmitir é que é uma possibilidade que muitas pessoas não consideram para si. Desta forma se optarmos por incluir e aceitar na vida o fracasso (como opção, como escolha, como escolha que aceitamos). Não como uma escolha de tarefa ou execução do género: “eu quero falhar”, não é disso que se trata.

Tal como dei a ideia no artigo: “Partindo do principio que você leva em consideração a possibilidade de poder falhar…”. Deste ponto de vista o fracasso é uma opção.

De qualquer forma não quero colocar este assunto em questões de semântica, o que importa é aquilo que suporta esta ideia, e que explico de várias formas e com vários exemplos no artigo.

Na verdade, por vezes atribuir uma palavra significativa pode ser redutor, por isso existe o artigo para um melhor esclarecimento.

Obrigado pelo seu contributo,

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
Jesimiel

Muito bom o artigo, primeira vez que entro no blog e certamente se tornarei um leitor regular, já assinei a newsletter.

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Jesimiel, obrigado pelo comentário

Ficamos contente por apreciar a escola psicologia e acima de tudo que pretenda ser leitor assíduo, volte sempre.

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
Anna

Um bom texto para uma manhã de segunda-feira! Hoje é meu dia de arriscar sem medo do fracasso. Um forte abraço e parabéns!

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Anna, obrigado pelo comentário.

Fico esperançado que a sua atitude de coragem tenha sido bem sucedida.

Força.

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
monica

não tenho medo do fracasso pq tb acredito q seja um meio de aprendizado, mas e quando o medo do fracasso é mais por opinião dos outros, ou seja, tenho medo da humilhação que as pessoas fazem e ja fizeram eu passar e das ideias negativas q jogam encima da gente, como q ja nos conenando de fracassado ou dizendo “não adianta, vc não vai conseguir”.

Avatar for Miguel Lucas
João

Muito esclarecedor seus textos, eu tenho perdido muitos anos de minha vida agarrado ao medo, tive a capacidade de conquistar várias coisas e desisti por medo, acabo sempre recomeçando e quando já está tudo encaminhado bate o medo de errar no futuro e desisto jogando tudo para o alto novamente, enfim acabo sempre nesse ciclo de recomeçar do zero e a memória desses fracassos sempre me atormenta nas próximas tentativas, isso tem atrapalhado muito minha vida profissional, fico muito triste pois se não tivesse deixado esse medo controlar minhas ações já estaria muito bem sucedido em todas ás áreas da minha vida pessoal e profissional. Agora entendo que o fracasso e muito melhor do que desistir por medo e ficar na dúvida do que poderia ter sido,agora tenho que colocar isso em prática. Grande abraço e parabéns pelo lindo trabalho!

Avatar for Miguel Lucas
Luiz Alberto

Sempre fui um grande lutador e sempre vencedor na vida profissional, tudo que imaginava fazer fazia com maestria e sempre fui bem sucedido. Casei, e acabei por deixar a ex. esposa tomar conta dos negócios, do qual foi a minha derrota, não tinha mais interesse em diversos negócios, mesmo sabendo de meu potencial. A separação me trouxe um grande vácuo em minha vida, desânimo, falta de interesse etc. O pouco que li de sua coluna hoje, já me deu aquele animo de lutador do passado, sem medo, sem medo de fracassar, Hoje comecei a fazer muito que deixei para trás, por simples inércia, falta de vontade. Comecei conforme seu conselho, fazendo poucas coisas que havia deixado para trás, inclusive das mudas de flores que havia deixado, das gavetas acumuladas de papeis, etc etc etc, parece que vc falou pra mim, e já obtive resultado, meu dia 14 de outubro de 2014 foi a virada, já resolvi pequenos problemas e já estou com vontade de enfrentar os grandes problemas que me pareciam o fim do mundo. Impressionante como me fez bem. Espero comprar livros sobre o assunto, me indique vários, até de ler livros do qual gostava tanto perdi a vontade. E hoje me deu uma vontade, de virar tudo pro alto, de ser quem sempre fui. Grato amigo, vou indicar seu blog para muitos amigos. Deus o abençoe.

Avatar for Miguel Lucas
Filipa

gostei muito do texto, mas o verbo nao é hesitar? de hesitação?

Avatar for Miguel Lucas
Pri

Olá… Tenho um amigo que tem vários medos, desacredita em si, se sente incapaz e foge de tudo que possa fazê lo sofrer ou a outrem, mas na vida nao tem como viver fugindo assim perdemos a chance de sermos felizes… Ele sabe e identifica deus medos e ate os motivos pelo qual os tem, mas nao consegue ter uma nova atitude… Como amiga como posso ajuda-lo ???

Avatar for Miguel Lucas
Angélica Barbosa

Você é ótimo em tudo que diz !!
Tô aprendendo muito com todos os seus textos.

Avatar for Miguel Lucas
Mario Ballego

De todas as colocações e situações, me encaixo em praticamente todas. As tentativas
de mudança de atitude, são variáveis de acordo com a idade? Tenho 51 anos e quero
muito mudar, principalmente acreditar que sou capaz e que não sou inferior a ninguém.
Muito legal, muito objetivo, claro e de fácil compreensão.
Obrigado!

Avatar for Miguel Lucas
Leonardo Nolasco

Parabéns pela explicação.

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Fonseca

Fico na duvida se sou um preguiçoso ou um medroso. Suponho que sou ambos

Avatar for Miguel Lucas
Bruno

Estou desempregado e nos últimos 2 anos não me dei bem nos empregos por onde passei, tenho medo de falhar no próximo emprego. Aconselhe-me para mudar esta situação.

Avatar for Miguel Lucas
João Carlos

Só queria acrescentar, quando o autor diz "faça coisas desconfortáveis", ou falhe, isso não deve ser usado ao pé da letra. Na verdade, as pessoas não devem fazer aquilo que tem certeza que não gostam, ou rejeitam fazer.

Na verdade você tem é que viver a vida, dentro daquilo que você acha ético, o certo. Você não vai fazer o errado, não é verdade? Faça a coisa certa. Experimente sempre o trará coisas boas para você. Por exemplo, fumar maconha é péssimo para sua mente. Vai experimentar? só para ver qual é? NÃO!

Ande no caminho correto, e ele é estreito e doloroso, não tenha medo da vida, enfrente-a, mais viva realmente e aprenda a cada dia. Mas NÃO EXPERIMENTE COISAS RUINS, NUNCA! Experimentes coisas que LHE FAZEM BEM, SEMPRE!

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá João, obrigado pelo seu comentário.

Certamente fez uma interpretação muito própria do texto. Em algum momento falei de certo e errado. E o que disse é para a pessoa experimentar fazer algumas coisas que são incómodas mas apenas para que possa atingir o que pretende, se não necessariamente experimentar coisas prejudicais para a saúde. No esporte, muitas são as coisa dolorosas que se fazem para melhoram a performance.

Falhar. Como será que você aprendeu a escrever? A fazer contas? Certamente falhando. E se tivesse medo de falhar, não se propunha a realizar, não aprendendo ou melhorando.

Eu não falei em experimentar coisas ruins (isso foram palavras suas), coisas desconfortáveis, não têm necessariamente de serem consideradas ruins.

Abraço,

Avatar for Miguel Lucas
Andreia

O Método Vença o Medo de Dirigir é um material ideal para quem está na auto escola ou já é habilitado mas tem medo de dirigir.  hotmart.net.br/show.html?a=F2140386A

Avatar for Miguel Lucas
samelia jade

Ola….

O tema eh muito interessante, e tenho a acrescentar que o medo nao eh real, eh algo imaginario/ideal, deixe o medo de lado e arrisca, busca as coisas, todos devemos estar consciente de que: eh errando que se apresende……

cumprimentos

Avatar for Miguel Lucas
Luana

Olá,adorei o artigo…e parabéns pela sua linguagem de fácil entendimento e objetividade.
Estou hoje me sentindo fracassada…sou formada em um curso superior,falo inglês,trabalhei 3 anos na área, mas há 8 meses fui despedida,motivo de corte de gastos na empresa,e não consigo emprego…minha opção agora é trabalhar na empresa de telemarketing, nada contra mas não imaginaria que depois de tanto esforço chegaria a esse ponto.Durante esse tempo parada estudei para concursos em geral,mas tbm não passei.Sinto como se de nada valeu ou vale meu esforço,não saio do lugar e não consigo ver algo de bom nisso…fora minha auto-estima que está cada vez pior.

Avatar for Miguel Lucas
João

Olá, adorei o artigo, ele realmente me ajudou muito. Eu sou um cara um pouco ansioso porque me preocupo demais com o futuro e não dou tanto valor ao presente. Vou para o terceiro ano do ensino médio e o mal que eu tenho é o facto de ser perfecionista, penso sempre que tenho obrigatoriamente de me motivar para o próximo ano para não falhar na escola e na vida, mas tenho notado que esses pensamentos influenciaram negativamente a minha vida, pois sinto me obcecado com esses pensamentos e em vez de desfrutar da vida tal como ela é, eu pressiono-me mais e mais para ter motivação na escola e ter notas grandiosas

Avatar for Miguel Lucas
João

Olá, adorei o artigo, ele realmente me ajudou muito. Eu sou um cara um pouco ansioso porque me preocupo demais com o futuro e não dou tanto valor ao presente. Vou para o terceiro ano do ensino médio e o mal que eu tenho é o facto de ser perfecionista, penso sempre que tenho obrigatoriamente de me motivar para o próximo ano para não falhar na escola e na vida, mas tenho notado que esses pensamentos influenciaram negativamente a minha vida, pois sinto me obcecado com esses pensamentos e em vez de desfrutar da vida tal como ela é, eu pressiono-me mais e mais para ter sucesso no trabalho

Avatar for Miguel Lucas
josé felix

Gostei muito do assunto,fiz uma invenção mas tenho medo de apresenta-la as pessoas e essa matéria me ajudou a saber que o medo paralisa, e não podemos ser vencidos por ele.

Avatar for Miguel Lucas
Bernardo

O medo de falhar é incapacitante e leva-nos exactamente para a chamada zona de conforto, isto é, leva-nos a não agir, o que em termos de auto estima é devastador. Quero manifestar-lhe a minha admiração e gratidão pela sua sábia exposição de tema tão controverso. Tudo de bom para si e um Bom Ano de 2017.

Avatar for Miguel Lucas
adilson

Em um momento difícil que estou passando na minha vida, estou tendo muito problema com o medo e com a ansiedade pois estou sentindo um bloqueio que me leva a falha, estou meio perdido e as vezes sem esperança e também tenho momento de desespero pois parece que não irei chegar a luz do fim do túnel, tomei a decisão de procurar ajuda e estou começando a tentar vencer o medo e a ansiedade pois eu sofro com a possibilidade do fracasso e acabo evitando esse momento de estres, se Deus quiser eu irei vencer pois eu tenho vivido muito triste, apenas quando eu evito a luta e que eu tenho um pouco de alegria más logo eu me lembro do problema que existe e bate a tristeza, tento não deixar transparecer mas as vezes é percebido por quem está a minha volta, eu estou em um momento de luta pois não suporto mais essa situação.

Avatar for Miguel Lucas
Pr. Sidnei

Perfeita reflexão, agradeço a Deus por sua vida e inteligencia, trabalho com pessoas oprimidas espiritualmente, e vou colocar em práticas esse ensinamento, alienado aos ensinamentos da Biblia. Deus abençoe.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *