Distorções do Pensamento: Saiba porque causam problemas e como as mudar
Terapias Psicológicas 22/09/2016

Distorções do Pensamento: Saiba porque causam problemas e como as mudar

Miguel Lucas Publicado por Miguel Lucas

O que são distorções cognitivas (distorção do pensamento) e porque nos atrapalham tanto? As distorções cognitivas são simplesmente maneiras que a nossa mente arranja, convencendo-nos de algo que não é realmente verdade. Estes pensamentos imprecisos são normalmente utilizados para reforçar o pensamento e/ou emoções negativas, dizendo-nos coisas (nosso diálogo interno) que parecem racionais e precisas, mas na verdade só servem para fazer-nos sentir mal acerca de nós mesmos.

Por exemplo, uma pessoa pode dizer a si mesmo: “Eu falho sempre que tento fazer algo novo, eu, por conseguinte, fracasso em tudo que tento”. Este é um exemplo do pensamento absolutista do tipo: “preto ou branco”(ou polarizado). A pessoa só vê as coisas em termos absolutos.  A pessoa acha que, se falhar numa determinada coisa, faz com que no futuro fracasse em todas as coisas. O que pode levar à construção da crença: “Devo ser um perdedor e um fracassado”, o que também seria um exemplo de generalização. A pessoa falha numa tarefa específica e generaliza para a sua própria identidade.

Explicação: Existe como que uma fusão entre o resultado de algo (fracasso/erro) e a própria identidade da pessoa. A pessoa personaliza a sua falha, passando a ver-se a si mesmo como um falhado. Isto é um exemplo de uma distorção de pensamento.

As distorções cognitivas são um dos problemas psicológicos que muitos psicólogos que usam a Terapia Cognitivo-Comportamental (incluindo eu próprio),  tentam ajudar a mudar na psicoterapia.  Ao aprender a identificar corretamente esse tipo de “pensamento desajustado “, a pessoa pode agir de forma construtiva sobre o pensamento negativo e, refutá-lo. Ao refutar o pensamento negativo uma e outra vez, aos poucos este perderá a sua força e será automaticamente substituído por um pensamento mais racional e equilibrado.

DISTORÇÕES COGNITIVAS

Aaron Beck, foi o psicólogo que popularizou as distorções cognitivas. Passo a apresentá-las:

Filtragem. Focamo-nos nos detalhes negativos e aumentamo-los enquanto filtramos todos os aspectos positivos de uma situação. Por exemplo, uma pessoa pode escolher um detalhe único, desagradável, focando-se exclusivamente nele. sendo que a sua visão da realidade torna-se distorcida.

Pensamento polarizado. As coisas são “preto ou branco”. Temos que ser perfeitos ou seremos uns falhados, não há meio termo. Você coloca as pessoas ou situações em categorias (ou desta ou daquela), sem tons de cinza. Se o desempenho fica um pouco aquém do ideal, você vê-se como um fracassado total.

Generalização. Chegamos a uma conclusão geral baseada num único incidente ou elemento de prova. Se algo de ruim acontece uma vez, esperamos que aconteça mais vezes. Uma pessoa pode ver um único evento desagradável como um padrão de derrota sem fim.

Tirar conclusões precipitadas. Sem que as pessoas nos informem, nós julgamos saber o que elas estão sentindo e porque agem de determinada forma e quais as razões que suportam isso. Mais especificamente, somos capazes de determinar como as pessoas estão se sentindo em relação a nós. Por exemplo, uma pessoa pode antecipar que as coisas vão sair mal, convencendo-se de que a sua previsão já é um fato estabelecido.

Catastrofização. Esperamos que a catástrofe aconteça, independentemente da razão. Isto também é conhecido como “ampliação ou minimização.” Ouvimos falar de um problema e usamos a questão do tipo: “E se…” (ex.: “E se a tragédia acontecer?”E se isso acontece comigo? “). Por exemplo, uma pessoa pode exagerar a importância de eventos insignificantes (como o seu erro, ou o desempenho de alguém). Ou podem negligenciar/reduzir de forma inadequada a magnitude dos eventos significativos, até que pareçam muito pequenos (por exemplo, as qualidades desejadas de uma pessoa ou as imperfeições de alguém).

Personalização. Pensamos que tudo o que as pessoas fazem ou dizem está relacionado a nós. A pessoa usa demasiado a comparação com os outros, tentando determinar quem é mais inteligente, mais bonito, etc.  Uma pessoa vê-se como a causa de alguns eventos externos indesejáveis dos quais não é responsável. Por exemplo, “Nós chegámos atrasados ??para o jantar o que fez com que o anfitrião coze-se demasiado a refeição. Se eu tivesse apressado o meu marido, tínhamos saído a tempo, e isto não teria acontecido”.

Falácias de controlo. Se nos sentimos controlados externamente, nós vemo-nos como uma vítima impotente do destino. Por exemplo, “eu não posso fazer nada se a qualidade do trabalho é pobre, meu chefe pediu que eu fizesse  trabalho extraordinário.” A falácia do controle interno faz-nos assumir a responsabilidade do mal-estar ou da felicidade de todos ao nosso redor. Por exemplo, “Porque é que você não está feliz? É por causa de algo que eu fiz? “

Falácia da justiça. Nós sentimo-nos ressentidos porque achamos que sabemos o que é a justiça ou o que é justo, mas as outras pessoas normalmente não concordam connosco. Como nossos pais nos dizem: “A vida é sempre justo”, e as pessoas que passam a vida a aplicação de uma régua de medição contra a julgar cada situação a sua “justiça”, muitas vezes, se sente mal e negativo por causa disso.

Culpa. Por vezes atribuímos às outras pessoas a responsabilidade da nossa  dor, ou então dirigimos a culpa dos problemas para nós mesmos. Por exemplo, dizemos coisas do tipo: “Pare de fazer-me sentir mal comigo mesmo!” Ninguém pode “fazer-nos” sentir de uma determinada forma. Isso é uma ilusão criada por nós mesmos, que funciona como proteção. Apenas nós mesmos temos controlo (ou não) sobre as nossas emoções e reações emocionais.

Os “deverias”. Muitos de nós temos uma lista de regras rígidas sobre os outros e acerca da forma como devemos comportar-nos. As pessoas que quebrarem essas regras fazem zangar-nos, e também sentimo-nos culpados quando nós violamos essas regras. Por vezes podemos acreditar que estamos tentando motivar-nos com os “deves”  e “não deves”, como se tivéssemos de ser punidos antes de podermos fazer qualquer coisa. Por exemplo, “Eu realmente devia fazer atividade física. Eu não deveria ser tão preguiçoso.” Obrigações e deveres também podem ser considerados ofensivos. A consequência emocional é o sentimento de culpa. Quando um de nós dirigimos afirmações de dever em relação aos outros, muitas vezes sentem raiva, frustração e ressentimento, e o mesmo pode acontecer quando dirigimos esse tipo de afirmações a nós mesmos.

O raciocínio emocional. Acreditamos que aquilo que sentimos deve ser automaticamente verdade . Se nos sentirmos estúpidos e aborrecidos, então temos de ser estúpidos e enfadonhos. Você assume que as suas emoções não saudáveis ??refletem coisas que realmente são: “Eu sinto isto, por isso deve ser verdade.”

Falácia da mudança. Esperamos que as outras pessoas mudem para se adequarem a nós se fizermos pressão ou as convencermos o suficiente. Precisamos de mudar as pessoas, porque as nossas esperanças de felicidade parecem depender inteiramente delas.

Etiquetagem generalizada. Generalizamos uma ou duas qualidades num julgamento negativo global. Estas são formas extremas de generalizar, e também são referidos como “rotulagem”. Ao invés de descrever um erro no contexto de uma situação específica, uma pessoa irá anexar um rótulo prejudicial para si mesmo. Por exemplo, podemos dizer: “Eu sou um perdedor”  numa situação em que falhei numa tarefa específica. Ou, quando o comportamento de outra pessoa não foi o mais correto, podemos anexar um rótulo desfavorável acerca dessa pessoa, como “Ele é um idiota.” A rotulagem envolve a descrição de um evento com uma linguagem que é muito colorido e emocionalmente carregada. Por exemplo, em vez de alguém dizer que deixa as crianças na creche todos os dias, uma pessoa gosta de rotular, diria que “ela abandona os seus filhos a estranhos.”

Estar sempre certo. Estamos constantemente a tentar provar que as nossas opiniões e ações são corretas. Estar errado é impensável e faremos o que for necessário para demonstrar que estamos certos. Por exemplo, “Eu não me importo o quão mal te sentes quando discutes comigo, eu vou ganhar este argumento não importando o quê, porque eu estou certo.” Estar certo (para a pessoa que usa esta distorção cognitiva), muitas vezes é mais importante que os sentimentos dos outros, mesmo com os seus ente queridos.

COMO MUDAR AS DISTORÇÕES COGNITIVAS?

As distorções cognitivas têm uma maneira muito subtil e própria de interferir com as nossas vidas. Esse tipo de pensamentos desadequados e maléficos podem ser mudados e grande parte eliminados, mas é preciso esforço e muita prática todos os dias.

Se você quer parar o com este tipo de pensamento irracional e disfuncional,  apresento uma proposta com alguns exercícios que pode praticar:

Identificar as distorções cognitivas. Crie uma lista dos seus pensamentos incómodos e examine-os mais tarde à luz da lista de distorções cognitivas apresentadas anteriormente. Um exame das suas distorções cognitivas irá permitir-lhe ver as suas distorções mais utilizadas. Além disso, este processo vai permitir-lhe pensar sobre o seu problema ou situação de forma mais natural e realista.

Examinar as provas. Uma análise aprofundada de uma experiência que tenha vivido recentemente poderá  permitir-lhe identificar a base dos seus pensamentos distorcidos. Se for muito auto-crítico, então, deverá identificar uma série de experiências e situações em que foi bem sucedido.

Método do duplo padrão. Uma alternativa à auto-verbalização (método utilizado para guiarmos o nosso pensamento), é falar para si mesmo, de forma compassiva e solidária tal como iria conversar com um amigo numa situação semelhante à que enfrenta.

Pensar em tons de cinza e/ou com cor. Deixe de pensar sobre o seu problema ou situação difícil de forma polarizada (preto ou branco) ou seja, deve avaliar as coisas numa escala de 0-100. Quando um plano ou uma meta não é plenamente alcançado, deve pensar e avaliar a experiência como um sucesso parcial. Deve tentar  quantificar num valor (numa escala de 0-100). E não necessariamente certo/errado, ou Sucesso/insucesso, ou bem/mal.

Método de Pesquisa. Procure saber a opinião dos outros sobre se os seus pensamentos e atitudes são realistas. Se acredita que a sua ansiedade sobre um acontecimento é injustificada, verifique com alguns amigos ou familiares de confiança se esse sentimento é justificável e como eles lidariam com ele.

Definições. O que significa  definir-se a si mesmo como “inferior”, “um perdedor”, “tolo” ou “anormal “. A   análise mais cuidada destes e de outros rótulos globais provavelmente irá revelar que eles representam comportamentos específicos, ou um comportamento padrão identificável, ao invés de você mesmo na sua totalidade. Por outras palavras, esses rótulos têm certamente muito mais a ver com comportamentos e pensamentos inadequados que tem e que segue do que propriamente a ver consigo enquanto pessoa.

Re-atribuição. Muitas vezes, nós responsabilizamo-nos automaticamente pelos problemas e dificuldades que experimentamos. Você deve  identificar os fatores externos e outros indivíduos que contribuíram para o problema. Independentemente do grau de responsabilidade que assumimos, a nossa energia é mais utilizada na busca de resoluções para os problemas ou na identificação maneiras de lidar com as situações difíceis.

Análise Custo-Benefício. É útil listar as vantagens e desvantagens dos sentimentos, pensamentos e comportamentos. Uma análise de custo-benefício ajudará a determinar o que você pode ganhar pelo facto de estar a sentir-se mal, com pensamentos distorcidos, e comportamentos não desejados ou inadequados.

Abraço

Novo usuário?
Comece aqui
Receba Grátis os Vídeos “Fórmula da Positividade”
Receba Grátis os Vídeos “Fórmula da Positividade”

Dê a si mesmo a oportunidade de florescer e ser bem sucedido!

Comentários
Avatar for Miguel Lucas
Fida

Amigo, para ter mais credibilidade seria interessante usar um bom português, ter atenção na concordancia pelo menos.

Avatar for Miguel Lucas
Margareth

Sinceramente, para colocar qualquer crítica no trabalho espetacular que o Miguel Lucas faz, só pode vir de uma mente doentia……quantas línguas você fala, ninguém é obrigado a falar outro idioma, duvido que você pelo menos fale o nosso português, tinha que ser um brasileiro para ter um comentário tão deprimente, porque não aproveita e tenha uma consulta online, já está sendo feito esse trabalho, aproveite, você está realmente com algum problema e deve ser sério. Sinto muito por você!!!!

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Margareth, obrigado pelo comentário.

Fico muito agradecido pelo apoio e suporte.

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
Andreza

Olá Miguel, gostaria de te parabenizar pelo seu blog…Sou psicóloga e especializada em terapia cognitivo-comportamental e, com certeza, este blog vai-me ser de muita utilidade…Só queria deixar aqui minha tristeza pelo comentário de Fida em relação aos brasileiros, pois sou brasileira com muito orgulho! Abraço pra todos os nossos irmãos portugueses!

Avatar for Miguel Lucas
Andreza

Só queria fazer uma ressalva…O comentário foi na verdade da Margareth em resposta ao comentário sem razão da Fida.

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Andreza, obrigado pelo comentário.

É como enorme gosto que leio as suas palavras. É muito enriquecedor que colegas reconheçam o trabalho da Escola Psicologia.

Os comentário “tristes” não têm nacionalidade. Fico lisonjeado com todas as pessoas que visitam o Blog e sentem-se livres para comentar, independentemente da sua origem.

Grande abraço para todos aqueles que se expressam em português.

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
Alecia

Gente, não querendo defender ninguém, mas acho que vocês compreenderam mal o comentário da Fida. Ela não quis fazer comparação alguma com Portugueses e Brasileiros. Ela simplesmente disse que alguns erros de concordâncias prejudicam o entendimento do texto. Tive dificuldades em entender algumas partes e precisei reler mais de uma vez. Mas isso não interfere de modo algum no trabalho do Miguel. Acho ótimo você disponibilizar um blog para as pessoas se auto avaliarem. Está de parabéns.

Abraço!

Avatar for Miguel Lucas
Ricardo Fernandes

Concordo com os comentarios positivos a este esclarecimento feito pelo Dr. Eu vivi issi na primeira pessoa e sinto todas as letras deste esclarecimento. mas temos que ter em atenção e digo isto com optimismo que por vezes sem o uso de medicação em alguns casos, como o meu, é muito dificil, eu passei por uma fase em que Deus me abandonou e sentimos quando Deus nos abandona quando as palavras são estupidas sem conteudo ou qualquer significado, não estou a dizer mal deste esclarecimento estou a dizer que a auto-ajuda funciona quando ja estamos quase bem.

Avatar for Miguel Lucas
Anna

" tinha que ser um brasileiro para ter um comentário tão deprimente" Não importa de onde você seja, você tem problemas para ser uma pessoa tão generalista e preconceituosa assim.

Avatar for Miguel Lucas
Ricardo

Sra. Fida, que vergonha esse seu comentário…
Você deve ser uma pessoa triste. Portanto, leia mais os artigos deste porta,l e abra sua mente.
Seja feliz!!

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Fida, obrigado pelo comentário.

Agradeço a sua preocupação com a credibilidade da Escola Psicologia. No entanto, o nosso principal objetivo é disponibilizar informação que possa ser útil, construtiva e de ajuda aos leitores. Os preciosismos podem ser melhorados não sendo a principal razão deste blog.

Informo-lhe que “concordancia” em Português escreve-se: concordância.

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
Maria Dias

Boa noite Miguel,

Adorei ler o que escreveu, visto identificar-me com tudo o que li. Muito bom "artigo", claro e "straight to the point".

Vou começar consultas de psicologia em Janeiro, precisamente por ter essas dificuldades, no entanto, e como é pelo SNS estou à espera há mais de 10 meses.

Tenho muita dificuldade nos cinzas bem como no saber distinguir uma situação, de mim própria.
Estou constantemente a pensar e por norma é negativo.
Penso sempre que se alguém está mal, é por minha culpa.

Sinto que quando entro numa sala estão todos a falar de mim (como se não tivessem mais nada que fazer!), e acredito nisso na altura. Entro num egocentrismo negativo, e depois reajo consoante aquilo que penso ser a verdade na altura.

Vou dar um exemplo concreto:

Estou a tirar um curso de momento e como tenho esta dificuldade hoje achei que uma colega me estava a imitar e a gozar nas minhas costas. Bloqueei logo e não consegui prestar atenção nas aulas o resto do dia.
Fui ter com a pessoa e expus a situação, ao qual me respondeu que não tinha feito nada.

Parece que tenho dificuldade em distinguir intuição com negatividade ou mesmo alguma paranoia.

Não acreditei na pessoa, obviamente, mas mesmo assim entreguei-me de "bandeja". Ao expor a minha vulnerabilidade dei azo a que de facto pudesse gozar e imitar.

Uma mulher de 45 anos não resolvida não é nada atraente!

Se tiver disponibilidade por favor aconselhe-me como fazer uma melhor gestão destas emoções que são limitantes.

Muito obrigada mais uma vez pelo que escreveu

Cumprimentos
Maria

Vou dar um exemplo concreto

Avatar for Miguel Lucas
isabelllinha

Postei no meu blog, com os devidos créditos, espero que não se importe,mto interessante o post e vai ajudar mta gente. Obrigada!!

Avatar for Miguel Lucas
maria erotildes

Olha eu aqui traveiz Miguel!
Desta vez, diferentemente das opiniões sobre depressão, para elogiar o teu texto. Muito bom mesmo.
Me identifiquei em alguns tópicos. As sugestões para superação são ótimas. Talvez dificeis e tarde demais para mim, devido o estado em que me encontro, mas muito convincentes mesmo. Começo a avaliar e ver com bons olhos este tipo de terapia (cognitiva) Pena que não percebi nem tomei conhecimento disto antes.
Parabéns.
Abraço

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Maria, obrigado pelo comentário.

Fico contente que tenha conseguido ver uma mais-valia na terapia cognitivo-comportamental. Existe sempre esperança quando existem abordagens que se têm comprovado eficazes. É sempre de tentar 🙂

Força

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
carlos

Eu, volorizo muito mais o conteúdo que a forma. Descobri hoje este site. Estou a absorver informação que avalio como credível. Nos tempos que correm isso é para mim o muito importante.
Quero ir fazer uma caminhada, mas ainda não consegui parar de explorar a excelente informação sobre um tema que toca a todos…já passaram 3 horas. Vou gravar nos meus sites preferidos.
Obrigado

Avatar for Miguel Lucas
Cléu

gostei muito de ler este artigo, me ajudou a definir alguns problemas que estou passando. Gostaria de falar mais com voce Miguel Lucas pelo meu Skype ou E-mail cleuperez@hotmail.com

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Cléu, obrigado pelo comentário.

Fico contente pela utilidade dos nossos artigos.

Sinta-se à vontade para me contactar.

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
isabelllinha

Sou leitora de mtos blogs, e de mtos livros, me considero razoável no português e nada vi em nenhum post que ….se considere erros.
Erros de digitação e troca de letra…comum…a concordância está de acordo…nada a reclamar a não ser pela excelente qualidade do blog e dos posts.

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olás Isabellinha, obrigado pelo comentário.

Agradeço a sua força e avaliação.

Por vezes no furor da escrita e do tempo limitado, acredito que o Português podesse ser mais cuidado. No entanto, em primeiro lugar está a atenção com a a transmissão da informação de forma estruturada e perceptível. Assim continuarei a fazer.

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
João

Fantástico.Muito bom o artigo.
Como sou leigo, fiquei com algumas dúvidas:
Você apresentou esses distúrbios de uma forma generalizada? Um portador de TOC, por exemplo, pode apresentar alguns desses sintomas de forma específica? A maioria das “doenças” da mente estaria relacionada com essas distorções?

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá João, obrigado pelo comentário.

Sim apresentei as distorções do pensamento de forma generalizada, sendo que algumas delas expressam-se em alguns transtornos psicológicos.

Sim pode apresentar algumas destas distorções de forma específicas e outras.

Os transtornos psicológicos não têm necessariamente ter a sua causa nas distorções do pensamento. Na grande maioria elas são uma consequência desses mesmos transtornos, sendo que numa fase subsequente, enraizam-se e exacerbam o próprio problema psicológico ou transtorno.

Fique atento, em breve publicarei um artigo sobre TOC

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
João

Obrigado pela resposta! Aguardo ansioso o artigo sobre TOC.

Avatar for Miguel Lucas
Edson Matias

Uma pessoa que escreve como o autor nao é portugues, japones ou brasileiro: é um ser humano do mundo. Isso é muito bom.
Margareth, o comentário da Fida realmente foi distoante com este trabalho, porém a sua frase: “so poderia ser um brasileiro” também distoa do que o Miguel se propoe a passar para nos seres humanos.

Avatar for Miguel Lucas
iliade

Concordo. “Ser brasileiro” agora é pejorativo?
Drº Miguel: Admiro muito aos que possuem conhecimentos sobre a mente. O pensamento é realmente algo fantástico. E a consciencia desse processo (a autoconsciencia) é algo que a semântica não consegue expor, não há palavras para descreve-la, conforme cita o Drº Augusto José Cury (inteligencia Multifocal)e outros (o Srº mesmo inclusive). Seu site é muito sério. Já tem minha credibilidade.
Em tempo: não reparem os meus erros de porgutuês , os de diggitaaç~ao, ou alguma impertinência de minha parte (risos). Acontece. (risos), aliás é (?!) “coisa de brasileiro”, e cá entre nós, eu sou.
Hasta.
Obrigado.

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá iliade, obrigado pelo comentário.

Como é óbvio ser Brasileiro, não é pejorativo, como não ser-se de outro pais qualquer. Pelo menos neste blog todos são bem vindos e recebidos da mesma forma.

Tudo de bom e volte sempre.

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Edson, obrigado pelo comentário

Tenho de dizer que captou na integra o conceito e espírito da Escola Psicologia. Escrevemos para pessoas. E isso para nós é o mais importante. Fazer chegar conhecimento, para que possa ser útil e utilizado por aqueles que precisam.

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
Alexandre Pinto

Melhor que o artigo foi o exemplo de distorção cognitiva contida no primeiro comentário.

Avatar for Miguel Lucas
Mercedes

Amei, entendi perfeitamente. Sofro muito, é exatamente como você colocou. Obrigada e parabéns, felicidades sempre Miguel Lucas. Abraço

Avatar for Miguel Lucas
Joice Santos

Olá, eu gosto muito dessa area, tenho apenas 16 anos, mas, quero muito me formar em psicologia. Procuro ao máximo entender o que eu posso e o que eu não posso, para que eu possa ter facilidade nesse assunto. Leio livros, argumentos, revistas, e quero saber, mais ou menos o que me recomenda pra ler, pra fazer eu me interessar mais ainda pela área. Não sei se começando assim é certo, mas, eu gosto de conversar com amigas e adultos sobre relacionamentos familiares, namoros , entender o que se passa com cada um, estou certa ? Preciso de recomendações profissionais.
Obrigada ! e, seus textos são ótimos me abriu muito a cabeça para entender mais.

Avatar for Miguel Lucas
Dorgival Menezes

Miguel a sua postura foi execelente diante da deselegância e desprezível comentário da pessoa que se intitula como “Fida” mais que na verdade não passa de uma “mal-Fu-Fida”. Parabéns mais um vez pelo magnifíco artigo.

Avatar for Miguel Lucas
josé reis

bom dia. gostei muito desse dessas artigos de psicologia , minha esposa tem esses problemas não consegue fazer amizades não consegue ficar em trabalho nenhum ela tem baixo auto estina e não tem auto confiança e isto acabe que paasando pra mim já estou ficando quase igual a ela alguem pode me ajudar ?

desde já agradeço a vocês do fundo do coração .

Obrigado

Avatar for Miguel Lucas
leandro

Valew Miguel, encontrei um amigo em suas palavras estava num estado deprimente com pensamentos distorcidos que geram todo tipo de problemas psicologicos, agora estou conseguindo dominar minhas emoções com novos pensamentos, ainda não estou 100% mais agora sei que posso chegar lá, sei que não estou sozinho muito obrigado.

Avatar for Miguel Lucas
Sarah

Realmente, esse blog está maravilhoso! Não tenho certeza ainda se eu tenho distorção cognitiva, mas posso dizer que muitos dos meus pensamentos são as definições de que você explicou. Ao ler isso, eu pude me sentir mais aliviada, assim dizer. Ainda sou nova, logo posso dizer que tenho pouquíssimo de experiência de vida. Talvez o que eu esteja pensando, seja apenas uma ideia precipitada minha. Sempre tive uma curiosidade pela mente humana e nesses dias, ela só vem aumentando, ainda mais ao ler um blog como esse. Às vezes imagino se eu tenho algumas dificuldades em fazer amizades por esse possível fator, ou simplesmente é babaquice minha.
Mas quando estava lendo esse maravilhoso blog, não consigo expressar o tamanho alívio em encontrar definições tão exatas ao que penso.
Antes de mais nada, muito obrigada!

Avatar for Miguel Lucas
MARINA MORENA

DR…MIGUEL. Aprecio, agradeço e aproveito muito de seu Blog, pois traz-nos excelentes informações e diretrizes. Quanto ao deselegante comentário da FRIDA, apenas fica a certeza de há pessoas que pre-
ferem ver os erros dos outros ao invés dos acertos e, quase sempre tais comentários partem de pessoas
que não conseguem fazer nada de útil para seus semelhantes. Que bom você saber lidar com a crítica
e o elogio sem perder o prumo. Abraços fraternos.

Avatar for Miguel Lucas
renato

Tá aí um ótimo momento por em prática aquilo que aprendemos. Vamos valorizar as críticas que sejam construtivas e desprezar as negativas.
Obrigado ao Dr Miguel Lucas. Seu trabalho é fantástico.

Avatar for Miguel Lucas
LISE

SIMPLESMENTE MARAVILHOSO, CONTEUDO SIMPLES DE FACIL ENTENDIMENTO, PARABÉNS AO MIGUEL LUCAS.

Avatar for Miguel Lucas
GERALDO MEDEIROS

Gostei muito, acredito que me ajudará a vencer várias dificuldades
Obrigado

Avatar for Miguel Lucas
Ygor

Muito boa essa materia…e de grande ajuda para as pessoas. Eu recomendo, e que Deus continue te abençoando Miguel Lucas.

Avatar for Miguel Lucas
J. Eufrásia

Olá, boa tarde!
Eu tenho uma problema serio e que graças à Deus estou enxergando.
Além desses fatores que estão sendo atribuídos no seu artigo eu tenho outro fator prejudicial.
Eu já observei isso em mim e nas pessoas que moram comigo tipo minha mãe, meu padastro (tem atestado de esquizofrênico), sempre falamos algo que não condiz com o contexto e acabamos brigando.Eu quando posto algo no face ou digo coisas para pessoas eu não reformulo bem o que digo ou eu falo realmente coisas que não foi o que eles pretendiam dizer e acaba saindo mau (ás vezes até como louca). Estou sofrendo muito com isso. O que devo fazer?Me ajuda, por favor.

Desde já muito grata.

Avatar for Miguel Lucas
Naurelúcia

Bom dia! Miguel Lucas

Achei super interessante esse artigo, algumas informações nele contidas foram de suma importância para que eu compreendesse o que é distorções cognitivas ( distorções de pensamentos). Eu por exemplo, apresento comportamentos relacionados a esse problema, porém desconhecia a nomenclatura. Com essas informações fica mais fácil lidar com o problema.

parabéns pelo artigo

Naurelúcia

Avatar for Miguel Lucas
Juliana

Adorei o seu blog Miguel Lucas. Parabéns! estou lendo e está me ajudando muito, obrigada.

Avatar for Miguel Lucas
Edinaldo

Muito bom Lucas. Ha uns 05 anos fui diagnosticado por um especialista, de que eu tinha depressao, baixa-auto-estima e ansiedade. Neste tempo tentei alguns tratamentos, como psicoterapia, por mais de tres vezes, mas sempre quando o profissional me pedia/obrigava que eu saisse com os amigos para me divertir, eu parava e nao voltava mais. Aceitei usar um anti-depressivo, mas odiei, parei de usar depois de uma semana. Dai que estou hoje, lendo este artigo, inicialmente estava lendo o "6 estrategias para superar a ansiedade social", e vejo que todas estas distorçoes do pensamento nos afeta muito na vida de diaria. As vezes me pergunto se nao sou louco, por evitar ter amigos, ja faz um tempo que deixei de ter contato com os que tinha, e agora nem penso em fazer novos, apenas penso em mudar de vida, estudar para concurso e terminar a faculdade, mas nao consigo ir bem nisto tambem. Fico protelando a vida para o futuro. Tudo porque me vejo como um fracassado em cada tentativa mal sucedida, em cada critica a minha aparencia (nao sou bonito, e tenho prognatismo), a um trabalho mal feito, a um comentario mal colocado, etc. Acho que a categoria dos tons de cinza se enquadra bem a minha situaçao. Vou tentar observar mais meus pensamentos a partir de agora. Obrigado.
– quanto ao comentario da Margareth, ela foi muito infeliz, tipico de distorçoes de generalizaçao.

Avatar for Miguel Lucas
Edinaldo

– ou melhor, nada ter a ver com generalizaçao, mas sim com distorçao polarizada.

Avatar for Miguel Lucas
Eduardo

Prezado,

Tenho um histórico psiquiátrico longo. Fui mal diagnosticado duas vezes. A primeira fui diagnosticado com transtorno de conduta e bipolar. Comecei a tomar antipsicóticos e antidepressivos. Mudei de psiquiatra e o mesmo falou que eu tinha TDAH e me administrou ritalina e antidepressivos dos 12 aos 18. Fiquei um ano sem tomar remédios e comecei a apresentar quadros depressivos graves. Mudei novamente de psiquiatra e o mesmo fez um diagnóstico certeiro de depressão maior, que estava mascarada pela ritalina. Eu estava realmente muito deprimido.. completamente largado, sem esperança nenhuma na vida. Ele conseguiu me tirar do fundo do poço com uma combinação certeira de três antidepressivos: pristiq, lexapro e welbutrin. Minha qualidade de vida melhorou 100%.

Perdi 30 quilos de pura gordura, fazendo exercícios intensos com um personal trainer. Mudei meus hábitos ruins, comecei a regularizar o sono e mudei drásticamente a alimentação. Voltei para a faculdade de medicina e comecei a trabalhar novamente Além disso minha saúde mental melhorou muito também, apesar de estar bem longe de estar bem mentalmente. Mas hoje sou um homem saudável e com uma nova vida, apesar de tudo.

Eu realmente acredito que a depressão não seja meu diagnóstico principal. Acredito que seja secundária a algum transtorno de personalidade ou algo do tipo. Ao longo da jornada a gente vai começando a aprender a conviver com os pensamentos e a ter um insight melhor das coisas, mas eu ainda sofro com algumas coisas, principalmente distorções, pequenos delírios de referência, tentar buscar lógica em tudo, generalização, pensamentos de ruína… Alguns aspectos eu consegui melhorar muito ao longo dos anos. Acredito que não haja mais o transtorno em si, mas somente traços bem fortes.

Por exemplo: hoje eu estava indo para o trabalho e havia uma mulher bem bonita entrando numa residência. Ao passar por ela eu ouvi algum barulho ou voz, realmente não sei o que foi, que me lembrou uma pessoa dizendo "que horror". Imediatamente eu já comecei a acreditar que ela estava dizendo isso de mim, e já comecei a pensar em besteira, que ela me achou feio, horroroso… etc. E eu sei que isso não é verdade, porque várias mulheres já me disseram que eu sou um homem bonito e atraente… e foram mulheres bonitas que me disseram isso.

Realmente acredito que esse é um pensamento que realmente não faz sentido e é distorcido.. assim como os vários outros que eu apresento quando estou em amigos ou pessoas desconhecidas. É só uma pessoa olhar diferente que eu já penso que é de mim, que a pessoa tá me reprovando, me rejeitando, achando que eu sou uma pessoa inadequada e pavorosa.

Só pode ser coisa da minha cabeça. E eu sofro muito ainda com esse tipo de coisa.. um sofrimento mental mesmo. E esse tipo de pensamento me impacta tanto que quando eu me convenço desse tipo de coisa eu sinto aquele sentimento no fundo do peito, sabe?? Um arranhão… típico sentimento de uma pessoa que fica magoada… daí já começo a ficar ansioso, e aí já viu… é uma bola de neve.

Gostei muito do seu texto e gostaria de saber sua opnião a respeito desse exemplo que eu dei agora. Eu ficaria muito agradecido.

Att.

Avatar for Miguel Lucas
Edinaldo

Prezado Eduardo,

Li seu relato no meu e-mail, pois aceitei receber os novos comentarios deste texto. Me senti na obrigaçao de comentar. Sou o mesmo Edinaldo acima, e se nao tiver lido o que escrevi, eu disse que tenho prognatismo e que nao sou bonito. O que relatou, quanto a mulher que voce viu entrando em uma residencia, e achou que a mesma tinha falado mal de voce, acontece sempre comigo. No seu caso pode ser apenas criaçao da sua cabeça, um pensamento negativo condicionado da propria aparencia. Comigo, algumas vezes e real, pois ja tive confirmaçao de amigos com quem estava junto, de que a pessoa tinha mesmo me criticado. Logico, que no caso que contou e dificil alguem virar para a pessoa e falar, que horror, e ate um tanto desumano. Entendo que na epoca, ainda na adolescencia, eu contribuia para criticas, pois usava o cabelo comprido, e ficava uma coisa esquisita, pois eu sou muito magro, e so aquilo chamava a atençao. Mas da mesma forma que recebia criticas, tambem consegui o oposto, uma vez atrai uma garota bonita, bonita mesmo, de meus amigos terem vontade de conquistar, eu era o mais feio do grupo, e nao conseguirem, e depois ela me dizer que se atraiu por mim primeiramente porque gostou do meu cabelo comprido. Vai entender as mulheres. Enfim, relato isto, porque vejo que isso e um assunto pouco abordado, tanto que nunca achei um texto que aborde o assunto na internet de forma mais aprofundada. Das vezes que obtive informaçoes sobre o tema, foram com psicologos, e os meios que me deram para fazer cessar esse tipo de pensamentos, seria necessario o aumento da auto-estima. Isso e obvio. No seu caso, parabens, ja que voce nao e um cara feio, no meu caso eu nao tenho escolha, tenho de aprender a conviver com as criticas, e trabalhar minha auto-estima para nao ficar ressentindo-me com com acontecimentos irreais as vezes, porque e exatamente o que falou que acontece, no momento surge uma sensaçao de angustia que acaba gerando ansiedade, e isso e uma sensaçao muito ruim, principalmente se for todos os dias, como acontece comigo, na rua, quando passa qualquer pessoa que olha para mim, na aula quando a professora bonitona esta dando assunto, e em algum momento ela me olha de um jeito diferente e eu logo acho que ela esta me achando horroroso, e tanto mais, por isso ate evito sair de casa, nem consigo coragem para conseguir um novo emprego, pois agora me encontro desempregado. Anti-depressivos tentei usar um, o Pamelor, nossa, me senti tao mau, parecia que eu estava drogado o dia inteiro, e eu nao uso dorgas, entao odiei, pois, inclusive me tirava mais ainda a atençao, me deixando flutuando. Boa sorte nessa empreitada, espero que o Lucas lhe de boas dicas.

Avatar for Miguel Lucas
ANISHIRLEY AZEVEDO DA CONCEIÇÃO

Adoro este blog. Parabéns !!!

Avatar for Miguel Lucas
PAULO OLIVEIRA

Caro Miguel, bom dia! Já faz um bom tempo que recebo e leio atentamente os seus artigos e e-mails recebidos regularmente e estou muitíssimo satisfeito com os resultados. Meus parabéns por sua dedicação em prol do arejamento das nossas mentes infelizmente tão contaminadas pelos condicionamentos aos quais "convenientemente" nos submetemos no nosso dia-a-dia. Muito obrigado de todo o coração pois está sendo maravilhosa essa caminhada contigo, irmão. Grande e fraternal abraço.
Paulo.

Avatar for Miguel Lucas
Diana Morais

Boa tarde. Seria possível enviar a referência bibliográfica dessa informação? Não consigo encontrá-la em lado nenhum ! Obrigada.

Avatar for Miguel Lucas
gilberto

como faço para falar com o doutor Miguel luca, alguém me ajuda ?

Avatar for Miguel Lucas
Luiza

Gostei muito mesmo do blog e achei bem interessante!!!

Avatar for Miguel Lucas
Luciano

Olá Miguel

Primeiramente quero lhe agradecer pelo seu trabalho é muito importante com certeza está ajudando muitas pessoas.Eu estou a algum tempo lendo o seu blog já li muitas coisas,mas eu acho que peco porque quero assimilar muito conteúdo e acabo não colocando em prática pequenas coisas que deveria fazer para mudar meu comportamento.Me identifiquei com muitos aspectos que você escreveu no post,estou procurando tratamento psicológico novamente certo acho que é isso estou um pouco atrapalhado para escrever mais estou muito agradecido.

Muito Obrigado.

Avatar for Miguel Lucas
Chaguinha

Olá Miguel gostei bastante das informações que você apresentou, eu não sou psicologa nem nada dessa área mas me interesso muito pelas artimanhas da mente, seus distúrbios e todos os processos mentais que refletem em nossas ações e atitudes, o que nos permite compreender melhor o porque de certas ações e porque a fazemos. #bomdia

Avatar for Miguel Lucas
Rildo

Olá Miguel!

Gostei bastante do seu blog e artigo!

OLha me identifique com o seu post sobre distorções cognitivas e vou fazer os exercícios propostos, mas tenho uma curiosidade e dúvida: DISTORÇÕES COGNITIVAS É A MESMA COISA QUE CRENÇAS LIMITANTES? O QUE CAUSA AS DISTORÇÕES COGNITIVAS?

Avatar for Miguel Lucas
Fernanda

Miguel,
Eu tive uma tristeza mt grande e tive vontade de morrer. Eu pensei assim: "se for pra continuar assim é melhor morrer. Então eu quero morrer." E a partir dai eu pensei "se eu quero morrer, eu vou me matar" e a partir dai eu tive uma crise de pânico e desenvolvi TOC. Esses pensamentos que eu tive foram raciocínio emocional? Se foram pode me explicar melhor o porquê, como eu deveria ter pensado corretamente?

Avatar for Miguel Lucas
tauano Cristina da Silva

Olaa, gostei muito , me ajudou !!
Mas , infelizmente o meu problema ainda continua ..Pois lidar com os meus pensamentos esta sendo uma tarefa muito dificil , eu não estou com vontade de pensar quero só dormir , travo meus pensamentos diante dos outros com medo do que eles vão falar , e pensar sobre mim porque vai que meus pensamentos estão errados ?! Fico insegura com medo … faço mil perguntas pra mim mesmo .. E sr não drr certo , E se eu fizesse assim ou daquele jeito . Eu já não estou tendo controle dos meus próprios pensamentos e sobre mim .
Me ajude !! ;S

Avatar for Miguel Lucas
carlos

bom dia amigo, sou de portugal e tenho esta disfunção, voce fala tudo bem menos na parte de metodo de pesquisa, isso nao deve ser feito assim de bom grado , pois há a vergonha por tas. obrigado

Avatar for Miguel Lucas
Victor

Olá Miguel Lucas,
Bom meu amigo, após me separar da minha esposa (13 anos de casamento), idas e vindas com mentiras, traições e perdões de minha parte, decidi que deveria tomar uma decisão mais concreta. Dia 19/02 me separei e no intuito de tentar reatar de forma mais saudável o casamento, fui conversar com ela dia 14/03 e me deparei com uma pessoa na casa dela na qual havia me traído. Confesso que fiquei muito decepcionado, pois acabei acreditando mais uma vez que poderíamos ter uma família saudável, tendo em vista que temos uma filha de 12 anos. Juro que tentei preservar nossa família, mas ela não conseguiu se livrar desses sentimentos errôneos. Acabei deixando as circunstâncias me dominarem, mas tomei a decisão de me afastar, pois eu a amava enormemente, até de chegar ao ponto de amá-la ainda mais do qua mim mesmo.
Hoje, busquei Deus como meu foco e na certeza de que Ele me acrescentará as demais coisas de que preciso.
Muito obrigado pelo documentário. Muito gratificante!
Fique com Deus!

Avatar for Miguel Lucas
Eliana

hoje, depois de quase 3 anos com síndrome do panico…. observei que tenho muitos pensamentos, informações erradas sobre mim mesma….. e decidi pesquisar como mudar estas sensações de fracassos que sinto 24 horas por dia, claro que somente mudando a forma de pensar conseguirei isto. as vezes no fundo do poço……… é onde a janela vai estar. Obrigada pela ajuda.

Avatar for Miguel Lucas
Rilson

Eu, simplesmente, te amo (risos). Sério Muito obrigado. Que todos os bons ventos soprem pro seu
infinito sucesso.

Abraç

Avatar for Miguel Lucas
cleiton

Eu tenho pensamentos assim,no meu caso,sofro muito pois,me acho feio,olho no espelho e nao aguento,bate uma angustia,tenho pensamentos com se nao fazer isso vai acontever,tudo meio que um rirual.obrigado por suas dicas vou tentar esqueçer isso,e fazer oque voce disse,obrigado

Avatar for Miguel Lucas
cleiton

nao tiro fotos com amigos,nao saio com amigos,nao vou a festas.

Avatar for Miguel Lucas
Ju

Olá Miguel Lucas,estou adorando seu blog, estava me sentindo deprimida e triste, quando tive a ideia de procurar ajuda on line e para a minha felicidade caí no seu blog. Li alguns ensinamentos e podes crer estou me sentindo muito melhor. Continuarei a pesquisar. e aprender vom voce. Obrigada, é maravilhoso encontrar pessoas que se doam para ajudar os outros. Tens a minha admiração. Um grande abraço.

Avatar for Miguel Lucas
Daniela

Com Certeza, esse conteùdo serviu muito para eu entender o que há com meus pensamentos….comentários como os de Fida são empobrecidos…nada para ser aprendido.

Avatar for Miguel Lucas
Ademir

Olá Miguel tudo bem?
Gostaria de dizer que é muito útil seu brog, e que vou falar um pouco de mim para que possas me ajudar.
Tenho sindrome de panico faz 8 anos e que de vez em quando tenho quadro de piora que dura alguns meses ou anos. Tomo rivotril 2 mg, alprazolan 1 mg e sertralina50mg.
A sertralina ou outros remedios que o psiquiatara já trocou outras vezes, que sei são do tratamento, não vou mentir pra vc que tomo certinho, pois parece que me dá mais ansiedade e consequentemente o pânico. Miguel para encurtar a conversa, gostaria de saber quem e como posso acabar com essas crises que são um tormento pra nossa vida.
Sou motorista e as vezes dá na estrada e fico muito mal com isso, com vontade de sair correndo do caminhão, é muito difícil.
Um abraço e tudo de bom!

Avatar for Miguel Lucas
Adriano

Estou muito feliz por ter conhecido seu sit.
Tem uns 3 anos que eu leio.
E mudei muito e esses aprendizado e pra senpre parabens

Avatar for Miguel Lucas
Ednaldo

Legal. Muito bom. Gostei demais. Parabéns pelo blog e pelo conteúdo.

Avatar for Miguel Lucas
Julio Cesar Dos Santos

Parabens Miguel Lucas gostei do seu blog obrigado por ajudar muitas pessoas a se reencontrar…

Avatar for Miguel Lucas
CARLOS AUGUSTO MATEUS DA SILVA.

AGORA É MANHÃ DE DOMINGO EU QUERO LHE DESEJAR UM GRANDE BOM DIA E LHE AGRADECER PELO ARTIGO QUE VOCÊ POSTOU ME AJUDOU MUITO , ME DEU UMA GRANDE LUZ. ESSAS MANEIRA DE PENSAR QUE EU VIA NOS OUTROS E TAMBÉM EM ME MAS NÃO CHEGUI IMAGINAR QUE ERA UM PROBLEMA PSICOLÓGICO , OLHA NÃO SOU MEDICO SÓ SOU UMA PESSOA QUE GOSTA DE APRENDER SOBRE MEUS SENTIMENTOS PARA FICAR BEM COMIGO MESMO , PORÉM GOSTARIA DE DIZER QUE NÃO FAÇO CRITICAS E ESCREVO ISSO PARA QUE JUNTOS DESCOBRIMOS SOLUÇÕES: EU ACREDITO QUE A CAUSA PRIMARIA DE TODOS OS PROBLEMAS PSÍQUICO SÃO A EDUCAÇÃO SENTIMENTAL E SE UMA PESSOA ENTRA EM EQUILÍBRIO SENTIMENTAL ELA NUNCA VAI DESENVOLVER ALGUM TIPO DE DOENÇA OU DESVIO DE CONDUTA ACREDITO QUE EDUCAR CADA SENTIMENTO COM A SUA SINERGIA QUE HÁ ENTRE OS SENTIMENTOS É TRATAR TODOS OS MALES AINDA NA SEMENTE E EU GOSTARIA DE LEMBRAR QUE OS GRANDES MESTRES DA PSICOLOGIA E PSIQUIATRIA SE IMORTALIZARAM E FICARAM RICOS FOI PORQUE PROCURARAM CURAR E NUNCA TRATAR DE UM PACIENTE EU SÓ ESCREVI SOBRE O PROBLEMA DE TRATAR E CURAR FOI POR CAUSA DE QUE HOJE EM DIA SE É MUITO COMENTADO QUE OS ESTUDANTES DE MEDICINA ESTÃO SENDO EDUCADOS PARA SÓ TRATAR E O QUE É PIOR POUCOS DELES TEM UMA EDUCAÇÃO SENTIMENTAL EM EQUILÍBRIO , MUITO OBRIGADO.

Avatar for Miguel Lucas
Marcela

SOU PSICÓLOGA E GOSTARIA DE LEMBRAR ALGUMAS PESSOAS QUE ALGUNS TERMOS USADO PELO TÃO GENTIL COLEGA NÃO SÃO COMPREENDIDOS ( APESAR DE ESTAREM BEM CLAROS E SIMPLES) PORQUE SÃO TERMOS PROFISSIONAIS DE USO RESTRITO A QUEM ENTENDE DA TÉCNICA DE PSICOLOGIA. ENTÃO, QUEM NÃO É PSICÓLOGO FICARÁ MEIO PERDIDO NA CORRETA COMPREENSÃO DO TEXTO SEM A AJUDA DE UM PROFISSIONAL NA ÁREA.

Avatar for Miguel Lucas
Alexandra

Olá boa noite eu perxixo de xaber xe e normal tar repetir a mexma koixa ,falar xoxinha, Ee tar a pensar mt n mexma koixa?obrigad

Avatar for Miguel Lucas
Raíck

Excelente post! Ajudou-me muito! Obrigado!

Avatar for Miguel Lucas
Gabrielle Santana

Miguel olá!
desejo sinceramente lhe escrever este comentário, agradecendo pelos seus esclarecimentos, nos ajuda a encontrar respostas em nós mesmo, e vermos a solução de muitas perguntas e auto julgamentos que nos condenavam e conscientemente acreditamos nos " pensamentos tóxicos", que nossa mente produz! este post realmente esclareceu, me deu respostas, por tudo aquilo que acreditava ser uma pessoa " ANORMAL", acreditava pois não acredito mais!
sigo seu trabalho a algum tempo e me ajudou infinitamente….sou grata e lhe admiro pelo profissional magnifico que és!

Obrigado!

Avatar for Miguel Lucas
Maria Tereza

Miguel,

Parabéns pôr compartilhar estas informações. Desconhecia o assunto, com a leitura pude compreender algumas situações que estou vivendo.
O conhecimento liberta, e nos da asas para buscar novas soluções. Obrigada !!!

Avatar for Miguel Lucas
Carlos

Boa Miguel,

Muito útil e esclarecedor esse teu trabalho, e o mais importante, acessível a qualquer pessoa.

Avatar for Miguel Lucas
MrCrowley01

Boa noite a todos.

Pescando um pouco sobre o que falaram, o texto realmente é muito bom, tanto no sentido de esclarecer comportamentos, como de informar a nós mesmos para prestarmos um pouco mais de atenção sobre nossas atitudes do dia a dia, pois é claro que muitas dessas distorções são apresentadas por nós mesmos diversas vezes por dia, é só prestar atenção.

Também precisei reler algumas partes por ser leigo no assunto, leio por puro interesse. E acredito que para um blog seria interessante ser um linguagem mais casual, sem desmerecer nenhuma palavra que foi escrita.

Que venham mais textos esclarecedores!!!!
Abs

Avatar for Miguel Lucas
Cecília Paula

Prezado Miguel,

Bom dia!!

Esse é o meu primeiro contato com o seu trabalho, através de uma busca no Google sobre Distorções de Pensamentos, confesso que suas primeiras falas, fizeram com que eu me identificasse…estou maravilhada, que trabalho incrível…parabéns.
O pouco contato que tive com o seu trabalho, foi direto ao encontro com a realidade em que estou vivendo (não vou fazer terapia online…rs), gostaria e muito saber mais sobre o seu trabalho, blog, livros e etc (você não tem livros ou trabalhos publicados?? vou ter que fazer terapia só pra entender isso…rs).
Pessoas como você fazem a diferença.

Abraço,

Cecília Paula

Avatar for Miguel Lucas
Emanuel Ndelipundika

boa noite irmãos, a gradeço muito pela informação cá contido usufrui bastante desses conteúdos tão edificador obrigado 10,08,2016

Avatar for Miguel Lucas
carmen Dellazzari

Oi. tanho todos estes problemas.gostaria de obter mais ajuda.voc~e faz consulta por e-mail?

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Carmen,

Dou consultas de psicologia online. Deixo o link: http://www.escolapsicologia.com/sessoes-online/

Abraço,

Avatar for Miguel Lucas
Adriana

Boa noite à todos!

Sou brasileira, graças a Deus, e infelizmente, por conta de um comentário bobo da moça lá em cima, temos que generalizar??? De forma alguma.

Penso que quem procura ajuda, entende até chinês!

Miguel Lucas…continue…você nos ajuda muito!

Avatar for Miguel Lucas
rubens wilde

bom dia Miguel !!!! MINHA TERAPEUTA QUE ME PEDIU PARA QUE LESSE SEU ARTIGO E TENTASSE ME ENQUADRAR NOS EXEMPLOS ACIMA CITADOS !!!!! MUITO ME AJUDOU .PARABENS PELO INOXIDÁVEL TRABALHO!!!

Avatar for Miguel Lucas
Liliana

O texto está excelente e ajudará a muitas pessoas.

Avatar for Miguel Lucas
FERNANDA

Parabéns! Excelente texto. Eu tinha um entendimento minimo pois umas das minhas matérias de Direito foi Psicologia. Estava a namorar um rapaz que tem Distorção de Entendimentos, eu com pouco tempo de relacionamento notei o problemas, pensei que meu amor fosse capaz de muda-lo, mas não, acredito que somente profissionais e a pessoa também buscar um psicologo. Minha paciência foi me monge, mas não foi suficiente. Ele terminou comigo por um milhão de brigas atoa que ele inventou. Ele agrava muito pequenas situações como você deu de exemplo um atraso na hora de um compromisso virá uma briga enorme, nunca assume que erra, debate estando errado, não aceita opiniões, foi difícil, achei que ia conseguir muda-lo mas ele terminou comigo atoa, nunca mais nem me ligou. Eu compreendo o problema, mas se eu pudesse ainda o ajudaria. No fundo ele é uma boa pessoa. Só a cabeça que distorce as coisas. Masa agora só a família para ajudar, espero que eles tenham o mesmo entendimento que eu para lidar com a situação e que não o abandonem. amei a matéria.

Avatar for Miguel Lucas
Kaline Carvalho

FIDA, seu comentário foi infeliz. Saiba que esse texto me ajudou a descobrir o meu problema que há anos eu não descobria. Inclusive, já pensei até em suicídio e o Miguel acabou de me dar a solução pra resolver. Miguel, palavras são insuficientes para agradecer o quão feliz estou em ler esse texto de sua autoria. Meu muito obrigada! Excelente trabalho.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *