Depressão: 6 formas de manter-se funcional no trabalho
Terapias Psicológicas 22/09/2016

Depressão: 6 formas de manter-se funcional no trabalho

Miguel Lucas Publicado por Miguel Lucas

A depressão é um transtorno de humor bastante incapacitante, quer seja depressão leve, moderada ou severa existe sempre uma diminuição de humor que pode atrapalhar o desempenho no trabalho e na vida em geral. A pessoa pode ter dificuldade de concentração, a procrastinação assume o comando e a criatividade reduz drasticamente. A irritabilidade aumenta, a clareza de pensamento fica negativamente afetada provocando problemas na relação de empatia com os colegas de trabalho, ou outras pessoas. Os níveis de energia ficam bastante reduzidos e o desempenho das tarefas vira um trabalho de hércules. Perante este cenário, como é que você trabalha quando está deprimido?

No meu caso pessoal e porque já passei por momentos deprimidos à alguns anos atrás, nos dias em que me sentia no fundo do poço, eu não era capaz de trabalhar ou trabalhava com extrema dificuldade.

Felizmente o meu estado menos bom foi de curta duração, coloquei toda a minha energia e esforços para ultrapassar o meu problema. O ponto de viragem foi, quando um dia ao refletir sobre o meu estado deplorável me recordei de quem eu era e como eu me recordava quando era adolescente.

Na minha cabeça fez-se um clique quando percebi que naquele momento aquilo que mais me diferenciava era o sentimento de pena de mim mesmo, coisa que eu não tinha quando era mais novo. Ao recordar o sentimento de identidade que me definia naquela altura, fez despertar em mim uma enorme força que me puxou para cima e me devolveu a confiança de voltar a sentir-me bem. Assim aconteceu.

A reter: Sem dúvida que o sentimento de bota abaixo que a maioria das pessoas sente quando estão a passar por um estado de depressão é o sentimento de pena de si mesmo. Este sentimento é tremendamente desgostoso e autosabotador.

Se você se sente deprimido e isso está afetando o seu desempenho no trabalho, tente perceber se tem pena de si mesmo por se encontrar nesse estado. Tente perceber que gatilho o tem mantido preso nesse estado de abatimento. Verifique que sentimento incapacitante salta mais à vista e o tem vindo a atormentar.

depressão no trabalho

Tente relembrar-se:

  • Como você se comportava?
  • Como você pensava?
  • Como se via a si próprio?
  • O que o definia enquanto pessoa?
  • Era destemido?
  • Era decidido?
  • Tinha sentido de humor?
  • Era combativo?
  • Era resiliente?
  • Era corajoso?

Perceba que sentimento julga que o definia à uns anos atrás contrastando com o sentimento atual a que mais se agarra para mantê-lo nesse estado deprimido. Em seguida distancie-se dos sintomas de depressão que tem vindo a sentir, que o incapacita e o tem prejudicado no seu trabalho. Em seguida substitua esse sentimento incapacitante, relembrando-se de si mesmo e da imagem que tinha de si no passado.

Agora siga esse sentimento. Funda-se a ele. Você não é o seu estado de abatimento, nem a sua depressão ou ansiedade, e tão pouco o seu fraco desempenho no trabalho. Você é aquela pessoa que pretende voltar a sentir-se bem e neste momento sabe que sentimento o diferencia de uma outra época no passado em que se sentia bem e que sentia orgulho de se comportar de uma determinada forma.

Depois de ter relembrado o sentimento capacitador acerca de si mesmo, foque a sua atenção nesse sentimento e traga-o para o presente, tal qual o sentiu no seu passado. Muito bem, provavelmente sentiu a sua energia a aumentar. Com essa energia aumentada e com o sentimento mais vivo, perceba que é possível voltar a fazer algumas coisas no sentido de manter-se funcional no seu trabalho.

Vejamos algumas dessas coisas que podem ajudá-lo a resgatar o seu desempenho no seu trabalho:

1. Defina metas claras

Uma das coisas difíceis que as pessoas relatam quando têm depressão é, que se torna quase impossível focarem a atenção nas tarefas de trabalho. Para amenizar este problema é importante estabelecer metas muito claras e ser realista sobre o que você será capaz de realizar. Crie listas das tarefa que tem que realizar no seu dia e destaque as suas prioridades, o que facilitará a atenção às suas necessidades e obrigações no trabalho.

Se você lida com muitos assuntos, se tem outras pessoas à sua responsabilidade ou apenas tem de elaborar um determinado procedimento com várias fases, faças anotações do que tem de fazer, dado que a sua memória pode ser falível. Faça aquilo que possa ajudá-lo, não seja demasiado duro consigo mesmo quando o dia está a ser difícil.  O caminho para a recuperação é uma maratona, não um sprint.

2. faça as tarefas por partes

Provavelmente, por mais pequena que seja a tarefa tudo pode parecer-lhe demasiado árduo. Tente perceber até que ponto é possível dividir essa pequena tarefa em tarefas ainda mais pequenas, dando um prazo de termino ao plano que traçou. Durante a realização dessa parte da tarefa foque a sua atenção apenas no que está a fazer.

Não olhe para tudo o que tem em atraso, ou se é capaz ou não de finalizar a tarefa. O importante é começar. Vencer a inércia é o mais difícil quando a pessoa se encontra totalmente desmotivada e negativa. Dê o primeiro passo sem pensar nos que se seguem.

3. Não se deprecie

É muito comum a pessoa deprimida achar que já não é a pessoa que era anteriormente e construir uma ideia depreciativa acerca de si mesmo. Isso é altamente destruidor. Se a pessoa já se encontra abatida e com um conjunto enorme de dificuldade funcionais no seu dia a dia, pior será se passar também a ser inimigo de si próprio. Os seus sentimentos e sintomas podem ser negativos, mas a ideia que tem acerca de si mesmo pode continuar positiva. Esforce-se por não se confundir com o seu momento menos bom que está a atravessar, e perceba que é possível voltar a sentir-se bem se mantiver a esperança e fizer coisas para melhorar.

Mantenha uma atitude positiva no seu local de trabalho, mesmo sentido-se mal. Você não é o seu sentimento, e mesmo sentido-se mal pode orientar-se pela ideia que tem de querer continuar com uma atitude positiva. Atenção, ter uma atitude positiva não comporta ignorar o seu problema. Pelo contrário, o seu estado deprimido necessita de uma atenção redobrada, de uma atitude positiva firme e de uma motivação acrescida para a melhoria.

Tenha compaixão por si mesmo. É natural que o seu desempenho no trabalho possa ficar afetado. Para minimizar esse problema coloque em prática os pontos 1 e 2.

4. Fale com o seu chefe

Se as coisas são incrivelmente difíceis, ou se você precisa de tirar uns dia de folga ou de mais tempo para realizar algumas tarefas, você pode precisar dizer alguma coisa para o seu empregador.  É preferível ser você a informar o seu patrão, chefe ou supervisor do que ele descobrir que algo está errado, ou julgar que você está desinteressado no seu trabalho.

Obviamente, que você pode não ter um grande à vontade com o seu supervisor, por isso não se sinta obrigado a revelar detalhes. Pode ser preferível não revelar o seu real problema. O estigma sobre a depressão é grande e isso pode criar algum tipo de descriminação acerca de você.

Se você está preocupado com os outros e que eles vão querer saber o que está acontecendo, você pode dizer que está  “lidando com alguns problemas de saúde” e ficar por isso mesmo. Se você não quer discutir detalhes com os seus colegas, peça alguns dias de folga e faça o que estiver ao seu alcance para o ajudar a lidar com com a depressão. Realmente, isso pode significar a diferença entre manter a sua reputação profissional e ter um colapso no local de trabalho.

5. Escola um amigo para ventilar

Um amigo de ventilação, é alguém dentro do seu  local de trabalho com quem você pode ser completamente honesto. Este pode ser um passo com alguns riscos, por isso, proceda com cautela. Se você puder encontrar uma pessoa que você confia, irá sentir-se mais acompanhado e com alguém que o entende e sabe o quanto você está a sofrer e a esforçar-se para superar a depressão.

6. Evite as crises emocionais no local de trabalho

Com os sintomas da depressão à flor da pele é provável que em determinados momentos no seu local de trabalho sinta vontade de chorar ou de remeter-se para a sua dificuldade de vida, ou reagir de forma hostil com os colegas de trabalho. Evite isso. Tenha consciência que você se encontra numa situação vulnerável em termos emocionais e a tendência é para canalizar esse mal-estar para formas de alívio. Se está a atravessar um momento de “descontrole” vá ao banheiro ou peça para sair um pouco à rua. Evite o descontrole emocional. Isso irá colocá-lo em maus lençóis.

Se um problema lhe chega à mente no seu local de trabalho e isso começa a alterar negativamente o seu estado de humor, adie a preocupação. Faça um contrato consigo mesmo, dizendo: “Mais logo quando chegar a casa irei debruçar-me sobre esta situação.”  Essa afirmação envia uma ordem direta ao seu cérebro e permite que você consiga volta a concentrar-se na tarefa em mãos.

Abraço,

Miguel Lucas

Novo usuário?
Comece aqui
Receba Grátis os Vídeos “Fórmula da Positividade”
Receba Grátis os Vídeos “Fórmula da Positividade”

Dê a si mesmo a oportunidade de florescer e ser bem sucedido!

Comentários
Avatar for Miguel Lucas
abreu

obrigado miguel pela sua ajuda, de grande valência para quem como passa por graves problemas de ordem psíquica; bem sei que a sua ajuda só vale pelo meu esforço, por seu esforçar-me-ei para não me embarcar no seu dito de que a recuperação é uma maratona e não um sprint para adiar a minha recuperação como tenho feito

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Abreu, obrigado pelo comentário

Fico esperançado que faça o esforço para aplicar na prática algumas das dicas sugeridas. Sim a prática é o principal impulsionador da melhoria.

Tudo de bom para você. Fico contente que os artigos possam ajudar.

abraço

Avatar for Miguel Lucas
Paulo Fernandes

Miguel,

Gosto muito dos posts que você publica. São profundos e repletos de conhecimento, ao contrário de muito conteúdo que encontro na internet, que são bastante superficiais.
Esse post, assim como o outros que você publica, tem um grande embasamento nos seus estudos de psicologia e é facilmente aplicável na nossa vida.

Abração!
Continue com esse ótimo conteúdo.

Paulo Fernandes

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Paulo, obrigado pelo comentário

O seu feedback é de extrema importância para mim, por saber que os leitores conseguem colocar em prática as dicas e estratégias sugeridas.

Tudo de bom
Abraço

Avatar for Miguel Lucas
Eli

Olá Miguel,

Como faco para ter consultas online?

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Eli, obrigado pelo comentário.

Basta seguir o link: http://www.escolapsicologia.com/sessoes-online/

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
Helena Chivite

Prezado Miguel,

O ano está prestes a terminar, uso este meio para agradecer os seus prestigiosos artigos, foram bastante úteis para mim ao longo do ano, é tão bom saber que podemos contar com uma mão/inteligência amiga de alguém que nem se quer conhecemos.

Mais uma vez muito obrigada!

Feliz Natal e ano novo próspero!

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Helena, obrigado pelo comentário.

Fico muito agradecido pelas suas palavras e reconhecimento do trabalho realizado aqui na escola psicologia.

Tudo de bom para você, e votos de um excelente ano de 2013.

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
SERGIO MARCELO

OBRIGADO PELO ARTIGO , INTERESSANTE

Avatar for Miguel Lucas
camila

oi obrigado ajudou muito pois estou fasendo uma iniciação cientifica sobre o assunto
parabens ficou muito bom msm ajuda bastante as pessoas.
e muitas precisam de tratamento e de ajuda principalmente emocional

Avatar for Miguel Lucas
William

Prezado Dr. Miguel.
Parabéns pelo trabalho.
Aproveito para comentar que sou militar, graduado e pós graduado em ADM, com ênfase em ADM Publica e RH. O trabalho de militar e’ muito intenso e pode gerar situações de desgaste emocional que, muitas vezes, chega a depressão. Tenho um programa com duas colegas (uma de RH e uma psicóloga) voltado para o diagnóstico e "tratamento" de profissionais depressivos. Importante que temos tido sucesso nos resultados.
Estamos a disposição.
William

Avatar for Miguel Lucas
Jessika

Miguel, sou do Brasil, e tenho buscado ajuda para minha irmã que sofre de depressão, leio constantemente seus artigos que me trouxeram várias informações importantes, principalmente de como ajudar sem prejudicar. Ultimamente ela toma vários medicamentos e passa por consulta psiquiátrica, e tenho percebido que o comportamento dela não está melhorando, inclusive notamos que ela está com uma agressividade e irritação fora do normal. Teria algum artigo que eu possa me ler para me esclarecer quanto: – tempo que pode levar para ela melhorar, – surtos que provocam os medicamentos, ela tem tido vários, – agressividade e mal humor constantes, enfim…. Obrigada

Avatar for Miguel Lucas
CLEIDE APARECIDA D PAULA

tenho muita preguiça de ler,olho os cadernos de minha filha por obrigaçao,isso é normal?

Avatar for Miguel Lucas
Milânia Francisco

Eu caí em depressão faz 5 meses. Agora sinto-me melhor do que antes. Porque eu chorava muito e me tortura, as vezes todo o dia. Eu tenho muito medo da escola. De que tudo dê errado e que eu não consiga aprender nada. São pesadas pra mim as lições de casa, quando a tendência é tentar fugir de tudo relaxando. Isso me deixa ainda mais deprimida. Os professores são muito insensíveis no último ano do médio de construção civil. Todas vezes que chego em casa, tenho vontade de morrer e assim acabar logo com tudo. Só pra não falar na defesa do fim do ano… Tenho 16 anos e estava apaixonada por um adulto. Lutei com isso por quase dois anos, e consegui. Porque era eu quem sofria sempre os insultos, humilhações e vergonhas. Pra não falar que ele brincava com os meus sentimentos. Não sei se vai ler isso e vai me responder Miguel, mas eu ficaria muito grata se puder me ajudar.

Milânia

Avatar for Miguel Lucas
m

Espero que vc esteja bem. Tente traçar metas simples para o seu dia e ocupar seus pensamentos com esses pequenos objetivos. Assim quem sabe acaba fazendo algo grande. Olha, n sei se isso ajuda e espero n ter respondido tarde mas não se submeta nem espere demais das pessoas, principalmente em um relacionamento afetivo com um homem. Ele provavelmente só quer brincar com vc e não espere que ele se arrependa disso pois ele não irá se arrepender, na cabeça dele isso está correto ou n tem nada demais!! Nem lembra que se envolveu com uma pessoa com sentimentos e dores. Procure alguém que cuide de vc mas antes disso cuide de si mesma, e ame-se!! Beijos e boa sorte

Avatar for Miguel Lucas
karine

muito obrigado miguel suas palavras valeram muito para mim eu tive problemas no meu antigo trabalho e nao consigui trabalhar por 3 anos ate tentei algumas vezes ,agora estou tentando começar de novo buscando forças positivas da pessoa que fui. e eu acho que agora vou conseguir temos que olhar em volta e ver que muitas pessoas tem o mesmo problema e assim seguir em frente…

Avatar for Miguel Lucas
Betto Lourenço

Agradeço a ti as informações fundamentais para a minha recuperação, me sinto melhor a cada dia. A "maratona" é longa, mas não pode ser eterna. Vou procurar debruçar-me sobre tudo o que me faz mal. Obrigado

Avatar for Miguel Lucas
Daniela filipa

Eu tenho depressao há 3 anos após ter o meu segundo filho..ja tive muitos altos e baixos mas vou tentando superar…a pior parte é mesmo o trabalho…nao tenho ‘paz’ no meu trabalho, tenho um filho doente que tem de ir a muitas consultas,sou criticada por isso os meus superiores faltam me ao respeito constantemente, e isso a nivel emocional e psicologico afecta me bastante, deita me bastante abaixo ao ponto de pensar se tenho de ir trabalhar fico mal disposta,nervosa…ja me passou tanta coisa pela cabeça… Ja pensei mudar de emprego mas como hoje em dia é complicado tou numa situacao que nao sei o que fazer…desculpe o desabafo

Avatar for Miguel Lucas
Maira

Oi estou passando por uma faze bem crítica…fundo do poço mesmo…mas não posso deixar de trabalhar…
Vou seguir suas dicas.
Obrigada

Avatar for Miguel Lucas
Carlos

O post serve basicamente pra te dizer uma coisa: Não importa sua depressão, o que importa é você dar muito dinheiro pro seu empregador

Avatar for Miguel Lucas
JGaldino

Parabéns pela forma simples e objetiva como trata o assunto.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *