Como os seus pensamentos criam a sua mente?
Desenvolvimento Pessoal 22/09/2016

Como os seus pensamentos criam a sua mente?

Miguel Lucas Publicado por Miguel Lucas

É consensual que os pensamentos são gerados pelo cérebro. Mas pode não ser tão óbvio afirmar que os seus pensamentos também criam o seu cérebro. De que maneira é que esse processo acontece na realidade? A neurociência tem vindo a comprovar pelos imensos estudos na área, que o nosso cérebro é plástico. Esta neuroplasticidade refere-se à capacidade do cérebro para modificar a sua estrutura e função, em decorrência de experiências anteriores, estas experiências podem ser o processo de aprendizado. Esta nova ciência revela o nosso extraordinário potencial de transformar a nós mesmos?

Isso mesmo, nós conseguimos mudar a nossa forma de pensar, de sentir e agir se aprendermos novas formas de nos relacionarmos connosco mesmo e consequentemente com os outros e com o mundo. A forma prática de realizarmos este processo é tomar consciência da forma como queremos pensar e agir e orientarmo-nos a nós mesmos, forçando-nos a desenvolver um padrão mental que suporte aquilo que queremos passar a ser.

COMO É QUE OS PENSAMENTOS MUDAM O CÉREBRO?

Todo o pensamento cria um conexão neuronal. Se você tem o mesmo pensamento muitas vezes, a conexão associada a esse pensamento ou tipo de pensamentos vai-se fortalecendo. Quando uma rede neuronal é criada no seu cérebro, inevitavelmente ficará ligada a um determinado tipo de comportamento, e esse comportamento irá fazer disparar um estado emocional.

Por cada vez que um determinado pensamento é bem sucedido, ou seja, quando esse pensamento influencia o seu comportamento, e esse comportamento origina uma reação emocional, o seu cérebro vai criando uma estrutura neuronal específica para essa forma de agir e pensamento que a suporta.

Por outro lado, se você não tem um determinado pensamento, ou raramente esse pensamento é seguido ou não deriva num comportamento, ou não tem apego emocional, eventualmente, essas conexões neuronais definham por falta de uso.

Quando temos pensamentos que nos incomodam, que nos desanimam, que nos deprimem, que nos colocam em causa a nossa autoestima, que nos viram contra o mundo, certamente causam-nos algum tipo de problema pessoal ou problema psicológico, prejudicando-nos. Conscientemente ou inconscientemente, as nossas redes neuronais vão-se formando, para o bom ou para o mau, a nosso favor ou contra nós, o nosso padrão mental vai-se instituindo à medida que as intricadas dobras do nosso cérebro se vão especializando para um determinado tipo de processamento da informação (mais ou menos positivo).

acalmar a mente

É importante que você ganhe consciência de duas coisas:

  1. É possível não seguir os pensamentos que não lhe servem
  2. É possível criar pensamentos que o beneficiem e de acordo com os seus objetivos

PENSAMENTOS QUE NÃO LHE SERVEM

Em psicologia, alguns padrões de pensamentos negativos apelidam-se de  distorções cognitivas. Em determinados momentos da nossa vida todos podemos desenvolvê-las e consequentemente orientarmos os nossos comportamentos, tendo-as por base. Estas distorções cognitivas ou distorções do pensamento são também conhecidas como mensagens enganosas do cérebro.

Verifique se algum desses padrões de pensamento lhe são familiares:

  • Pensamentos obsessivos acerca de um acontecimento desagradável
  • Ver tudo a preto ou branco, sem meio termo
  • Usar palavras como “sempre” e “nunca”
  • Tirar conclusões precipitadas
  • Catastrofizar, vendo o pior em cada situação
  • Personalizar todas as coisas, palavras ou situações
  • Culpar os outros pelos seus problemas
  • Culpabilizar a si mesmo por coisas fora do seu controle
  • Orientar-se por pensamentos de “deveria”, “não deveria”, e culpa

A maioria de nós pensa assim, pelo menos por algum tempo. Facilmente conseguimos perceber que este tipo de pensamentos quando prolongados no tempo e enraizando-se em padrões mentais, podem constituir-se como obstáculos ao equilíbrio emocional. Estas distorções do pensamento podem conduzir à infelicidade, e não apenas para você, mas para aqueles ao seu redor. Mudar o seu pensamento é difícil. Mas difícil não é impossível, o que nos leva ao próximo ponto.

NÃO ACREDITE EM TUDO O QUE VOCÊ PENSA

Não acredite em tudo que você pensa. Para além de poder ter necessidade de fazer terapia, há algo que você pode facilmente fazer para mudar padrões de pensamento negativo. Você pode ficar ciente, tomando por base uma frase popular que diz: “Não acredite em tudo que você pensa“.

Da próxima vez que você se pegar (ficar ciente) que está a ter um desses padrões, lembre-se que não tem que acreditar no pensamento que está surgir na sua mente, só porque esse pensamento se está a manifestar. Reconheça alguns dos seus pensamentos negativos por aquilo que eles realmente podem ser (uma distorção do pensamento), e desafie-os, substituindo-os por outros pensamentos que estejam de acordo com os seus objetivos e valores. A próxima vez que você se encontrar pensando negativamente, lembre-se que isso é verdade.

Os seus pensamentos são poderosos. Eles criam substâncias químicas no seu cérebro que promovem ou destroem a sua saúde mental, capacidade de lidar com a vida e felicidade. Leia: Supere os seus pensamentos negativos e barreiras emocionais.

Dica: Você não pode dar-se ao luxo de ter um pensamento negativo e, em consciência, segui-lo.

SABER ACALMAR A MENTE

Quando queremos treinar-nos a regular os nossos pensamentos e estados emocionais, importa aprender a acalmar a mente. Importa criar gatilhos, ou seja, palavras imagens, pequenas frases, gestos que nos façam rapidamente aceder à nossa consciência e à ideia e conceito previamente estabelecido, de que temos o poder e a capacidade para orientar a nós mesmos e, consequentemente os nossos pensamentos.

O método eficaz para conseguirmos orientar os nossos pensamentos ou voz silenciosa interior é a utilização da nossa atenção. A atenção é a capacidade de dirigir a nossa concentração para algo que escolhemos focar-nos. A forma mais simples de realizar este processo é focando a atenção na respiração.

Por exemplo: foque a sua atenção na respiração (no fluxo de inspiração e expiração). Preste atenção no ar que entra e sai do seu nariz, no movimento do abdómen quando entra o ar e quando ele sai, preste atenção apenas nesse fluxo contínuo. Não force a respiração, apenas relaxe e observe-a. Os pensamentos vão aparecer, o que você tem que fazer é voltar a atenção para a respiração.

Quando perceber que está a ter um determinado pensamento negativo, não se culpe nem entre em stress, apenas relaxe, dirija a sua atenção para qualquer parte do corpo que estiver tensa e relaxe. Em seguida volte o foco para o gatilho, que é a respiração. Você terá que ser mais persistente que os pensamentos, acredite, tem um momento em que eles cessam.

Quando você consegue acalmar a sua mente após o aparecimento de um pensamentos negativo ou distorção do pensamento, fica numa posição favorável para orientar deliberadamente o seu foco atencional para onde pretende. Ou seja, você fica capaz de criar novos pensamentos, verbalizações e imagens mentais que estejam alinhados com aquilo que pretende.

Abraço,

Miguel Lucas

Novo usuário?
Comece aqui
Baixe Grátis o e-book “Seja Um Vencedor”
Baixe Grátis o e-book “Seja Um Vencedor”

Preencha os seus dados abaixo e receba esse e outros materiais por e-mail.

Comentários
Avatar for Miguel Lucas
Tiago

Escola Psicologia,

Gostei muito deste artigo.

Eu tenho comportamentos quando estou estudando. Frequentemente mordo a gola da camisa e acaba estragando, além de arrancar os cabelos,em que, algumas vezes sem perceber outras mesmo percebendo, acabo continuando por prazer.

Então quer dizer, que estes comportamentos estão associados a um pensamento ou forma de pensar? A melhor forma, é ficar parando tais comportamentos sempre que perceber? E assim por força de habito, eles terminarão.

Tiago

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Tiago, obrigado pelo comentário

Sem dúvida, o que tem de fazer é exatamente aquilo que descreveu no seu comentário. Por exemplo, por sua própria indicação pode decidir não mexer no cabelo quando sente o impulso para isso, sentir o impulso não é sinónimo de mexer, pode decidir não fazê-lo. Por cada vez que o impulso não seja bem sucedido (ou seja você decidir não mexer no cabelo ou morder a gola) esse impulso mal sucedido irá perder a sua força, até à extinção.

Boa prática e bom controle mental e comportamental.

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
Júlia

Blog magnifico,está me ajudando muito a superar meus problemas devido meus pensamentos negativos,estou sempre me atualizando neste espaço!Obrigada

Avatar for Miguel Lucas
paulo

Olá,

Muito bom o artigo. Passei por uma fase de intenso estresse no trabalho o que me ocasionou consequencias físicas, pressão alta, tensão muscular, vertigens, gastrite, etc. A ponte de não conseguir ir trabalhar.

Acho que tem muito a ver com o domínio da mente, que acreditando no pensamento negativo, deixou o cerebro tomar conta e se preparar para a guerra que achava existir.

Você acredita que "limpando" a mente, com esses exercícios de concentração na respiração (que também são comuns na yoga) pode-se reverter esses sintomas ? Tem dica de algum livro e outras atividades para relaxar a mente ?

Abs

Avatar for Miguel Lucas
patricia

Há tempos procuro algum alívio para os pensamentos negativos, que às vezes aparecem e são tão fortes de me deixam ansiosa. Por exemplo, faço academia e quero perder 4 kilos (o que é pouco), mas sempre dou uma desculpa pra não ir, fico procrastinando, depois me sinto culpada por não ir e prometo que no dia seguinto vou sem falta… e no dia seguinte também falto, aí me sinto de novo culpada e deprimida de modo que acabo ficando em casa. O que fazer? Como mudar este padrão mental nocivo à mente e ao meu corpo também?

Avatar for Miguel Lucas
Gisele

Olá, Patricia. Sei bem o que você está passando, já enfrentei esse tipo de situação. Minha estratégia foi criar "recompensas" por ter ido para a academia, mesmo contra a vontade. Cada dia que voltava da academia, me dava de presente algo que me agradasse muito como assistir um seriado que me fizesser rir, comer algo bem gostoso, tomar uma bebida agradável. Após três meses, indo para a academia duas vezes por semana, meu cérebro associou o fato de ir para a academia como algo bom e agradável, e assim pude parar com as recompensas. Como resultado, emagreci dois quilos e criei o hábito de ir para a academia.

Avatar for Miguel Lucas
Miguel Lucas

Olá Patricia, obrigado pelo comentário.

A sua autosabotagem aos seus objetivos é devido a uma ilusão criada por você mesmo. Veja bem. Quem dá a desculpa? Quem não vai? Quem decide não ir? Quem acaba ficando em casa? É, é você mesmo. Então se pretende ir à academia, e quer ir, então vá. Se for, porque pode ir e tem capacidade para se movimentar para lá, é uma questão de decidir-se a ir. Caso, diga: "eu não consigo ir" substitua essa frase para: "Eu não quero ir" porque se quiser ir, nada nem ninguém a impede. Ou seja, no final é você que está decidindo não ir.

Não existe nenhum problema consigo. O que acontece é que está tomando uma decisão e ela está acontecendo (não ir). Tome a decisão de ir, e o que acontece é (você ir).

Boa decisão.

Abraço

Avatar for Miguel Lucas
Warlley Afonso Gomes

Prezado
Que honra esta entrando em contato. Você não tem ideia do quanto os artigos tem me ajudado a ser um humano melhor para mim e para os outros… obrigado hoje e sempre.

Avatar for Miguel Lucas
CARLA

MIGUELLUCAS MUITO OBRIGADO POIS ESTA ME AJUDANDO MUITO, ANSIEDADE S.PANICO MAS ENFIM VC TEM MUITO ME AJUDADO

Avatar for Miguel Lucas
ANDREIA

OI MIGUEL, QUANDO ESTOU SÓ EM CASA DESENVOLVE UMA ANSIEDADE TREMENDA. MINHA CABECA PASSA SOP COISAS RUINS. TIPO; SE EU PASSAR MAL, MEDO DE SENTIR MEDO, HORRIVEL, SEM CONTAR QUE TENHO Q TOMAR ANSIOLITICO, POIS VEM VERTIGENS, MAL ESTAR E MUITAS OUTRAS COISAS, VC TEM MIM AJUDADO MUITO, QUE DEUS TE ABENCOE GRANDEMENTE. TUDO QUE ACONTECE NO DIA A DIA TIPO UMAGRIPE, MAL ESTAR COISAS SIMPLES JA ACHO Q VOU MORRER, NAO AGUENTO MAIS ESTA SITUAÇAO.

Avatar for Miguel Lucas
luiza

oi miguel, desde pequena, sempre fui muuito nervosa, uma anciedade imensa, e ela so vem aumentando, e eu engravidei agora e isso aumenta maais ainda minha anciedade, namoro tem muito tempo, maais nao foi algo planejado, e a preocupação toma conta de mim, tenho muitos pensamentos d eincapacidade, e muuito medo, nao sei se esse medo e devido a tanta preocupação, as vzes sinto que nao sou eu, uns pensamentos q parece q to ficando louca:( e isso me deixa maais anciosa 🙁

Avatar for Miguel Lucas
Rafael Almeida

É bem complicado viu… Por exemplo, eu trabalho com T.I. e essa é uma das profissões mais estressantes. Quando estou no trabalho tudo corre muito bem mas quando saio daqui é difícil limpar a cabeça, parar de pensar no trabalho, nos prazos, nas consequências de atrasar algum trabalho… Isso prejudica a vida pessoal também, as pessoas que me conhecem bem notam que tem alguma coisa que não me deixa relaxar.

Avatar for Miguel Lucas
Bruno

FIZ UM COMENTARIO AQUI OUTRA HORA , MAS GRAÇAS A DEUS ESTOU BEM ,MINHA INSEGURANÇA ESTA PASSANDO E CADA VEZ MAIS EU CREIO EM DEUS E COMEÇO A GOSTAR MAIS DE MIM, NESSE BLOG ENCONTRAMOS SABIAS PALAVRAS DE INSENTIVO ,DE AUTOCONHECIMENTO. OBRIGADO MIGUEL.

Avatar for Miguel Lucas
Jor

Miguel Lucas, obrigada por compartilhar suas experiências pessoais.

Tenho cuidado de perceber estes pensamentos negativos que aparecem constantemente, devido a alguns estados de crise de saúde, o que me incomoda demais fisicamente.

Procuro afastar/desligar estes pensamentos negativos mudando o foco da atenção, seja observando alguma paisagem seja com técnicas de respiração/meditação e tenho conseguido controlar muitas vezes, transformando em algo positivo.

Compartilho um pouco das minhas novas experiências em controlar estes padrões de pensamentos negativos. Continuarei nesta minha missão/objetivo.

Ótimo fim de semana pra ti.

Jor

Avatar for Miguel Lucas
Ari

Olá,
Sou extremamente estourada, principalmente quando sou contrariada pelo namorado, quando ele deixa de lado algo que combinamos, fico num estado de neurose, grito, falo palavrão, perco as estribeiras, chego a tremer. Como posso controlar os instintos? Por que isso acontece? Sei que ele está na maioria das vezes errado no que fez, mas sei que minhas reações são muito exageradas.

Avatar for Miguel Lucas
marta

oi,sou depressiva muito ansiosa,tenho muitos pensamentos negativos estou com fibromialgia e reumatroide ;tenho alegias pricipalmente no rosto,e manchas vermelhas no corpo e manchas rochas. eu notei que quando estou com muitos problemas e ansiosa,nervos piora. tenho uma filha de 21 anos que e depressiva tem mania de doenças,e muito dificilporque ela nao acredita em nada e nao le, me ajuda que devo fazer faço tratamento para depressao 14 anos.

Avatar for Miguel Lucas
SoL

As vezes me sinto cansada mentalmente de tanto pensar principalmente se é algo que desejo e as vezes não posso ter quase não tenho unhas de tanto roer de ansiedade tive depressão por duas vezes e ainda não consegui tratamento com o psiquiatra demoro muito para tomar decisões me sinto fadigada, sonolenta me sinto um lixo e me frustro por não desempenhar com agilidade, ordem e disciplina as atividades cotidianas e isso piora a cada dia. Peço que me orientem para que isso não interfira na educação do meu filho de 7 anos e da minha filha de 5 anos que também já roem as unhas e me cobram para sair com eles para praça e brincar, etc.

Avatar for Miguel Lucas
Suzilaine

Gostei muito do artigo! Sou psicóloga tbm e trabalho essa técnica com meus pacientes.
Recentemente dei uma palestra e abordei tbm esse assunto.
Parabéns! Sucesso!

Avatar for Miguel Lucas
Lais Silva

Muito bacana seu artigo Miguel.
Mas me responda por favor; Onde se forma nossos pensamentos?
Será que é no cérebro? Se sim, ao abrir o cérebro conseguimos ver nossos pensamentos?
Quando abriram o cérebro de Einstein, conseguiram ver o que ele pensava?
Você nunca se perguntou isso?

Avatar for Miguel Lucas
Fabio

Olá, Miguel! Há um bom tempo venho tentando entender a mente para ter autoconhecimento e superar alguns traumas de infância, traumas esses que me incomodam e atrapalham a crescer como pessoa, nos relacionamentos, no trabalho, etc… Esse processo se desencadeou após minha separação, quando entrei em depressão (se é que não estou ainda…). Há pouco tempo comecei a fazer terapia, mas antes de conseguir esse tratamento, minha única fonte era a web, onde procurava avidamente por conteúdos que respondessem meus questionamentos. A grande questão é que não me conformava com aquilo que eu sentia. Até que encontrei seu site!
Quero parabenizá-lo porque você tem muita clareza na sua escrita e domínio das técnicas de psicologia. Se só lendo seu material já me ajuda muito, imagino que suas terapias devem ser tão boas quanto!
Então, deixo o registro que mesmo não nos conhecendo, seus artigos tem sido como um copo d´água para quem está sedento no deserto…
Obrigado!

Avatar for Miguel Lucas
José Marcos de Santana

Gostei muito do artigo. Em relação aos pensamentos negativos e/ou ruins, digo que se preenchermos os espaços ao redor desses pensamentos negativos com outros pensamentos, agora positivos e agregar a eles uma carga suficiente de emoção efetivamente esses pensamentos (positivos) irão sobrepor-se aos negativos tornando-os (os pensamentos negativos) cada vez mais longe da nossa realidade.

Avatar for Miguel Lucas
Micleia

Parabéns pelo artigo.
Fantástico!
Esclarecedor e sem apelação, idéias lógicas e muito bem colocadas.

Avatar for Miguel Lucas
sergiobritomendes

O quer dizer com "isso é verdade"?

Avatar for Miguel Lucas
Anderson

tenho penssamento ruins q fala que seria melhor se eu não existisse, e isso fica na minha mente me deixando triste, como conseguir livrar dr vez disso ??

Avatar for Miguel Lucas
Line

eu tenho um comportamento que me incomoda muito e isso começou na infância. Bom eu falo sozinha e crio situações imaginárias – um cena fictícia e me prendo a isso (eu entro nesse mundo surreal), perdendo minutos, horas nessa ficção, que é algo rotineiro (diário). Eu achei muito interessante a dica da respiração quando um pensamento negativo dominar a mente, tanto que vou aplicar isso para o meu caso e estou muito positiva que vai dá certo. obrigada pelo artigo, está incrível.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *