10 benefícios psicológicos de aprender um novo idioma
Publicidade 22/09/2016

10 benefícios psicológicos de aprender um novo idioma

Miguel Lucas Publicado por Miguel Lucas


Aprender uma língua, além de não ser nada fácil, é um processo lento e que pode durar anos. Disso muita gente já sabe. O que muitos não sabem, provavelmente, é que o aprendizado de um novo idioma pode trazer uma série de vantagens para o nosso cérebro e, através dele, beneficiar-nos em muitas outras áreas de nossas vidas.

Hoje em dia, além das escolas de idiomas, aprender idiomas ficou muito mais prático e pode ser feito de sua própria casa, através de plataformas online (clicar aqui), que oferecem aula de inglês particular em SP, RJ, MG e muitos outros estados do território brasileiro. Aplicativos de Smartphones também são úteis e ajudam a manter a prática constante e avançar no conhecimento.

Para ter acesso à plataforma online e praticar um idioma, clique em baixo:

=> Quero aprender um novo idioma

Se você nunca pensou em estudar idiomas, abaixo separamos 10 benefícios de estudar um segundo ou terceiro idioma:

1.     Aumenta a concentração

Estudar uma segunda língua traz maior controle emocional e melhora a concentração, além de ser uma ótima atividade para quem não consegue concentrar-se durante as aulas ou em uma palestra, por exemplo.

2.     Melhora a saúde mental

Estudos comprovam que estudar idiomas melhora a saúde mental de um indivíduo e é mais uma forma de manter a mente constantemente ativa e diminuir o risco de doenças degenerativas.

3.     Aguça a capacidade de aprendizado

Pessoas bilíngues aprendem, em geral, mais línguas posteriormente. Isso porque elas desenvolvem meios de melhorar seu processo de aprendizagem, já que o cérebro se torna mais, digamos, proativo.

4.     Traz autoconfiança

Dominar uma língua não é para qualquer um e quando a pessoa se vê falando um idioma perfeitamente bem ou até podendo transmitir seus conhecimentos para outras pessoas de seu ciclo, seu nível de confiança em si mesmo dá um salto. Com isso, ela se sente mais segura de si e diminui todos aqueles bloqueios antigos.

aulas de inglês online

5.     Abre novos horizontes

Mesmo quem nunca viajou para fora, mas virou bilíngue, desenvolve um espírito muito mais desbravador. Falar uma língua e conhecer toda uma cultura por trás das palavras é algo maravilhoso que amplia a visão de mundo do estudante de idiomas, além de estimulá-lo a vencer novos obstáculos na vida.


6.     Desenvolve a habilidade de multitarefas

Quem aprende uma segunda língua desenvolve a habilidade de fazer múltiplas atividades ao mesmo tempo, visto que desenvolve-se a facilidade de alternar entre uma tarefa e outra. Isso cria maior flexibilidade cognitiva e a pessoa se torna mais adaptável para mudanças bruscas ou atividades simultâneas.

7.     Torna mais sensível à linguagem

A pessoa que aprende, ao menos, duas línguas tem a capacidade de identificar idiomas que não domina com muito mais facilidade, mesmo sem nunca ter aprendido nada. Isso acontece porque a constante exposição a sons e conteúdo em outras formas de expressão ajuda a ampliar sua percepção sonora, visual e verbal.

8.     Desenvolve a memória

A memória, como já sabemos, é parte integrante no processo de aprendizado de um idioma, pois sem ela não conseguimos fixar o que aprendemos e a memorização tem um papel importante no aprendizado. Quem domina um ou mais idiomas fortalece o raciocínio, ajudando em cálculos mentais, leitura e foco.

9.     Desenvolve o cérebro

O cérebro é um dos beneficiados no processo de aprendizagem de outros idiomas. Isso porque o exercício incessante faz com que o cérebro relacione as linguagens e aumente as regiões onde circulam as células nervosas. Ou seja, quanto mais você aprende uma língua, mais potente e saudável seu cérebro vai ficar.

10. Ajuda a aprender melhor

Quem já aprendeu um ou mais idiomas sabe que aprender qualquer outra coisa fica muito mais fácil, principalmente se for algo a ser memorizado. Quando se aprende uma língua, o cérebro trabalha incessantemente para conseguir associar os estímulos sonoros, verbais e visuais, além da tradução mental, que mantém o cérebro em plena atividade. Isso tudo fertiliza o campo para novos aprendizados.

Se pretende praticar aulas de Inglês: Clique aqui

artigopatrocinadoep

Este foi um artigo patrocinado. Se tem um blog, um site, um produto ou um serviço que pretende divulgar, veja as nossas condições de publicidade e adquira um artigo patrocinado também.

Abraço,

Miguel Lucas

Novo usuário?
Comece aqui
Obtenha Grátis o Programa “Diga Não À Depressão”
Obtenha Grátis o Programa “Diga Não À Depressão”

Receba os vídeos gratuitamente no seu email e aprenda como superar a depressão.

Comentários
Avatar for Miguel Lucas
Maria Elisabeth Machado Pacheco

Adorei pois pretendo estudar francês, , fiz faculdade de italiano mas não completei e queria cursar francês! Minha idade não tem oproblema não é? Tenho 69 anos mas quero participar em sala de aula, terccontato com outras pessoas pois estou atravessando um problema a de ansiedade e depressão! !! Adoro idiomas, falo um pouco de inglês tb! Bjsy

Avatar for Miguel Lucas
Othelia Silveira

Gostei do artigo.Gostaria de aprender italiano em casa. Comecei o curso h alguns.anos e não continuei

Avatar for Miguel Lucas
Othelia Silveira

Gostei do artigo.Gostaria de aprender italiano em casa. Comecei o curso h alguns.anos e não continuei.Gostaria de saber qual é o processo de aprendizado.

Avatar for Miguel Lucas
Aline

Eu pretendo começar a fazer curso de inglês, espero que me ajude no sentido de ansiedade também!

Avatar for Miguel Lucas
Lúcia Fallavena

Tenho gostado muito do professor de Inglês que achei na Preply, aulas engraçadas e sinto que estou evoluindon
Esse é o site: preply.com/pt/

Avatar for Miguel Lucas
Kayo Marcelo

Muito bom! Pessoas que falam mais de uma língua tem um controle atencional muito maior. Então, elas conseguem mudar de uma tarefa para outra de forma mais fácil sem ter que desligar uma tarefa.

Avatar for Miguel Lucas
Wellington

Aprender idiomas é ótimo para o cérebro mesmo, no meu caso eu estou estudando japonês, e nossa! mexe muita com a cabeça, imaginação e memória esse idioma.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *