Como seguir em frente quanto tudo parece perdido?
Motivação 22/09/2016

Como seguir em frente quanto tudo parece perdido?

Miguel Lucas Publicado por Miguel Lucas


Ao longo da nossa vida, inevitavelmente, iremos experimentar alguns dissabores, injustiças, insatisfações, perdas, derrotas, sofrimento. No pior cenário, a vida é cheia de situações avassaladoras que jamais podem ser corrigidas. Ainda que possa parecer um cliché, eu quero dizer-lhe: “Deixe pra lá. Acabou, siga em frente. A sua vida é importante demais para viver com essa injustiça por mais uma hora que seja. Aconteceu. Não deveria ter acontecido. Mas a realidade é que aconteceu.” Ainda que a frase anterior tenha lógica e faça sentido, o que na verdade acontece é que muitos de nós perante acontecimentos arrebatadores, simplesmente não somos capazes de seguir em frente. Seja qual for a sua história, ainda que tenha toda a legitimidade para sentir-se esmagado e com isso sofrer desalmadamente, chega um momento que você pode olhar os acontecimentos ou a si mesmo por outra perspectiva.

A maioria de tudo o que nos oprime é superável

Acredito que quando o impacto emocional associado a alguns acontecimentos catastróficos da nossa vida é “insuportável”, ficamos tão imersos na dor, que aliviar o sofrimento torna-se uma tarefa de hércules. No entanto, a grande maioria de tudo que nos oprime é superável. Nós realmente podemos ultrapassar a maioria dos eventos que nos derrubam. É apenas o nosso medo e a nossa raiva que nos prende a um lugar de inércia e miséria.

Muitas das vezes, ficamos focados em “condenar” aqueles ou aquilo que nos provoca o problema, numa tentativa de mostrar a indignação pelo que não deveria ter acontecido. Ainda que esta reação possa ser legítima, para a maioria de nós, provoca mais dano que benefício. A nossa busca constante pela justiça pessoal num mundo supostamente injusto e cheio de hipocrisias e crueldades é desgastante e pode consumir-nos.

Mas, por vezes, há eventos em nossas vidas que realmente não podem ser superados. Não há como corrigir o erro, o dano, desfazer uma tragédia ou restaurar o que nos foi tirado. No entanto, o impacto emocional pode ser aliviado ou mesmo superado. Mas como? Como seguir em frente quando não há nenhum lugar para onde ir? Como é que se ultrapassa a dor de ver sofrer alguém que nos é querido, de ver a nossa casa arder, de ser diagnosticado com uma doença crónica, de terminar um relacionamento de sonho e seguir em frente?

frente

Começar por nós mesmos

Começamos por apoiar a nós mesmos. Podemos começar por aceitar e entender que a fonte de quase tudo que nos provoca sofrimento, não é o mundo em si mesmo ou as suas crueldades aleatórias, mas é, ao invés a interpretação das imperfeições dos outros ou da condição da própria natureza do mundo. E nós não podemos controlar o mundo nem as outras pessoas. Mas podemos controlar a nós mesmos. Mais especificamente, podemos regular e orientar os nossos pensamentos, que produzem as nossas respostas emocionais para o mundo e para aqueles que nele habitam. Podemos, quando enfrentamos o intransponível, aceitar primeiro que provavelmente não é tão intransponível como parece. De qualquer forma, o próximo passo é dar um passo. Nada mais. Apenas um passo em direção à sobrevivência e adequação à vida.

Crie novos pensamentos

Para que possa ajudar-se a si mesmo a vencer a inércia e passar a olhar os acontecimentos por uma perspectiva mais construtiva, comece por amenizar a raiva e o medo, empurrando para fora o guião recorrente que corre na sua cabeça, que ecoa: “Alguma coisa está errada.” Quaisquer que sejam os pensamentos que estão ruminando na sua cabeça, recriando o passado que justifica a sua raiva, alimentando a sua indignação com histórias que conta a si mesmo para explicar o que aconteceu na sua vida e que recorrentemente lhe provoca sofrimento emocional, pare com isso. Certamente nada de bom irá surgir.

Empurre esses pensamentos para fora. Substitua-os por algo suave, algo calmo, algo bonito, ou que possa promover-lhe esperança. Construa um pensamento, uma imagem, uma simples palavra, algo que lhe faça vislumbrar um novo caminho. Um lampejo, nada mais. Abrace esses pensamentos, palavras e imagens positivas que lhe trazem alegria. E então você conseguirá mudar a perspectiva, assim mesmo. Como uma criança contorcendo-se para libertar-se de um abraço melado dos pais e ir jogar, o pensamento negativo terá desaparecido momentaneamente.


Seja persistente, continue a construir o seu guião positivo

Numa primeira fase os cenários positivos que consiga construir serão breves. As feridas emocionais continuarão a fazer-se sentir. Virão os pensamentos recorrentes, as memórias, os medos, que o têm mantido nesse lugar de dor. E, então, deixe ir os pensamentos negativos mais uma vez. Repetindo apenas esse passo simples, uma e outra vez, até começar a seguir em frente.

Pouco a pouco irá volta a sentir-se confortável na sua vida. Você irá conseguir volta a sentir-se adaptado. Irá conseguir aprender novas formas de viver no mundo que anteriormente lhe infligiu dor. Com o tempo, e tendo como suporte as suas ações orientadas, começará a abrir espaço no seu coração e igualmente na sua mente para novas explicações, novos pensamentos e novas alegrias.

Para aprofundar o assunto, leia: Mude o seu guião, use a tríade cognitiva positiva para melhorar a resiliência

Orientar os pensamentos para promover emoções positivas

Ao aprender a gerenciar os nossos pensamentos, lentamente, muito lentamente, aprendemos a regular as nossas emoções sem sacrificar a nossa capacidade de sentir. Ao conseguirmos regular as nossas emoções, preparamos o terreno para alterar as nossas percepções. O mundo pode continuar a ser o mesmo, mas mudando os pensamentos que definem o nosso mundo, começamos a transformar o mundo interior em que vivemos.

Podemos nunca recuperar o que perdemos no mundo, pode ser alguém que amamos que morreu, a saúde que só pode piorar, um carro que nunca podemos dar ao luxo de substituir. Quaisquer que sejam as nossas perdas, se elas podem ser substituídas, podemos decidir substituí-las. Se elas não podem ser substituídas, podemos, pelo menos, substituir a dor, com momentos de riso, de gratidão, de alegria.

Ainda que sejam apenas pequenos momentos, não importa o quão imobilizados estejamos pela dor ou raiva ou preocupação. Esses breves momentos de sentimentos positivos e alegres evocam num instante possibilidades infinitas para nos reconstruirmos. Ao imaginar a nós mesmos a mover-nos para a frente, os nossos pensamentos vão certamente levar-nos onde os nossos corações tão desesperadamente querem ir.

 Abraço,

Miguel Lucas

Novo usuário?
Comece aqui
Baixe Grátis o e-book “Seja Um Vencedor”
Baixe Grátis o e-book “Seja Um Vencedor”

Preencha os seus dados abaixo e receba esse e outros materiais por e-mail.

Comentários
Avatar for Miguel Lucas
Jr

Parabéns pelos textos. Muitas vezes me pego agarrado a esses pensamentos e sentimentos que não levam a lugar algum, mas após a leitura dos seus textos parece que as portas se abrem. Sucesso e que você continue a escrever e levar essa felicidade para as pessoas.

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá JR, obrigado pelo seu comentário.

É para mim, sempre um motivo de orgulho e enorme satisfação saber que a informação que disponibilizo é de grande utilidade.

Fico esperançado que consiga reverter os seus pensamentos mais negativos para positivos e construtivos.

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
adolfo

ola. não sei porque tenho uma infelicidade que sempre me seguiu.e pra piorar ultimamente passei por perdas.então estive como num poço escuro.e tento me libertar dessa infelicidade que me persegue mais a luta parece ser em vão as vezes lendo seus artigos penso que nem tudo esta perdido .parabens e muito obrigado

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Adolfo,

Certamente para você existe esperança. Talvez o termo que você utiliza: "a infelicidade persegue-o" seja exagerado. A infelicidade ou felicidade não é algo concreto, é sim uma expressão da nossa interpretação face aos acontecimentos da nossa vida.

Sendo que, mesmo quando alguns desses acontecimentos são ruins, nós podemos sempre, em algum grau fazer coisas que nos aliviem o sofrimento, e se possível mantermos uma atitude positiva face às nossas ações.

Abraço,

Avatar for Miguel Lucas
renaldo coutinho

O que me deixa por vezes a tomar decisão e ir em frente não e o medo e sim mesmo sendo eu a base de tudo financeiramente as pessoas dependentes fico confuso em tomar uma decisão de seguir novos caminhos a procura da luz do meu caminho pois repito não quero olhar para trás mais dentro de mim algo me apega em ficar gravado na minha memória a imagem de alguém que sempre fiz tudo que pude fazer para lhe fazer feliz no entanto nunca me deu valor e como prêmio recebo 100% palavras que me arrasa e me desperta a minha depressão que as vezes esta dentro de mim acalentada mesmo assim controlo os meus pensamentos chamo por meu amigo DEUS em silêncio e peço forças calma muita calma nessas horas e no mundo exterior me calo sendo assim solicito uma resposta a essa minha mensagem a todos que lê essa mensagem e me diga o que eu faço para me desapegar dessa situação digo alguém vai sofrer e o mundo vai lhe ensinar e agora vou em frente ou fico como delatar pensamentos inesperados gravados na minha mente .

Avatar for Miguel Lucas
Eugênio Pacelli Reis riani

Os dias passam e muitos problemas nos perseguem e nos atacam insistentemente. Mas temos que seguir em frente e buscar forças e apoio para esta missão. Tenho assim procurado forças e palavras de incentivo para prosseguir em frente e com certeza sua participação é importante com ensinamentos que muito me contribuíram. Parabens pelas suas publicações.

Avatar for Miguel Lucas
Jurema

Bom dia

Eu perdi uma filha em 2010 com 17 anos, minha vida nunca mais foi a mesma, me sinto devastada na maior parte do tempo, e penso que as vezes só o que me resta é chorar.
Mas, o texto me fez refletir bastante, senti até um certo conforto em meio as minhas dificuldades.

obrigada

Avatar for Miguel Lucas
William Tavares

Jurema, jamais conseguiremos perder algo que não nos pertence. "Nossos Filhos" não são nossos. Nós ajudamos a eles a virem a este mundo, mas eles são os próprios donos de si.
A morte não é o fim! O corpo vira pó e a alma continua…
Sua dor, seu sofrimento não acrescenta em nada na vida dos que "se foram" mudaram de lugar. Eu pessoalmente acredito que agindo assim "sofrendo" mais atrapalha do que ajuda os que partiram e os que ficaram.
Busque pensar, se alegrar com os 17 anos que você teve a honra de viver ao lado dessa pessoa maravilhosa. Continue se aperfeiçoando, pois um dia você terá a oportunidade de reencontra-la e compartilhar a vida maravilhosa que você viveu aqui.

Gostei da fala do Miguel: "o próximo passo é dar um passo".

Busque, se esforce a viver o tempo que nos resta aqui de forma maravilhosa, alegre, feliz!

Avatar for Miguel Lucas
yara

Nossa muito bom o texto!! Bem tranquilo calmo td que eu presiso

Avatar for Miguel Lucas
Paola Rocha

Parabéns, você é um ótimo profissional, espero um dia ser uma Psicologa tão boa quanto você.

Avatar for Miguel Lucas
jailson

Realmente , é uma grande oportunidade para uma vida melhor, estou cada vez mais me aprofundando nos seus conteudos D. Miguel Lucas, sempre encontro respostas para minhas dúvidas e incertezas. e quero sempre está resebendo seus conhecimentos aqui no meu email! parabéns

Avatar for Miguel Lucas
LUCIANA SILVA

PARABÉNS,GOSTEI MUITO VOÇE MIM AJUDOU MUITO,ESPERO LER MAIS E MAIS

Avatar for Miguel Lucas
isa

Oi me ajuda. minha vida é só chorar, não tenho mais felicidades,
não quero ser assim mas a tristeza me aperta.

Avatar for Miguel Lucas
Kátia

Isa, pensamento positivo para atrair coisas boas em sua vida.
Não sei o que te causa tamanho sofrimento, mas tente fazer coisas que te façam não ficar remoendo essas coisas.
Acredito na lei da atração, de tanto pensar em coisas ruins a vida não melhora. Se pensar em algo bom com certeza se empenhara para tornar sua vida mais agradável.

Estimo melhoras!

Avatar for Miguel Lucas
William Tavares

Isa, a forma que escolhemos viver é uma escolha!
Nossa condição humana irá nos proporcionar muitas alegrias e dores.
Iremos acertar e errar muitas vezes.
E seremos alvos de erros e acertos alheios.
Perdoe e se perdoe e siga em frente.
Busque prestar atenção, aprender, alimentar, copiar e repetir os comportamentos que lhe ajudam a ser uma pessoa melhor, mais alegre, feliz.
Eu e várias pessoas conseguimos viver bem, e vc também pode!

Avatar for Miguel Lucas
Kátia

Miguel, adorei o site.
Acredito que sua iniciativa ajuda diversas pessoas. Meus sinceros parabéns.

Avatar for Miguel Lucas
lucia

Suas palavras me ajudam a refletir, mas ainda náo consigo vislumbrar um caminho. Eu fiz um aborto a 10 dias. Conversei muito com outras pessoas antes de tomar essa decisao. O que ninguém me disse, fui da dor, da dor da alma que isso provoca. Eu só sei chorar e tenho vontade de morrer. Eu náo sei como fui capaz de matar uma parte minha. Uma parte minha morreu na clinica. Uma decisão que lamentavelmente náo posso voltar atrás. Se houver uma therapia para me ajudar eu seria grata..muito obrigada

Avatar for Miguel Lucas
William Tavares

Lucia, acompanho o trabalho do Psicólogo Miguel Lucas por um bom tempo, gosto, respeito e indico. Nesse momento de dor e sofrimento busque ajuda profissional. Uma pessoa por conta própria dificilmente irá sair do buraco. Aqueles que conseguem, como eu, desperdiçam muito tempo de vida. Com ajuda correta, se levantar fica mais rápido.

Mamãezinha, agora vou prestar minha ajuda espiritual, como um bom filho das almas que sou! Sugiro que você mude sua fala e forma de pensar (fiz um aborto) para (perdi um filho). Independente de todos os motivos que lhe levaram a perder o filho, a culpa não é sua e nem de ninguém, várias pessoas tiveram uma parcela de responsabilidade. A parte da responsabilidade que lhe cabe por essa perda, vai lhe causar dor até que você tire seus próprios aprendizados, supere a situação, evolua e passe ajudar na construção de um mundo melhor.

Talvez você se pergunte: Como que eu faço para reparar essa ação?

Com relação a criança, ao espírito que iria nascer, reencarnar, peça perdão por não estar preparada para recebe-lo. Demonstre através das suas ações que a vinda dele não foi em vão. Que a breve passagem dele pela terra transformou você em uma pessoa melhor. Viva o seu luto pelo menor tempo que for possível e siga em frente. Busque secar as lágrimas de todas as pessoas que você tiver a oportunidade de entrar em contato. Fale para as pessoas que querem tomar a mesma decisão, da dor que causa essa ação. Para que elas saibam antes de agir.

Como relação a você, "seu filho" a alma que iria reencarnar irá te acompanhar até que você a convença através das suas ações que a vinda dele não foi em vão. O mundo espiritual não quer dor, nem sofrimento, ele quer ação, transformação, evolução, desenvolvimento, aperfeiçoamento, sermos pessoas/almas melhores a cada dia. Com o passar do tempo, com o amadurecimento você irá entender melhor essa experiencia vivenciada. Verá que o trabalho de cuidar de um bebe não chega nem aos pés do trabalho que é para se redimir com uma alma.
Bom trabalho!

Avatar for Miguel Lucas
Bia

Olá, boa tarde.

Adorei o texto. Tenho passado por um momento tão complicado e difícil. Terminei um relacionamento de 7 anos, estamos fazendo planos de casamento, compramos alguns bens e economizamos. Começamos o relacionamento quando ainda éramos muito jovens. Eu consegui um bom emprego (não na minha área) e ele passou em um concurso e foi morar em outra cidade.. Nos vimos quase todo final de semana… Depois ele me contou que me traiu e que não podia fazer isso comigo, que se sentia culpado e fraco. Disse que eu era boa de mais e que ele não merecia o meu perdão.. Falou que me amava, mas que ele tinha errado de mais… Fique sem chão, meu mundo quebrou.. Tento pensar em coisas boa e seguir, mas parece q nada faz muito sentido..

Avatar for Miguel Lucas
Karina Tavares

Parabéns pelo texto, é realmente incrível, inclusive todos só seus textos são demais e me fazem um bem enorme!! Sou estudante de Psicologia e estou em uma fase muito positiva de minha vida, sempre tive um pensamento muito positivo e me sinto muito mais revigorada quando leio seus textos, pois a satisfação de ver alguém tão inteligente e especial como você ampliando esse pensamento de ver o mundo com outros olhos, tudo isso me deixa maravilhada e feliz!! Agradeço por você fazer bem a tanta gente e por ser um psicologo que acredita na sua profissão, isso é simplesmente lindo!! E sempre que vou me apresentar na faculdade ou em outro evento, venho primeiro ver a sua opinião sobre o tema, dessa forma amplio meus conhecimentos e me sinto bastante confiante!! Um abraço querido, continue!!

Avatar for Miguel Lucas
Leila

Olá, bom dia,hoje estava atoa procurando algo na internet e me deparei com seus textos,muito bons, mais ultimamente estou me sentindo vazia de tudo,fiz 40 anos ,terminei um casamento destrutivo de 18 anos,estou desempregada,emprego no qual trabalhei 17 anos e não estava feliz, bem me formei em outra área que gosto mais tenho alguns paradigmas dos quais tenho q me libertar, estou positiva e negativa ao mesmo tempo e com medo, pareço maluca, rsrsrs

Avatar for Miguel Lucas
Maria Pia

Obrigada por compartilhar textos maravilhosos!
Passei por tres meses turbulentos….
Consegui focar no que eu preciso fazer para tirar a tristeza de dentro, e superar tudo!
obrigada e obrigada

Avatar for Miguel Lucas
Amanda

OIá. Me chamo Amanda e tenho 20 anos . Não sei se estou reaImente passando por um momento dificiI, ou se está dificiI e meu psicoIógico formado dificuIta automaticamente . Estou procurando novos caminhos e não sei por onde começar. Seu artigo me deu um pouco de Iuz. obrigada

Avatar for Miguel Lucas
bertha

meu namorado me deixou me desprreza me rejeita e tudo

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *