Formação Online em Introdução à Psicologia de Jung
Publicidade 22/09/2016

Formação Online em Introdução à Psicologia de Jung

Miguel Lucas Publicado por Miguel Lucas


O Núcleo Português de Estudos Junguianos, iniciou no dia 13 de Abril de 2014 a segunda edição online da formação em Introdução à Psicologia de Jung. A boa noticia é que você ainda vai a tempo de fazer a sua inscrição. Não perca esta oportunidade. O curso tem a duração de 18 meses, com hora?rio no Brasil (hora fixa): domingos quinzenais das 11:00 as 12:30 (BRT) e hora?rio em Portugal (hora varia?vel conforme hora?rio de vera?o): das 15h as 16:30h. O curso visa promover o estudo dos fundamentos teo?ricos da Psicologia Anali?tica, bem como seus me?todos e procedimentos. Visa tambe?m possibilitar ao aluno um espac?o de reflexa?o e vive?ncia do processo de individuac?a?o, procurando articular o modelo da psique postulado por Jung com actividades que ajudem o aluno a fazer pontes com sua pro?pria dina?mica psi?quica. A formac?a?o destina-se tanto a psico?logos como a interessados de outras a?reas que pretendam ampliar conceitos ba?sicos de psicologia anali?tica e sua aplicabilidade.

Informações

  • Aula aberta dia 22 de Junho, às 15 horas (Portugal) ou às 11 horas (Brasil)
  • Datas e horários: Domingos, quinzenalmente das 15h às 16:30 (PT) e das 11:00 às 12:30 (BR)
  • Valor (PT): inscrição 20 euros, Mensalidade: 55 euros
  • Valor (BR): Inscrição 50 reais, Mensalidade: 200 reais
  • Em Portugal – Para mais Informações e efetuar Inscrições, por favor enviar email para: info@nucleojung.com
  • No Brasil – Para mais Informações e efetuar Inscrições, por favor enviar email para: gisele@vipnine.com.br

 Visite a página do curso em: Curso Online – Introdução à Psicologia de Carl Jung – 2ª Edição

Curso Jungiano

Professores que ministram o curso

Juliana Estevez: Licenciada em Psicologia Clínica, Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP). Membro fundador do Núcleo Português de Estudos Junguianos (NPEJ). É pós graduada em Psicologia Junguiana e tem formação em Psicoterapias Somáticas, nomeadamente TTPC ® (Teorias e Técnicas das Psicoterapias Corporais) e tendo também estudado Biossíntese. Orienta cursos de Introdução à Psicologia de C.G. Jung desde 2004, e colabora na formação TTPC ® no Centro Português de Estudos Reichianos. É co-fundadora da Clinica A Essência e o Ser, onde trabalha como psicoterapeuta de inspiração Junguiana. Estuda com a Sociedade Espanhola de Psicologia Analítica (SEPA).

Pedro Mendes: Licenciado em Psicologia, com um Mestrado em Psicologia, Aconselhamento e Psicoterapias (Universidade Lusofona de Lisboa). Membro efectivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP) e da British Psychological Society. Membro fundador do Núcleo Português de Estudos Junguianos (NPEJ). É pós-graduado em Técnicas Projectivas e tem um Mestrado em Jungian and Post-Jungian Studies (Centre for Psychoanalytical Studies – University of Essex). Professor no “Curso de Introdução à Psicologia de C.G. Jung”. Faz clínica privada em acompanhamento psicológico e Depth Coaching.

Carl G. Jung: Uma Psicologia para Além do Ego

No início do século passado, a Psicologia nasceu como ciência quando se separou da medicina e da filosofia, graças principalmente a Sigmund Freud e à psicanálise. A visão do inconsciente de Jung era muito diferente da de Freud. Este continha não apenas elementos reprimidos da biografia pessoal, mas outros conteúdos, que nunca tinham estado conscientes. Jung percebeu então que haviam camadas de memórias inconscientes que não provinham das vivências pessoais do indivíduo, mas faziam parte daquilo que ele nomeou de inconsciente colectivo, um inconsciente herdado por todos os seres humanos e povoado de arquétipos. Sendo assim, o inconsciente não teria uma conotação negativa, mas, pelo contrário, é tido como uma fonte viva de verdadeiros potenciais psíquicos.

O objectivo da psicoterapia é então possibilitar um processo de integração entre o Consciente e o Inconsciente, seguindo as pistas de uma estrutura inteligente interna que ele chamou de SELF (O Si-Mesmo), que nos fala ao “Ego” de diversas formas, como por exemplo através dos sonhos.

A psicologia de Jung considera claramente que o homem possui uma dimensão espiritual, e que é o desligamento desta espiritualidade que cria sofrimento psicológico ou neurose. O retorno à saúde psicológica passa, portanto, obrigatoriamente por essa re-conexão com a espiritualidade interior, que está centrada no SELF, onde reside toda a nossa vontade.


Estar em processo de individuação, significa que estamos nos tornando mais em nós mesmos, mais livres de condicionamentos externos (sociais, culturais) e internos (padrões aprendidos na infância, medos inconscientes). Tornamo-nos mais coesos, mais integrados, mais autênticos, mais intuitivos. Realizamos o potencial presente na semente que o SELF guardava. Tornamo-nos então, na versão mais completa, mais verdadeira e mais sublime de nós próprios.

Faça já a sua inscrição

Em Portugal: info@nucleojung.com

No Brasil: gisele@vipnine.com.br

artigopatrocinadoep

Obrigado ao Núcleo Português de Estudos Junguianos pelo interesse em anunciar na Escola Psicologia para uma audiência superior a 400 mil leitores por mês. Votos de grande sucesso para os seus projetos! Este foi um artigo patrocinado. Se tem um blog, um site, um produto ou um serviço que considera ter qualidade, veja as nossas condições de publicidade e adquira um artigo patrocinado também.

Abraço,

Miguel Lucas

Novo usuário?
Comece aqui
Obtenha Grátis o Programa “Diga Não À Depressão”
Obtenha Grátis o Programa “Diga Não À Depressão”

Receba os vídeos gratuitamente no seu email e aprenda como superar a depressão.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *